Início FILMES Crítica CRÍTICA | Minari – Em Busca da Felicidade (2020, Lee Isaac Chung)

CRÍTICA | Minari – Em Busca da Felicidade (2020, Lee Isaac Chung)

CRÍTICA – Minari (2020, Lee Isaac Chung )

Minari – Em Busca da Felicidade está indicado a vários Oscars na competição deste ano, incluindo a categoria de Melhor Filme. Dirigido e roteirizado por Lee Isaac Chung e estrelado por Steven Yeun, o longa conta a história de uma família coreana tentando viver o tão almejado sonho americano.

Minari estreia dia 22 de abril nos cinemas do Brasil.

SINOPSE

Uma família coreana se muda para uma fazenda no Arkansas em busca de seu próprio sonho americano. Em meio aos desafios dessa nova vida, eles descobrem a inegável resiliência da família e o que realmente faz um lar.

ANÁLISE

Minari – Em Busca da Felicidade talvez seja um dos filmes mais sinceros dessa temporada do Oscar. Focado em uma família imigrante que busca mudar de vida nos Estados Unidos, o longa discorre sobre os percalços e desafios de se estabelecer em um país completamente diferente do seu.

Na história, Jacob (Steven Yeun) se cansa de trabalhar na indústria e decide comprar um terreno no Arkansas. Ele e sua família se mudam de um pequeno apartamento na Califórnia para o que aparenta ser um antigo motorhome em uma fazenda muito distante da cidade.

Para as crianças, David (Alan S. Kim) e Anne (Noel Cho), a aventura é válida e morar em uma fazenda não parece ruim. No entanto, Monica (Yeri Han), esposa de Jacob, não gosta da ideia, pois eles estão em um lugar isolado, longe de outras pessoas e sem nenhum vínculo social.

Devido aos problemas de saúde de David, a família resolve trazer para perto deles a mãe de Monica, Soon-ja, interpretada incrivelmente por Yuh-Jung Youn. A avó age como um elo de ligação com a cultura coreana que, cada vez mais, tem se distanciado da realidade da família enquanto vivem na América.

Minari consegue abordar diversos assuntos complexos em uma trama simples. A mudança da família para uma fazenda, em busca de uma vida melhor, é uma decisão unilateral de Jacob. Os desejos de Monica não são levados em consideração, causando rusgas entre o casal. Esse tipo de unilateralidade é comum na maioria dos relacionamentos, mostrando o quão necessário é aprendermos a compartilhar com o outro nossos sonhos e angústias.

A pressão da honra carregada pelo “pai” da família é também bem explícita. Jacob acredita que é responsabilidade dele prover uma vida melhor, orgulhar os filhos e construir algo importante. A atuação de Steven Yeun é sincera e, mesmo contida, merece todas as indicações que recebeu nessa temporada.

A mesma pressão que Jacob sente é compartilhada por Monica, mas de uma outra perspectiva. A necessidade de trabalhar, aprender algo novo e fazer mais do que apenas estar em casa é algo que fica implícito na construção da personagem. Yeri Han infelizmente não teve a mesma projeção nas premiações do que o restante do elenco, mas a atriz está muito bem no papel.

Com o desenrolar da história, a importância de construir uma família unida e parceira se torna a maior lição de todas. A química entre Yuh-Jung Youn e Alan Kim é maravilhosa, rendendo os momentos mais divertidos e profundos da trama.

CRÍTICA – Minari (2020, Lee Isaac Chung )

Vale destacar também o ótimo trabalho de fotografia de Minari. As cenas no campo, com o sol sempre por trás da plantação, passam a ideia de renascimento e reconstrução na nova vida dessa família. Além disso, a condução de Lee Isaac Chung, indicado na categoria de melhor direção, é primorosa e consegue trazer ótimas atuações de seu elenco principal para a tela.

A trama é também muito fácil de se identificar, principalmente com os altos e baixos ao longo desse período de pandemia de Covid-19. Há na história simples da família coreana em solo americano um fator de identificação muito forte com a situação de boa parte do mundo.

VEREDITO

Com pitadas de humor, o drama Minari – Em Busca da Felicidade é um dos melhores filmes do Oscar desse ano. Utilizando muito bem o fator de identificação, a trama da família Yi é profunda e, por vezes, otimista. Um olhar que todos nós precisamos hoje em dia.

Nossa nota

5,0/5,0

Assista ao trailer

PUBLICAÇÃO RELACIONADA: Oscar 2021 anuncia indicados; veja a lista completa.

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição