CRÍTICA – A Felicidade É de Matar (2022, BenDavid Grabinski)

    A Felicidade É de Matar é um longa dirigido por BenDavid Grabinski e tem como protagonistas John McHale (Community) e Kerry Bishé (Argo). O filme está disponível on demand.

    SINOPSE DE A FELICIDADE É DE MATAR

    Tom (John McHale) e Janet (Kerry Bishé) são um casal mega grudado e que mantém a chama do amor acesa mesmo após 14 anos de casados.

    Essa felicidade deles incomoda demais seus amigos, uma vez que eles nunca brigam, mantém uma vida sexual ativa e vivem fazendo declarações de amor. Todavia, após uma visita inesperada, um acidente acontece e agora Tom e Janet devem manter as aparências para que nada de ruim aconteça.

    ANÁLISE

    A Felicidade É de Matar

    A Felicidade É de Matar é uma comédia ácida que mistura suspense e drama, sendo um mix de gêneros. Sua estrutura é baseada no marasmo e críticas sociais eficientes, uma vez que mostra como nós, seres humanos, agimos quando pessoas felizes e perfeitas demais estão em nosso círculo social. De fato, o cotidiano das pessoas inclui sofrimento, perrengues, problemas, e isso vai nos tornando cada vez mais mesquinhos. Quando vemos pessoas que tem tudo, logo a inveja vem com tudo e não conseguimos aguentar.

    Entretanto, a obra apresenta uma camada mais profunda, entrando na questão conjugal. Como é a vida da maioria dos casais que fica muitos anos juntos? Há uma felicidade verdadeira em acordar por anos e anos todos os dias com a mesma pessoa e ficar tudo as mil maravilhas? Essas são questões pertinentes de um filme que tenta nos mostrar que é difícil ser amoroso para sempre.

    Os personagens são bem escritos, contudo, o roteiro não consegue desenvolver tão bem a história, subutilizando-os a todo o momento. Além disso, a falta de dinamismo e um segundo ato que não deslancha tiram pontos de A Felicidade É de Matar, tornando o filme enfadonho e lento demais.

    VEREDITO

    Com boas ideias, elenco interessante, mas um roteiro subaproveitado, A Felicidade É de Matar é um filme que poderia ser melhor, pois tinha elementos para isso. Se você busca uma reflexão sobre sua vida conjugal, esse longa é perfeito!

    Nossa nota

    3,2/5,0

    Confira o trailer de A Felicidade É de Matar:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    TBT #183 | Platoon (1986, Oliver Stone)

    Platoon, de Oliber Stone sem dúvida está na lista dos fãs de filmes de guerra. Veja nossa clássica indicação de TBT!

    CRÍTICA – Amor & Gelato (2022, Brandon Camp)

    Amor & Gelato é a nova aposta de filme de romance da Netflix. Baseado no livro homônimo de Jenna Evans, o longa é dirigido por Brandon Camp.

    Thor: Amor e Trovão | Conheça o elenco do filme

    Agora falta pouco para Thor: Amor e Trovão chegar aos cinemas! Confira neste artigo quem são os personagens e atores envolvidos na produção.

    CRÍTICA – O Apocalipse do Amor (2022, Hilal Saral)

    O Apocalipse do Amor é um filme turco dirigido pela diretora Hilal Saral. Veja o que achamos da produção de estreia da diretora turca.