Início FILMES Crítica CRÍTICA – O Surto (2021, Aneil Karia)

CRÍTICA – O Surto (2021, Aneil Karia)

o surto

O Surto ou Surge é um longa dirigido por Aneil Karia e tem como protagonista o ator Ben Whishaw (franquia 007).

SINOPSE

Joseph (Ben Whishaw) é um segurança de aeroporto amargurado com a vida e estressado com as questões do cotidiano. Em um dia de fúria, ele começa a fazer tudo que sempre quis. Será que as consequências serão imediatas?

ANÁLISE DE O SURTO

O Surto é o tipo de longa que cabe e muito nos dias atuais, uma vez que estamos todos à beira de um colapso por conta do alto índice de ansiedade e depressão de uma geração frustrada.

O longa é incomodativo e a todo o momento a direção salienta isso, utilizando recursos como uma câmera tremida que acompanha de perto o protagonista. Além disso, os sons da cidade são ensurdecedores, as pessoas são grossas e ninguém na trama é legal, algo que é muito real para diversas pessoas.

Joseph é um homem que apenas não aguenta mais. As burocracias, as coisas mundanas, a sociedade num geral não faz mais sentido e o roteiro salienta bastante isso. O protagonista é o produto de uma sociedade falida.

O ritmo da história é propositalmente irregular, pois traz um marasmo inicial e depois um frenesi contínuo, sendo bastante movimentada. As atuações são funcionais, mas nada de espetacular acontece aqui.

Como ponto negativo, acredito que faltou um pouco mais de ousadia por parte dos roteirista, entretanto, isso é mais um gosto pessoal do que de fato algo ruim de O Surto. O fato de as ações dele serem bem pé no chão mostram o quanto o filme quis se aproximar da realidade, mesmo que existam algumas facilitações de roteiro em alguns momentos.

VEREDITO

o surto

O Surto é um filme intenso e que nos mostra de forma dura o nosso dia a dia sem emoções e mais do mesmo. Com um tom bem cinza, o longa pode não agradar a todos, mas certamente atinge seu público certo.

Nossa nota

4,0/5,0

Confira o trailer de O Surto:

Inscreva-se no YouTube do Feededigno.

Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

Artigo anteriorTBT #151 | O Filho de Chucky (2004, Don Mancini)
Próximo artigoHouse of the Dragon: Conheça Syrax, a dragoa de Rhaenyra Targaryen
Relações-públicas, gremista, nerd, escorpiano e palestrinha. Parece futebolista, pois só vive descendo a lenha. DC é melhor que Marvel, todavia, amamos as duas.