Início FILMES Crítica CRÍTICA – A Nuvem (2021, Just Philippot)

CRÍTICA – A Nuvem (2021, Just Philippot)

A Nuvem é um filme francês original da Netflix que tem na direção o cineasta Just Philippot.

SINOPSE

Virginie (Suliane Brahim) cria gafanhotos para consumo, mas seu negócio não está prosperando. 

Ela começa a fazer testes com carne humana e verifica que os animais consomem mais e ficam mais fortes. Entretanto, cada vez mais perigosos eles se tornam, se transformando em feras famintas por sangue.

ANÁLISE

O novo longa original da Netflix traz uma série de problemas que tornam a experiência de assistir A Nuvem enfadonha. De fato, a construção do filme ocorre em apenas dois atos, com um desenvolvimento lento e gradual, mas que demora, e muito, para chegar a algum lugar.

A direção de Just Philippot perde muito tempo com cenas desnecessárias em zooms de longa duração nos gafanhotos, quase que de uma forma meio voyeur dos bichos. Além disso, o arco familiar da protagonista é clichê e nos deixa furiosos com a falta de carisma e atitudes deles.

As atuações são a única salvação de A Nuvem, pois o elenco tenta trabalhar com as migalhas recebidas de um roteiro preguiçoso e sem nenhuma inspiração.

VEREDITO

A Nuvem é um filme longo, lento e sem grandes possibilidades para uma boa história. 

Por mais que tente fazer algo diferente com uma trama de gafanhotos assassinos, a obra não joga nem na zona de segurança, sendo uma opção fraca do vasto catálogo da Netflix.

Nossa nota

1,8/5,0

Confira o trailer de A Nuvem:

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorPRIMEIRAS IMPRESSÕES – Nove Desconhecidos (1ª temporada, 2021, Amazon Prime Video)
Próximo artigoEsquadrão Suicida: Conheça todos os filmes do grupo de vilões
Relações-públicas, gremista, nerd, escorpiano e palestrinha. Parece futebolista, pois só vive descendo a lenha. DC é melhor que Marvel, todavia, amamos as duas.