Início FILMES Crítica CRÍTICA – Peçanha Contra o Animal (2021, Vinicius Videla)

CRÍTICA – Peçanha Contra o Animal (2021, Vinicius Videla)

CRÍTICA - Peçanha Contra o Animal (2021, Vinicius Videla)

Depois de Porta dos Fundos: Contrato Vitalício (2016), Peçanha Contra o Animal, da Amazon Prime Video, é o segundo longa-metragem do polêmico Porta dos Fundos.

O longa de Vincius Videla é estrelado por Antonio Tabet, Pedro Benevides, Fabio De LucaRafael Portugal, Evelyn Castro e outros; e chegou ao catálogo do serviço de streaming na última sexta-feira, 22 de outubro.

Outras caras conhecidas do grupo de comédia também participam do longa, como Gabriel Totoro, Gregorio DuvivierRafael Infante, além de convidados como Valesca Popozuda Serjão Loroza.

SINOPSE

Peçanha (Antonio Tabet) é um policial da delegacia de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, e tem métodos atrapalhados e agressivos. Quando um serial killer chamado pelos jornais sensacionalistas como Animal passa a atuar na cidade, ele e seu parceiro Mesquita (Pedro Benevides) não vão poupar esforços não convencionais para encontrar o assassino.

ANÁLISE

Peçanha tem diversas aparições no canal do Porta dos Fundos, no YouTube, e o personagem de Antonio Tabet ganhou asas e finalmente saiu dos vídeos curtos para ter seu próprio longa-metragem, apesar do filme ser curtinho.

O personagem que faz inúmeras críticas sociais a respeito da polícia militar do RJ com seu modus operandi segue com o mesmo afinco agora numa caçada a um serial killer que vem aterrorizando a Baixada Fluminense.

Acompanho o Porta dos Fundos a algum tempo e por ser carioca vejo muitas esquetes muito próximas da realidade por mais cômicas e absurdas que possam parecer nos vídeos.

Como o elenco conta com Rafael Portugal, que acompanho por ser cria de Realengo e contar suas histórias de infância na Zona Oeste de forma divertida em seus shows e Antonio Tabet, que acompanho desde o clássico vídeo Quem Manda, de 2013, lá no canal do Porta dos Fundos, resolvi conferir a produção da Amazon Prime Video do personagem que me conquistou com o vídeo Suborno, também de 2013… que como carioca, me identifico muito (infelizmente).

VEREDITO

Peçanha Contra o Animal cumpre o papel de entretenimento besteirol, principalmente para quem já foi ou é morador do RJ e já teve alguma experiência com a Polícia Militar, mas como um todo a produção poderia ser apenas mais um vídeo no canal do grupo de humoristas no YouTube.

O longa pode beirar a paródia e absurdo, mas acredite, aqui tem um pouquinho da realidade do Rio de Janeiro nas entre linhas.

Nossa nota

2,5 / 5,0

Assista ao trailer:

Inscreva-se no YouTube do Feededigno

Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

Artigo anteriorCRÍTICA – Injustice (2021, Matt Peters)
Próximo artigoCRÍTICA – Um Lobo Entre Nós (2021, Josh Ruben)
Um carioca apaixonado por livros, cinema, games e que ama falar de nerdice.