CRÍTICA – Emergência (2022, Carey Williams)

    Emergência, do Prime Video é o longa-metragem baseado no curta homônimo do diretor Carey Williams. O longa conta a história de três amigos que precisam tomar uma decisão nada fácil quando se deparam com uma situação inesperada em sua casa.

    Com um elenco conciso e incrível, Emergência é um filme forte que te deixará o tempo todo na beirada do assento e com um incômodo constante no peito.

    SINOPSE

    Prontos para uma noite de festa lendária, três amigos estudantes precisam pesar os prós e os contras de chamar a polícia quando testemunham uma situação inesperada.

    ANÁLISE

    Emergência

    O curta do diretor Carey Williams que pode ser visto no Vimeo por meio deste link, se mostra muito mais experimental que o filme do Prime Video. Mas ainda que não tão experimental, o filme nos apresenta a história a partir de um ponto linear, e conta a história dos amigos Kunle (Donald Elise Watkins), Sean (RJ Cyler) e Carlos (Sebastian Chacon). O cuidado do diretor ao colocar na trama artifícios de roteiro que causam nos espectadores incômodos referentes ao que ficou conhecido como “racismo recreativo”, ou racismo cotidiano, funciona imensamente bem ao nos deixar com uma espécie de “pressentimento” ao longo de todo o filme.

    Bizarramente, ao longo de todos os arcos do filme, seus personagens estão cientes dos perigos que podem se desenrolar apenas pelo fato dos protagonistas serem negros e latinos. O que os fazem tomar caminhos duvidosos, ainda que corretos quando comparados com o que pessoas brancas normalmente fariam quando se deparassem com uma situação como essa.

    Por todo o momento ao longo do filme, acontecimentos como o de George Floyd e o de Genivaldo, bem como muitos outros. Situações em que a presunção da culpa tem um papel mais importante do que o ato cometido de fato. E em todas as situações acabaram por tirar a vida das pessoas negras.

    VEREDITO

    Emergência é um filme forte, e pode até ser confundido com uma comédia, o que não é o caso. O filme nos lança por caminhos questionáveis e faz nossos protagonistas agirem de forma que não condizem com seus comportamentos apenas por medo de morrer ou serem considerados culpados de cometerem um crime que não cometeram.

    O filme de Carey Williams é forte e dolorido. Emergência pode ter gatilhos para indivíduos que sobreviveram à ações policiais.

    Nossa nota

    4,5 / 5,0

    Confira o trailer do filme:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    TBT #183 | Platoon (1986, Oliver Stone)

    Platoon, de Oliver Stone sem dúvida está na lista dos fãs de filmes de guerra. Veja nossa clássica indicação de TBT!

    CRÍTICA – Amor & Gelato (2022, Brandon Camp)

    Amor & Gelato é a nova aposta de filme de romance da Netflix. Baseado no livro homônimo de Jenna Evans, o longa é dirigido por Brandon Camp.

    Thor: Amor e Trovão | Conheça o elenco do filme

    Agora falta pouco para Thor: Amor e Trovão chegar aos cinemas! Confira neste artigo quem são os personagens e atores envolvidos na produção.

    CRÍTICA – O Apocalipse do Amor (2022, Hilal Saral)

    O Apocalipse do Amor é um filme turco dirigido pela diretora Hilal Saral. Veja o que achamos da produção de estreia da diretora turca.