Início PODCASTS Martelada Martelada #30 | Correntes de WhatsApp e suas verdadeiras intenções

Martelada #30 | Correntes de WhatsApp e suas verdadeiras intenções

47
0
Martelada #30 | Correntes de WhatsApp e suas verdadeiras intenções

Quem nunca recebeu uma corrente, que atire a primeira pedra. Você pode até não ter compartilhado mas é praticamente impossível alguém nunca ter recebido uma. E pensando nas tias, mães e avós, este Martelada tem como objetivo revelar o verdadeiro significado das correntes mais populares que habitam o WhatsApp.

Correntes de animais fofos, boas energias, espirituais, financeiras, sobrenaturais, existe uma infinidade de categorias, mas todas elas têm em comum: o inocente compartilhamento.

Ouça o Martelada 30 e enxergue com outros olhos as famigeradas correntes!

O CAST

Martelada 30 desta vez não conta com a Stephanie Espindola como host, bom, pelo menos não a versão original. 

Nesta edição temos Ben-Hur SilvaIgor Kestemberg, Nancir Santos e eu (Guto Souza).

O PROGRAMA

Chame seus tios e tias, seus avós, seus pais e venha desvendar os mistérios e verdadeiros significados de algumas das mais insistentes e conhecidas “correntes do zap”.

Essa maldição tecnológica que chega inesperadamente sem avisar com muitos emojis delicados, figuras encantadoras e mensagens carinhosas e uma terrível obrigação: compartilhar.

Dê o play e venha curtir todas as nossas explicações super verdadeiras sobre as correntes! Ah! Lembre-se de compartilhar com seus amigos para que em 15 dias você receba um novo episódio!

Spotify

iTunes

Google Podcast

Deezer

E aí, tem alguma indicação ou comentário para o Martelada? Mande pra nós e lembre-se de nos acompanhar nos principais agregadores de podcast! Para mandar seu áudio, basta entrar em contato conosco por mensagem no Facebook, ou Direct no Instagram, ou pelo e-mail [email protected].

Seu feedback é muito importante para que possamos sempre melhorar o formato do nosso Martelada.



PUBLICAÇÕES RELACIONADAS

Martelada #28 | Martelada no Pagodeverso dos anos 90 Vol. 2

CRÍTICA – Ricos de Amor (2020, Bruno Garotti)

CRÍTICA – O Último Reino (2005, Bernard Cornwell) 

Comentários