CRÍTICA – Santa Clarita Diet: 1ª temporada (2017, Victor Fresco)

Santa Clarita Diet apareceu ali no meu menu da Netflix sorrateiramente, e sem saber sobre o que exatamente se tratava, fui checar o primeiro episódio. Já foi um balde, não de água fria, mas de muito sangue. (rs)

Com piadas prontas (propositalmente) e um tom descontraído, a série foi traçando sua história no passo de uma novela (não entenda isso como algo ruim). Santa Clarita Diet é uma websérie original da Netflix criada por Victor Fresco e protagonizada por Drew BarrymoreTimothy Olyphant; e teve seu lançamento mundial em 3 de fevereiro de 2017.

Resultado de imagem para santa clarita diet

Além de contar com Barrymore e Olyphant, temos também as participações de Aaron Kaplan, Tracy Katsky, Chris Miller e Ember Truesdell como produtores executivos. A série conta com a brilhante protagonista Sheila Hammond interpretada por ninguém menos que Drew Barrymore que contrai uma doença misteriosa e passa a viver como uma undead ou morta-viva.

Após vomitar uma “bola vermelha”, nossa protagonista, adquire um apetite voraz por carne humana e seus sentidos aguçados, incluindo uma injeção de libido power; Sheila e seu marido Joel Hammond, interpretado por Timothy Olyphant, tentam de todas as maneiras amenizar os efeitos colaterais deste novo estilo de vida, além de procurar uma possível cura.

Para ilustrar bem como seria conviver com (ou como) um morto-vivo, a série explorou o estilo gore de forma cômica, mesmo assim o telespectador não pode ter estômago sensível. Algumas cenas nos dão aquela agonia “gostosa” que no fim acabamos caindo na risada. (Eu pelo menos)

Resultado de imagem para netflix+santa clara diet

É uma série muito bem produzida, no estilo american lifestyle presente em séries como The Middle (2009) e Desperate Housewives (2004 – 2012) e justamente pela série tratar de um assunto tão fora da curva (neste estilo) é que a série se destaca. Quando você se dá conta, as insanidades para Sheila conseguir se alimentar nem são mais tão questionáveis. (rs)

Acredito que questões como:

– Mas, por que ninguém está surtando com uma zumbi em casa?!
– (ou) Meu Deus! Mataram fulano e ciclano e ninguém percebeu?!
– (ou) Mas gente, eles viraram assassinos assim?!

São justamente o propósito da série, não serem questionadas, afinal esta é aquela série-soup opera para nós, telespectadores, apenas assistirmos e darmos umas boas risadas dos absurdos, sem ter que quebrar a cabeça ligando pontos e se apegando à pormenores.

Resultado de imagem para personagens santa clara diet netflix

Além dos detalhes sórdidos/mórbidos, a série também aborda a vida a dois, com um exemplo de casal que todos querem ser, a convivência com adolescentes e alguns personagens caricatos representando a polícia dos EUA, nerds e “vizinhos: como manter distância deles”. (rs)

Quando a primeira temporada acabou senti aquele “Ah, e agora? O que pode me fazer rir?” Sabe?Como eu já disse, é uma série visual, para distração, você leitor, não espere por suspense e quebra-cabeças de ideias. Assista após um dia cheio, no qual você só quer sentar ao sofá e não ter que assistir notícias tristes no jornal. Claro, que se você quer assistir ao jornal, assista a série ao invés da novela das 22h então 🙂

Recomendo para todos que precisam esfriar a cabeça, e claro, não tenham problemas com um vomitinho aqui, e uma matançazinha ali.

Nossa avaliação para esta novela da linda morta-viva é Boa (7,0) 🙂 e para vocês terem aquele parâmetro básico de sempre, no IMDb está com 7,9.

Assistam a série Santa Clarita Diet e nos conte se sentiu nojinho ou se deu umas boas risadas se imaginando ali, undead, devorando seu vizinho, talvez (rs)

Não deixe de nos acompanhar nas redes sociais – FacebookInstagram – PinterestTwitter
E não esqueça da nossa cobertura exclusiva do Oscar 2017.

the author

Paulista, morando em Brasília. Tenho 30 com cara de 29. Apaixonada por filmes, séries, livros, rock e animais fofinhos.