A Casa caiu: Netflix cancela House of Cards

Não há maneira melhor de derrotar um pingo de dúvida do que receber uma inundação da verdade nua e crua.

Essa frase dita por Frank Underwood nunca fez tanto sentido. Enquanto as denúncias e discussões sobre os escândalos envolvendo famosos em atos de assédio sexual e pedofilia, em Hollywood, não param de nos surpreender (ou evidenciar o óbvio), a denúncia divulgada no último domingo envolveu Kevin Spacey e, coincidência ou não, ontem a Netflix anunciou o cancelamento de House of Cards.

Em uma declaração conjunta ao TVLine, Netflix e Media Rights Capital (produtora da série) divulgada ontem, afirmaram que “estão profundamente preocupados com as notícias da noite passada sobre Kevin Spacey. Em resposta às revelações de ontem à noite, executivos de ambas as empresas chegaram em Baltimore esta tarde, para se encontrar com nosso elenco e equipe para garantir que eles continuem a se sentir seguros e apoiados. Conforme programado anteriormente, Kevin Spacey não está trabalhando no set neste momento.

Resultado de imagem para house of cards

Há quem diga que o cancelamento já estava decidido há meses mas como nada havia sido divulgado, parece evidente que a denúncia envolvendo Spacey colaborou para a decisão ou, ao menos, para o anúncio oficial. Tão evidente que as gravações para a 6ª e última temporada, com previsão de estréia para 2018, foram suspensas por tempo indeterminado. Conforme declaração da Media Rights Capital:

A MRC e a Netflix decidiram suspender a produção da sexta temporada de House of Cards até segunda ordem, para nos dar tempo de avaliar a situação atual e responder às preocupações de nosso elenco e equipe.

A série original está parada mas, segundo a Variety, a Netflix já estaria em negociações avançadas para a produção de potenciais spin-offs, sendo que um deles teria como foco Doug Stamper, o braço direito de Frank Underwood, interpretado pelo ator Michael Kelly, com roteiro de Eric Roth (produtor executivo das quatro primeiras temporadas).

Fato é que a Casa caiu para o criador e a criatura, Spacey e Underwood. E aos fãs da série só resta a torcida para um final digno que House of Cards merece, independente do cast.

E você, qual sua opinião sobre os recentes casos de assédio em Hollywood? E sobre o fim de House of Cards? Deixe seu comentário e lembre-se de nos acompanhar nas principais redes sociais:

Instagram – Facebook – Twitter – Pinterest

the author

Paulista, 38 anos. Doida por séries, filmes, classic rock, gatos e catioros.