The Walking Dead: Porquê o discurso de Rick para os sobreviventes é importante

The Walking Dead finalizou a sétima temporada, preparando o público para uma guerra entre os Salvadores, de Negan e o grupo de Rick Grimes, e a unificação entre Alexandria, Hilltop e O Reino. Em um leve e reflexivo discurso, Maggie disse à Rick como tudo que aconteceu com eles — começando com o momento que Glenn decidiu salvar Rick no primeiro episódio da série — os levou até aquele momento.

A estreia da oitava temporada, “Mercy” abriu com outro tipo de discurso — capaz de animar e inspirar, o discurso feito por Rick, enquanto ele se voltava à suas tropas. É uma chamada à luta que nos remete ao passado e ao futuro.

Enquanto ele se põe acima de seu exército, Rick fala sobre o mundo maior que eles encontraram, e como agora é deles, para conquistar; como ainda há espaço para pessoas boas que querem construir ao invés de controlar. Ele diz a todos que não importa o que aconteça, não importa quem morre ou vive, o simples fato de decidirem lutar, e que naquele dia, eles decidem lutar pelo mundo que eles querem, e que sua batalha já está ganha.

Como Rick mostra algumas vezes ao longo do episódio, a luta não é sobre ele; não é sobre uma pessoa. É sobre o mundo todo, os personagens que conhecemos e os que ainda não conhecemos ainda. É sobre Hilltop e O Reino, Alexandria, e Judith. As pessoas, o coletivo.

Em The Walking Dead #115, por Robert Kirkman e Charlie Adlard, antes de Rick também fazer um discurso, ele decide iniciar sua guerra contra Negan. Mas esse discurso é feito de forma mais subliminar. É uma declaração de guerra, a reunião das tropas enquanto ele diz que agora, eles não tem opção, a não ser serem soldados, mesmo que eles não sejam. Entretanto, a série decide mostrar um novo tipo de discurso, um muito mais introspectivo e inspirador.

O discurso de Rick representa The Walking Dead, desde o primeiro episódio, foi sempre sobre: não ser apenas lutar para sobreviver, mas lutar pelo amanhã — contra os mortos, e contra os vivos. Desde o momento em que Glenn salvou Rick, a série foi sobre comunidade, sobre os laços entre as pessoas, quer elas fossem amigos ou estranhos. Apenas unidos há a esperança de construir — de ir adiante.

E é exatamente o que Rick diz a sua tropa. Enquanto ele luta para a batalha devastadora à frente, enquanto ele e seus aliados estão para embarcar em uma guerra que indubitavelmente deixará muitos mortos, amigos e estranhos, eles todos são sobreviventes. Todos são lutadores. E todos podem construir — por um mundo melhor, por um amanhã melhor.

Confira o teaser trailer da oitava temporada abaixo:

A oitava temporada de The Walking Dead estreou ontem, dia 22 de outubro. Deixe seu comentário e lembre-se de nos acompanhar nas redes sociais para saber de todas as novidades das séries:

Facebook – Twitter – Instagram – Pinterest

the author

Natural do Rio de Janeiro, agora, um candango do cerrado.
23 anos, de muita nerdice. Cinéfilo, viciado em séries e livros.