CRÍTICA – O Silêncio do Céu (2016, Marco Dutra)

    O Silêncio do Céu é um filme brasileiro, com direção de Marco Dutra, que possui em sua bagagem o prêmio de Melhor Filme Brasileiro no Festival de Cinema de Gramado.

    Trago essa produção aqui, pois, é muito importante quando nos permitimos consumir filmes e séries que fujam do eixo norte-americano e europeu, assim, descobrimos novos talentos, aprendemos mais sobre diversas culturas e abrimos mais a nossa cabeça para outras experiências e, consequentemente, quebramos preconceitos, principalmente, quando damos valor para as produções nacionais, porque é algo nosso, que mostra realmente os nossos hábitos, costumes, crenças, adversidades, lutas, ou seja, a nossa cultura.

    Lembro, perfeitamente, de um professor meu que disse basicamente que uma nação morre quando a sua cultura morre, portanto, quando mostramos para os quatro cantos o quanto nossos filmes são bons, estamos deixando o Brasil vivo.

    SINOPSE DE O SILÊNCIO DO CÉU

    Após ser violentada em sua própria casa, Diana (Carolina Dieckmann) resolve não contar o seu trauma para ninguém, porém, a mesma não desconfia que apesar de manter essa dor em segredo, o seu marido sabe de tudo que aconteceu, e resolve lidar com essa situação.

    ANÁLISE

    A violência sexual é um assunto extremamente forte, principalmente para nós mulheres, por sermos as principais vítimas desse tipo de ataque, logo, tive receio de assistir uma produção que tem como pano de fundo algo assim.

    Mas, apesar de ter cenas fortes que passam o pavor desse abuso, o diretor conseguiu dosar a sua ideia para que o filme não se tornasse algo totalmente intragável, conseguiu passar a mensagem sem apelar muito.

    Pois, algo que o público feminino reclama bastante é o quanto diretores homens quando resolvem retratar uma mulher violentada, exageram na cena e no tempo de duração, transformando a linha entre crítica e banalização não tão tênue quanto deveria.

    O Silêncio do Céu, aborda algo muito importante que muitas vezes que não é discutido, sobre como fica o pós, se a mulher decide ir atrás de justiça ou não, como é lidar com uma dor terrível dessa, no dia-a-dia e qual seria a reação das pessoas mais próximas.

    Na trama em questão, Diana decide não contar para Mario (Leonardo Sbaraglia), seu marido, porém, o mesmo sabe da violência e resolve buscar vingança sem contar para a vítima.

    Sem conseguir entender os motivos pelos quais fez com que Diana mantivesse segredo, ele começa a planejar como fazer algo contra os criminosos sem contar para ela, tentando ler cada detalhe de suas expressões, encaixando informações e a qualquer custo forçando um desabafo.

    VEREDITO

    O Silêncio do Céu não apenas tem uma boa direção, como excelente trabalho por parte dos atores principais, no caso a Carolina Dieckmann e o Leonardo Sbaraglia, que dentro dos seus papéis, conseguem nos passar uma dor real e bastante palpável.

    Além da questão central, o filme deixa pequenas crítica bem sutis e extremamente importantes, a principal é o quanto a sociedade tem uma visão de culpados por esse tipo de crime, como se fossem bichos papões escondidos em baixo da cama.

    Mas, infelizmente, a verdade pesada é o quanto não há uma face específica do abusador. Ele pode estar em qualquer canto e bem próximo de nós.

    Nossa nota

    5,0/5,0

    Confira o trailer de O Silêncio do Céu:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    TBT #285 | ‘Vizinhos’ é comédia em que absurdos não param de escalar

    Os anos 2010 renderam incríveis comédias. O filme Vizinhos é a prova disso. O longa é estrelado por Seth Rogen, Rose Byrne e Zac Efron.

    TBT #284 | “Festival Sangrento” tenta emplacar horror, mas falha

    Festival Sangrento é uma curiosa crítica que acaba por abraçar o que ela parece criticar com tanto afinco. O filme falha como um horror, mas pode divertir.

    O que é o Festival de Cannes? Saiba mais sobre o evento anual de cinema e confira 4 recomendações de filmes

    Criado em 1946, o Festival de Cannes é um dos eventos de cinema mais prestigiados do mundo e acontece na cidade de Cannes, na França.

    TBT #283 | ‘Par Perfeito’ surpreende por diversão e espionagem

    Par Perfeito é uma ótima comédia. Lançado em 2010, somos lançados na história do casal Jen e Spencer, cujas vidas mudam em 24 horas.