Capuz Vermelho: 15 motivos que o tornam o mais sanguinário da Bat-Família

Na verdade é bom demais para ser verdade. Depois da DC lançar a continuação do seu game de sucesso Injustice: Gods Among Us, fez o queixo dos fãs ao redor do mundo cair. O novo game, Injustice 2 tem incríveis gráficos, um gameplay intuitivo, e uma grande seleção de heróis e vilões da DC para lutar contra. É fácil sentar e pensar “Como poderia ser melhor?!” Então, a DC adicionou a dlc do mais perigoso membro da Bat-Família como um personagem jogável. Eles finalmente adicionaram o vigilante conhecido como Capuz Vermelho.

Resultado de imagem para red hood+injustice 2

Apesar de Jason Todd estar nas páginas dos quadrinhos por quase 30 anos, só agora, temos a chance de encarnar o personagem. Depois do sucesso da animação Batman: Sob o Capuz Vermelho, e sua adição ao game Batman: Arkham Knight, Jason Todd tem sido bem comentado. Quando foi dada uma segunda chance de vida ao personagem, Jason Todd como Capuz Vermelho ganhou mais popularidade. Adicionando dinamismo e imprevisibilidade à qualquer história em que ele está presente, e com uma boa razão. O Capuz Vermelho é um puta selvagem! Não acredita? Confira abaixo as 15 razões do personagem ser o membro mais brutal da Bat-Família!

.

15. Robin Morto

O mundo não foi bom para o jovem Jason Todd. Depois de ser violentamente morto pelo Coringa no quadrinho Morte em Família, parece que Jason Todd ia tomar o mesmo rumo que Ben Parker e os Waynes. Ele foi o primeiro Robin a morrer, e o primeiro personagem dos quadrinhos a morrer por pedido dos leitores. Sua popularidade havia caído quando a maioria dos fãs perceberam que o jovem Todd era só “outro Dick Grayson” e talvez eles estivessem certos.

Cinco anos depois, quando um vigilante questiona o papel do Batman em Gotham, ele se revela como ninguém menos que Jason Todd, que agora assumia o manto do Capuz Vermelho. Agora de volta do mundo dos mortos (graças ao Superboy Prime que fez um buraco no universo com um soco), Jason agora tem uma segunda chance na vida e vive seus dias seguindo o seu propósito.

.

14. Ladrão

Depois de Dick Grayson abandonar o manto de Robin, Batman não queria nenhum outro parceiro. As coisas nem sempre acontecem como planejado, entretanto, em uma noite após prestar respeito ao lugar em que seus pais foram mortos (em um dos becos de Gotham), Batman percebeu que um dos pneus de seu bat-móvel estava faltando. Impressionado pela coragem que era necessária para roubar do Cavaleiro das Trevas, o Batman ri. Mais tarde, o jovem Jason Todd retornou ao seu trabalho com uma barra de ferro em suas mãos, o Batman exige que ele devolva o pneu roubado. Todd ataca Batman, e rapidamente corre para casa.

Batman usa suas habilidades de detetive para localizar o jovem delinquente, e quando ele o faz, ele encontra Todd vivendo em um prédio condenado fumando cigarros. Ele força Jason não apenas à devolver seu pneu, mas voltar à frequentar a escola, ou ele ligaria para a polícia. Logo depois ele recruta Jason como o segundo Robin, e a vida de Todd nunca mais foi a mesma.

.

13. O confronto com Máscara Negra

Quando Todd retorna à uma Gotham que está sob o poder do sádico rei do crime que atende pelo nome de Máscara Negra. Máscara é um homem perigoso, que montou seu império a partir do tráfico de drogas e de armas, e ele não luta limpo. Por anos, Máscara foi capaz de acumular poder através do medo e intimidação, destruindo toda a oposição. Essa tomada a força funcionou por um tempo… até que Jason Todd chegou à cidade.

Jason faz o que é capaz para tornar a vida do Máscara Negra um verdadeiro inferno, tudo para provar para os aspirantes à vilões de Gotham City. Ele destruiu seus carregamentos de drogas, confiscou pacotes, e levou o império do Máscara para o fundo do poço. Máscara Negra tentou até mesmo recrutar o Senhor Frio para ajudar a capturar o Capuz Vermelho, mas sem sucesso. Jason sempre esteve um passo a frente do Máscara, eventualmente convencendo o vilão à matar todos os seus maiores associados. Capuz 1, Máscara 0.

.

12. Namorou a filha do demônio

Jason não teve ideia do porque dele acordar em um caixão, ser enterrado vivo. Ele desesperadamente cavou sua saída, e se encontrou vagando pelas ruas. Ra’s Al Ghul, com a ajuda da sua filha, Talia, sequestrou Jason e o mantiveram sob seu cuidado por um ano. Durante esse tempo, ele foi treinado pela Liga dos Assassinos e passou por testes de força e durabilidade.

Ra’s e Talia discutiram o quão útil Jason era durante uma das visitas do Demônio ao Poço de Lázaro, Talia enfurecida, empurrou Jason no poço também, liberando e dando poder a um novo, mais forte e mais violento Jason. Talia o esconde de seu pai, e o leva para longe do seu pai. Todd promete matar o Batman com suas próprias mãos, por ter falhado com ele. Talia financia a vingança e eles decidem consumar a parceria. A pior parte? Os dois o fizeram só para irritar o Batman.

.

11. A arte de sua guerra

Vingança é uma motivação incrivelmente forte. Acusando Batman de não ter o que é necessário para destruir o Coringa de vez, Jason prometeu derrotar o Cavaleiro das Trevas ele mesmo, mas tem uma questão. Como ficar um passo a frente do homem que treinou você? Para garantir vitória contra o Homem Morcego, o Capuz precisou treinar vários tipos de artes marciais. Tendo contado não apenas com os ensinamentos do Batman, ele viajou o mundo, treinando todas as artes marciais possíveis, como o Batman certa vez o fez.

O estilo de luta de Todd se foca na força, velocidade e brutalidade. Ele estudou múltiplos estilos de luta e se provou mestre em Aikido, Capoeira, Karatê, Ninjutsu, Savate, Krav Maga, Kickboxing e Tae Kwon Do. Ele derrotou até mesmo alguns dos melhores lutadores do mundo (como Ra’s Al Ghul) em um combate mano a mano. Capuz Vermelho não brinca em serviço.

.

10. Suas tramas insanas

Ao retornar dos mortos, Jason esteve obcecado por destruir a vida de Bruce Wayne. Por meses, tudo que ele fez foi planejar cuidadosamente, tramas que traumatizassem o Batman. Um desses planos em particular envolvia o Cara de Barro e uma cova vazia.

Primeiro, Jason fica sabendo de um novo vilão, Sussurros, que, coincidentemente está tentando construir seu próprio plano de vingança contra Bruce Wayne. Sussuro concorda em se juntar a Todd em troca de informação para entrar na cabeça do Batman. Uma vez Todd expôs a identidade de Batman ao Sussuro, os dois se juntaram ao Cara de Barro e o convenceram a se tornar Todd, acreditando que a imagem do que uma vez foi o seu protegido seria o suficiente para destruir Bruce. Eles esvaziaram a cova de Todd e esperaram a chegada do Batman. Cara de Barro então sequestra Tim Drake, e o faz refém fingindo ser Todd. O plano funciona, até o Batman perceber que não se trata de Jason, derrotando facilmente o Cara de Barro.

.

9. Um legado vermelho

Encontrar um nome depois de ser um parceiro é difícil. Dick se tornou Asa Noturna, Roy Harper se tornou Arsenal, e Tim Drake se tornou o Robin Vermelho. Para o seu novo nome, Jason tomou algo da história do Coringa. Antes da queda icônica do Coringa em perigoso compostos químicos, ele foi abordado pela Gangue do Capuz Vermelho. A gangue queria que ele guiasse o caminho através de uma fábrica em que ele trabalhou, assim eles poderiam roubar um prédio ao lado. Ele hesitantemente aceita a oferta, e a gangue o dá o traje do Capuz Vermelho, que consistia em um smoking, uma capa e um grande capacete vermelho.

Foi dito a ele, que o traje havia sido usado por muitos outros, e que ajudará a esconder a sua identidade. Sem o conhecimento do Coringa, a Gangue arma contra ele para ser pego pelo Batman como uma distração. Batman acerta o Coringa, o Coringa cai nos compostos químicos — aquela velha história. Anos depois, Jason usa o nome do icônico Capuz como um lembrete do maior erro do Batman.

.

8. Robin vs Robin

É sempre uma situação desconfortável, voltar ao seu velho trabalho e ver outro cara fazendo o que você costumava fazer. Deve ser ainda mais difícil quando você volta dos mortos. Esse foi o caso quando Jason Todd encontrou Tim Drake pela primeira vez, o terceiro Robin do Batman. Drake, um membro dos Jovens Titãs, segurou o manto por mais tempo que Todd, um fato que não agradou muito Jason.

Em Jovens Titãs #29, Jason Todd, invade a Torre dos Titãs, derrotando os outros titãs — usando métodos não letais — e desafiando Tim Drake para uma sessão de sparing. Rasgando sua roupa de Capuz Vermelho, e revelando um traje completo de Robin por baixo, Jason incita Tim a lutar. Os dois guerreiros treinados lutaram, com Jason provocando Drake o tempo todo. Quando o melhor Robin é decidido, Todd derrota Tim e rasga o “R” do traje de Drake, desbancando o garoto prodígio.

.

7. Um cavaleiro mais sombrio

Quando Bruce Wayne foi dado como morto, Gotham City ansiava por um novo vigilante. Enquanto muitos capacitados ofereceram interesse em assumir o manto, o Capuz Vermelho resolveu tomar uma aproximação mais direta. Aparecendo com um Bat-traje personalizado equipado com uma proteção para a boca e duas pistolas, Todd roubou completamente a icônica persona para si mesmo.

Dizendo “Eu sou o Batman,” o Capuz impõe a sua dose de justiça, o que significa alguns ossos quebrados e algumas feridas de saída. Isso não impressiona o Asa Noturna e o filho de Bruce — Damian — que perseguiram esse Batman, esperando descobrir a sua identidade. Depois de um embate, Jason atira em Damian Wayne e retorna a sua Batcaverna, localizada em uma estação de metrô. Ele também esfaqueia Tim Drake com um batarangue (como ele odeia os Robins). Com muito derramamento de sangue, Dick Grayson toma para si o Bat-traje e é capaz de parar o Capuz Vermelho de uma vez por todas.

.

6. Vendo vermelho

Apesar de suas tentativas falhas de SER o Batman, a verdadeira meta de Jason quando voltou a vida, era substituir ele. Para Todd, deixar pessoas como o Coringa viver é um erro. Jason prometeu provar que o Capuz Vermelho poderia ser o salvador de Gotham, e quando Bruce entra em seu caminho, ele inicia uma louca tentativa de descobrir sua identidade. No começo, Capuz Vermelho tomou controle das famílias criminosas da cidade do Gotham, enquanto mantinha o Batman em espera.

Quando Dick Grayson assume o manto do Batman, Jason fica amargurado por não conseguir fazê-lo. Todd se junta a uma vítima do Professor Pyg, chamada Scarlet. Os dois se parecem com uma versão deturpada de Batman e Robin. Eles assassinam os criminosos em seu caminho e se tornam populares entre os cidadãos de Gotham, até Damien e Grayson colocar um fim na dupla assassina.

.

5. Heróis de aluguel

O que um impiedoso e um altamente treinado assassino faria por dinheiro? Ofereceria seus serviços de luta contra o crime por uma quantia substancial, isso sim. Como quando Roy Harper — também conhecido como Arsenal — se aproximou de Todd e ofereceu a ele a chance de se tornarem Heróis de Aluguel em Capuz Vermelho e Arsenal #1. Ele tenta convencer Jason de usar seus talentos específicos para o bem. Roy até tenta criar um nome para o serviço oferecido pelos dois, “Alugue um Morcego“. Jason hesitou a princípio, mas acredita que é o melhor para os dois mundos: eles são pagos para bater em pessoas ruins.

Os irmãos de guerra trabalham juntos para expôr os criminosos menores de Gotham, e parar criminosos. Equipados com as melhores armas de fogo e flechas especiais, Roy e Jason formam um time formidável, mesmo quando eles discutem entre si mesmos. Roy também traz a tona o lado cômico de Jason, fazendo ser poesia a união dois ex-ajudantes para destruir o mal.

.

4. Armas a postos

Jason sempre pensou que poderia ser um Batman melhor. Como o Capuz Vermelho, ele gastava seu tempo matando criminosos e fazendo jogos mentais com o Cavaleiro das Trevas. Ele leva sua vingança contra Bruce até Gotham e os dois lutam aparentemente pelo direito de governar a cidade. A luta dos dois termina quando Jason, que sequestrou o Coringa, força o Batman a matal um deles. Batman se recusa, o Coringa detona uma bomba enquanto Jason desaparece na explosão.

Depois de Bruce desaparecer, o Capuz Vermelho, enfurecido por Dick Grayson assumir o manto do Batman, leva a luta até o novo herói de Gotham. Ele tenta novamente substituir Batman. Como sempre, ele deixa uma pilha de corpos em seu caminho, dizendo cumprir seu trabalho mais efetivamente do que o próprio Grayson. Grayson derrota Todd quando volta ao seu juízo, mas seu dedo do gatilho é algo que nunca será parado, não importa o quanto tentem.

.

3. Os fora da lei

O que você consegue quando uma alien da realeza, um arqueiro que está se recuperando de um vício e um mercenário que voltou a vida e vê moralidade como tons de cinza? Você consegue o Capuz Vermelho e os Fora da Lei, que foram lançados em Capuz Vermelho e os Fora da Lei #1. Na história, Roy Harper, Jason Todd e Estelar (famosa integrante dos Jovens Titãs) decidem unir forças para o bem maior. Levando em conta o fato deles não estarem ligados a agências governamentais ou equipes de super-heróis, ninguém tem jurisdição sob eles. Isso permite que eles façam o que outros heróis não podem fazer.

Lutando sozinhos, Os Fora da Lei lutaram contra gângsters, cultos, aliens e até derrotaram o caçador de recompensas intergaláticos, Lobo. Mais recentemente, Os Fora da Lei tiveram uma nova formação que contava com Jason Todd, Artemis e Bizarro.

.

2. Amigos ou inimigos

Nos quadrinhos, no arco Um Ano Depois, Dick Grayson se muda para Nova York. Uma vez lá, ele percebe que as notícias dos jornais anunciam que Asa Noturna está na cidade, e tem matado criminosos. Mais tarde, Grayson é confrontado pelo falso Asa Noturna e deduz ser Jason Todd, o Capuz Vermelho. Grayson e o seu algoz lutam. Depois de derrubar Grayson do prédio, Todd solta suas mãos o deixando cair no chão. Jason diz então a Dick que as pessoas de Nova York preferem o seu Asa Noturna ao de Dick.

Como Asa Noturna, Jason volta à atirar, esfaquear, e matar criminosos de Nova York. Depois, Grayson confronta Asa Noturna e os dois tem um novo embate e Jason vence novamente. Ele não continua como Asa Noturna por muito tempo e os dois se juntam para derrotar um inimigo em comum. Apesar de breve, Todd roubar o manto de Asa Noturna com certeza foi memorável e sem dúvida, incrível.

.

1. Quem manda na prisão

Na maioria das vezes, Jason Todd poderia ser considerado um vilão ou um anti-herói. Grant Morrison deve ter visto Todd como um vilão pela forma que o retratou em Batman & Robin ser a mais selvagem até o momento. Preso no Asilo Arkham, Jason promete escapar, dizendo que ele não será mantido no “canil de aberrações” que o Batman o colocou. Ele explica ser simplesmente homicida, não louco e que ele passou em todos os testes psicológicos, múltiplas vezes, e como seria só uma questão de tempo antes dele escapar.

Batman diz que é para o seu próprio bem. Todd frustra pessoas que tentam matá-lo, e mata cada um dos homens que tentaram. Dias depois, ele consegue envenenar a comida na cafeteria da prisão, matando mais de 80 homens e ferindo 100. Aterrorizado, Batman percebe que esse havia sido sempre o plano de Jason, provando ser um mestre manipulador.

O que achou dessa lista? Concorda? Discorda? Deixe suas opiniões nos comentários para mais listas!

FacebookTwitter – InstagramPinterest

the author

Natural do Rio de Janeiro, agora, um candango do cerrado. 23 anos, de muita nerdice. Cinéfilo, viciado em séries e livros.