CRÍTICA – A Princesa (2022, Le-Van Kiet)

    A Princesa é um filme estrelado por Joey King, Dominic Cooper e Olga Kurylenko. O filme conta a história da jovem Princesa, que precisa lutar contra todas as chances e retomar o reino de sua família que foi tomado à força por invasores.

    O filme de ação dramático lançado na Hulu fora do Brasil, foi lançado no Star+ no dia 22 de julho.

    SINOPSE

    Quando uma princesa obstinada se recusa a se casar com o cruel sociopata, ela é sequestrada e trancada em uma torre remota do castelo de seu pai. Com seu pretendente tentando tomar o trono de seu pai, a princesa deve salvar o reino.

    ANÁLISE

    A Princesa

    O filme de ação incessante nos leva pela história da Princesa – isso mesmo, ao longo dos 94 minutos do filme, o nome da personagem de King nunca é citado, mas isso é porque isso não tem importância para a trama. Durante o filme, a Princesa conta uma história que subverte o tropo clássico das histórias de princesas indefesas. Ainda que um paralelo não tão preciso possa ser traçado entre A Princesa e a franquia Shrek, ouso dizer que a postura da personagem de Joey King se assemelha em muitos momentos às personagens femininas da franquia da DreamWorks.

    Muito longe de ser indefesa, a Princesa é uma jovem muito bem treinada que fará de tudo para tomar de volta seu reino que foi tomado por um louco por poder que fora rejeitado. Ainda que o filme se mova quase que inteiramente para o futuro dos personagens do reino, a Princesa prepara o terreno para os acontecimentos que se desenrolam ao longo do filme, por meio de flashbacks. E tirando os flashbacks, é fácil afirmar que os acontecimentos do longa se dão dentro do curto período de 2 dias.

    Após tomar Hollywood por assalto, Joey King rapidamente se tornou uma atriz adorada por muitos por suas qualidades e habilidades de atuação, a atriz mostra em uma nova faceta, até então inédita. Em seu primeiro filme de ação, a atriz brilha no que faz e nos deixa sem ar a todo momento.

    VEREDITO

    A Princesa

    A Princesa é um filme divertido, e que vai te deixar nervoso ao achar que a Princesa não é capaz de se livrar dos perigos que se colocam em seu caminho, mas não se engane. A Princesa está muito longe de ser uma personagem indefesa.

    Nossa nota

    3,5 / 5,0

    Confira o trailer do filme:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    CRÍTICA – O Despertar das Tartarugas Ninja: O Filme (2022, Netflix)

    O Despertar das Tartarugas Ninja: O Filme continua da animação homônima que foi ao ar originalmente entre 2018 e 2020. O filme da Netflix...

    CRÍTICA – Carter (2022, Jung Byung-Gil)

    Carter é o mais novo filme sul-coreano da Netflix. O filme conta a história de Carter Lee, um agente desmemoriado que precisa lutar para cumprir sua missão.

    CRÍTICA – Lanterna Verde: Tema Meu Poder (2022, Jeff Wamester)

    Lanterna Verde: Tema Meu Poder ou Green Lantern: Beware My Power é uma animação do Tomorrowverse, nova linha de filmes da DC e está...

    Predador e suas melhores versões no cinema

    Com o lançamento de Predador: A Caçada, no Star+, nada melhor que relembrar os melhores yautjas já vistos no cinema. Veja a lista!