#52filmsbywomen 6 – Um Reino Unido (2016, Amma Asante)

Um Reino Unido está disponível na Netflix. E você, já começou a campanha #52FilmesByWomen?
Leia mais

CRÍTICA – Lady Bird: A Hora de Voar (2017, Greta Gerwig)

O crescimento e as descobertas retratados com uma simplicidade divertida transformam Lady Bird em uma produção que merece ser vista.
Leia mais

CRÍTICA – Mudbound: Lágrimas sob o Mississipi (2017, Dee Rees)

Confira o que achamos de Mudbound: Lágrimas sob o Mississipi, filme da Netflix que teve várias indicações ao Oscar 2018.
Leia mais

CRÍTICA – Eu, Tonya (2017, Craig Gillespie)

Eu, Tonya conta a história da patinadora Tonya Harding, envolvida em uma das maiores polêmicas da história da patinação artística. Estrelado por Margot Robbie, Allison Janney e Sebastian Stan.
Leia mais

CRÍTICA – O Destino de Uma Nação (2017, Joe Wright)

O Destino de uma Nação traz Winston Churchill (Gary Oldman) tendo que assumir o cargo de primeiro-ministro da Grã-Bretanha, ainda no começo da Segunda Guerra Mundial. Dirigido por Joe Wright, o longa conta com um elenco formado por Lily James, Ben Mendelsohn, Stephen Dillane, Kristin Scott Thomas e Ronald Pickup.
Leia mais

#52filmsbywomen 5 – Middle of Nowhere (2012, Ava DuVernay)

O filme de hoje é Middle of Nowhere, de 2012, pelo qual DuVernay recebeu o prêmio de Melhor Direção no Festival de Sundance. Confira essa indicação do nosso #52FilmsByWomen.
Leia mais

CRÍTICA – Pantera Negra (2018, Ryan Coogler)

Assistimos ao novo filme da Marvel Studios, Pantera Negra que se passa logo após os acontecimentos de Capitão América: Guerra Civil. E que após a morte do pai de T’Challa - e antigo rei de Wakanda -, cabe ao protagonista assumir o trono de sua nação. Confira o que achamos. Crítica sem spoiler!
Leia mais

#52filmsbywomen 4 – Lou (2016, Cordula Kablitz-Post)

Lou é outra estreia desse ano nos cinemas brasileiros, de mais uma diretora estreante. Cordulá Kablitz-Post é produtora e diretora na TV alemã, sendo Lou seu primeiro longa na direção.
Leia mais

#52filmsbywomen 3 – Professor Marston e as Mulheres-Maravilhas (2017, Angela Robinson)

O filme da vez é Professor Marston e as Mulheres-Maravilhas. Lançado no mesmo ano que Mulher-Maravilha de Patty Jenkins, o filme passou despercebido em muitos lugares, e certamente merece mais atenção. #52FilmsByWomen
Leia mais

CRÍTICA – Maze Runner: A Cura Mortal (2018, Wes Ball)

Maze Runner: A Cura Mortal é o desfecho de uma trilogia iniciada em 2014 com Correr ou Morrer. Agora Thomas (Dylan O’Brien) e seus aliados precisam entrar na Última Cidade, base da CRUEL, para salvar Minho, que foi raptado nos eventos de Prova de Fogo.
Leia mais

SÓ VEM!

MAIS LIDAS!