Início EVENTOS Festival de Cinema de Cannes foi adiado para julho de 2021

Festival de Cinema de Cannes foi adiado para julho de 2021

Coronavírus: Festival de Cannes é oficialmente cancelado

Os organizadores do Festival de Cinema de Cannes confirmam que o festival de 2021 foi adiado e agora será realizado de 6 a 17 de julho. Originalmente, o evento havia sido definido para acontecer na Riviera Francesa de 11 a 22 de maio. Enquanto isso, o mercado de publicidade do Cannes Lions ainda está programado para 21 a 25 de junho.

Além de considerações de pandemia, a Variety relatou no início deste mês que um benefício de realizar o festival mais tarde é o grande número de filmes fortes em desenvolvimento. Proprietários de hotéis, influentes no centro de turismo à beira-mar, normalmente se oporiam a um festival de verão. Mas o turismo foi duramente atingido graças à pandemia e ao cancelamento de festivais e feiras que rendem dinheiro.

A vacinação em massa de Covid-19 começou nos EUA e na Europa no mês passado e a implantação tem sido lenta. Além dos desafios logísticos de vacinar tantas pessoas, a França também está lutando contra o grande ceticismo de sua população: uma pesquisa recente descobriu que apenas 40% dos franceses disseram que pretendiam se vacinar, colocando o país em último lugar entre 14 outras nações, de acordo com o Los Angeles Times.

A velocidade com que as vacinas estão sendo implantadas na França e em outros países que enviariam cineastas, agentes e jornalistas à Cannes tornou improvável que as datas de maio fossem mantidas. Mas mesmo essas novas datas são uma meta ambiciosa.

Nos Estados Unidos, as autoridades esperam que a imunidade possa ser alcançada assim que 70 a 85% da população for vacinada.

O Dr. Anthony Fauci, o maior especialista em doenças do país, disse repetidamente que, no cenário mais otimista, os americanos podem esperar algum retorno à normalidade no outono. Em outras palavras: não espere eventos em grande escala nos Estados Unidos, como festivais de cinema, antes disso.

Cannes no ano passado decidiu suspender sua edição física em meio à pandemia. Em vez disso, o festival anunciou uma seleção oficial, dando um impulso de prestígio a filmes como John and the Hole, de Nicolás Giacobone, que estreia virtualmente em Sundance no final deste mês. Além disso, o Marché du Film foi realizado virtualmente ao lado de um mercado virtual organizado por agências.

Em outubro, os organizadores puderam realizar um evento presencial em escala reduzida no Palais, o 2020 Special Cannes, que exibiu as seleções The Big Hit, The French Tech, True Mothers e Beginning. Mas esse evento estava longe da escala normalmente alcançada pelo festival.

Se o festival de 2021 sair como planejado, será o segundo grande festival a surgir com um evento presencial durante a pandemia, após o Festival de Cinema de Veneza de 2020.

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorCyberpunk 2077: CD Projekt Red lança ferramentas oficiais de mod
Próximo artigoThe First Lady: Série sobre Michele Obama tem elenco confirmado
Carioca, estudante de Design de Interiores, fã de séries, filmes e principalmente de Como Treinar o Seu Dragão <3