Início FILMES Crítica CRÍTICA – Todos Estão Falando Sobre Jamie (2021, Jonathan Butterell)

CRÍTICA – Todos Estão Falando Sobre Jamie (2021, Jonathan Butterell)

O filme Todos Estão Falando Sobre Jamie (Everybody's Talking About Jamie) conta a história real de um jovem que sonha em ser Drag Queen

Todos Estão Falando Sobre Jamie (Everybody’s Talking About Jamie) é o novo filme da Amazon Prime Video inspirado na história real de Jamie Campbell, protagonista de um documentário de 2011 chamado Jamie: Drag Queen at Sixteen e adaptado de uma peça teatral.

Tanto o filme, quanto a peça possuem o mesmo diretor, Jonathan Butterell. No elenco estão Max Harwood, Sarah Lancashire, Richard E. Grant (Loki), Ralph Ineson (Jogador Número 1).

SINOPSE DE TODOS ESTÃO FALANDO SOBRE JAMIE

Jamie New (Max Harwood) é um adolescente britânico de 16 anos que se sente muito deslocado porque tem um sonho singular: ele deseja se tornar uma Drag Queen e fazer disso sua profissão. Jamie não sabe como será seu futuro, mas uma coisa é certa: ele será uma sensação!

Incentivado por sua mãe, Margaret (Sarah Lancashir), e seus amigos maravilhosos, o jovem vai enfrentar inúmeros preconceitos, superar intimidações para finalmente sair das sombras e revelar ao mundo quem ele realmente é.

ANÁLISE

Os filmes LGBTQIA+ se tornaram uma sensação nos últimos anos e uma enorme fonte de renda para streamings como a Netflix. Logo, é surpreendente quando um filme do gênero traz novas percepções sem abandonar os costumeiros aspectos que fazem esses longas tão especiais. Por isso, Todos Estão Falando Sobre Jamie é um sucesso, pois têm a capacidade de ser sensível quando é preciso.

Nesse sentido, o longa aborda Jamie, um jovem de 16 anos que quer ser uma Drag Queen em sua tradicional cidade. Para isso, o adolescente precisa lidar com o bullying dos colegas, um pai preconceituoso (Ralph Ineson) e suas próprias inseguranças em relação a si mesmo. Porém para amenizar, ele conta com sua melhor amiga Pritti (Lauren Patel), a mãe Margaret e seu mentor Hugo (Richard E. Grant).

Diferente do que se espera, Todos Estão Falando Sobre Jamie não fala sobre aceitação. Jamie é um garoto gay e não esconde isso de ninguém. Contudo, como um jovem, ele precisa de orientação e coragem para revelar todo o seu potencial.

Seu despertar vem ao longo do filme. Após o sucesso de sua primeira performance, Jamie precisa entender sua personalidade.

O filme Todos Estão Falando Sobre Jamie (Everybody's Talking About Jamie) conta a história real de um jovem que sonha em ser Drag Queen

Dessa forma, é significante quando Todos Estão Falando Sobre Jamie aborda os problemas pessoais e também a aceitação da comunidade com uma pessoa LGBTQIA+. Isso humaniza a luta e a representatividade, mostrando que nem tudo é um “mar de flores”.

O longa também consegue ser fabuloso com um repertório de músicas divertidas e emocionantes que crescem à medida que o filme avança. Por isso, ainda que a direção de Jonathan Butterell seja tímida no começo, ele entrega grandes performances com diversas referências visuais e também com muita criatividade.

VEREDITO

Todos Estão Falando Sobre Jamie é um filme emocionante que consegue abordar os mundos LGBTQIA+ e Drag Queen de maneira gentil e gratificante. As músicas e performances são maravilhosas e mostram o potencial de Max Harwood como protagonista em seu primeiro trabalho.

Nossa nota

4,0 / 5,0

Assista ao trailer de Todos Estão Falando Sobre Jamie:

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorCRÍTICA – Lost in Random (2021, Thunderful)
Próximo artigoNoites Sombrias #32 | 5 jogos de terror para celular
Jornalista em formação e apaixonada pela sétima arte. Representatividade e movimentos sociais através do cinema é fundamental. Apreciadora de livros, animes e joguinhos de ps4 nas horas vagas. The final girl.