Filmes inspirados em eventos reais que você vai querer ver para acreditar

    Acontecimentos reais sempre foram algumas das fontes de inspiração mais confiáveis ​​para diretores e escritores, o que significa que não faltam filmes atraentes extraídos de relatos sobre pessoas e acontecimentos reais. Esteja você com vontade de explorar a história recente ou de viajar ainda mais no tempo, há um filme para você.

    Existem muitas opções disponíveis, mas selecionamos uma lista de 7 filmes inspirados em histórias verdadeiras e que valem a pena. Nossa lista tem de tudo: retratos cativantes de ícones, holofotes sobre figuras desconhecidas do passado e retratos emocionantes de eventos angustiantes.

    Até o Último Homem (2016)

    Andrew Garfield recebeu sua primeira indicação ao Oscar por interpretar Desmond Doss, um médico da Segunda Guerra Mundial e um dos únicos dois objetores de consciência a receber uma Medalha de Honra. Doss, um cristão adventista do sétimo dia, recusou-se a portar armas durante a guerra, e o filme mostra como ele saiu vivo da Batalha de Okinawa sem disparar um tiro. Se você veio a esta lista em busca de um filme de guerra, não procure mais pois Até o Último Homem possui uma cinematografia arrebatadora, sequências de batalha tão fascinantes quanto horríveis e performances de apoio de Hugo Weaving, Teresa Palmer e Vince Vaughn que roubam a cena.

    Meu Nome é Dolemite (2019)

    CRÍTICA - Meu Nome é Dolemite (2019, Craig Brewer)

    A saudação de Eddie Murphy ao cineasta blaxploitation Rudy Ray Moore é uma história divertida e ultrajante de perseverança obstinada. Murphy estrela como Moore, um artista idoso que, depois de anos lutando para ter sucesso em Hollywood, começa a fazer comédia stand-up como um cafetão desbocado chamado Dolemite. O conceito decola, permitindo que ele transforme sua rotina ousada em um álbum e depois em uma carreira cinematográfica, que Moore aborda com um espírito caseiro e desconexo. Fique atento ao elenco de apoio, que apresenta Da’Vine Joy Randolph (alguns anos antes de sua vitória no Oscar) em seu papel no cinema, Keegan-Michael Key, Wesley Snipes, Mike Epps, Craig Robinson e muito mais.

    PUBLICAÇÃO RELACIONADA | CRÍTICA – Meu Nome é Dolemite (2019, Craig Brewer)

    O Irlandês (2019)

    CRÍTICA - O Irlandês (2019, Martin Scorcese)

    A adaptação de Martin Scorsese do livro de Charles Brandt de 2004, I Heard You Paint Houses, continua fazendo parte de um seleto grupo de filmes a receber 10 indicações ao Oscar , incluindo Melhor Filme e Melhor Diretor. O aclamado épico reúne Scorsese, Robert De Niro e Joe Pesci, seguindo Frank Sheeran (De Niro), um caminhoneiro sindicalizado que entra na vida do crime quando começa a trabalhar como assassino de aluguel para uma família mafiosa, liderada por Russell Bufalino. (Pesci). Não se deixe intimidar pelo tempo de execução de mais de três horas; O irlandês faz com que cada momento valha a pena mapeando com elegância a queda de Sheeran em desgraça, do começo ao fim solitário.

    PUBLICAÇÃO RELACIONADA | CRÍTICA – O Irlandês (2019, Martin Scorcese)

    Dois Papas (2019)

    CRÍTICA - Dois Papas (2019, Fernando Meirelles)

    Anthony Hopkins e Jonathan Pryce conduzem esta discussão sobre a relação de trabalho entre dois pontífices durante uma era crítica para a Igreja Católica. Ambientado principalmente após o escândalo de vazamentos do Vaticano em 2012, o filme mostra o Papa Bento XVI (Hopkins) e o futuro Papa Francisco I, Cardeal Jorge Mario Bergoglio (Pryce), reunindo-se para discutir se Bergoglio seria um substituto adequado após a renúncia de Bento XVI. Enquanto Bento XVI é conservador, Bergoglio tem uma mentalidade liberal, mas eles encontram pontos em comum discutindo as suas vidas, vendo televisão e criando laços através dos desportos. Os Dois Papas é uma comédia sobre uma amizade improvável, mas também é um exame cuidadoso da fé.

    PUBLICAÇÃO RELACIONADA | CRÍTICA – Dois Papas (2019, Fernando Meirelles)

    Os 7 de Chicago (2020)

    Os 7 de Chicago

    Em 1969, um grupo de ativistas anti-Guerra do Vietnã foi acusado de cruzar fronteiras estaduais para incitar um motim na Convenção Nacional Democrata do ano anterior e, em 2020, Aaron Sorkin escreveu e dirigiu Os 7 de Chicago, que é inspirado em a história deles. É uma lição de história reunida em um drama de tribunal envolvente e muitas vezes inacreditável que destaca quanto poder o governo sempre teve sobre o sistema de justiça americano. O roteiro de Sorkin está repleto de grandes discursos e piadas inteligentes, dando ao extenso elenco do filme, que conta com Sacha Baron Cohen, Eddie Redmayne, Mark Rylance, Michael Keaton, Jeremy Strong e Yahya Abdul-Mateen II.

    PUBLICAÇÃO RELACIONADA | CRÍTICA – Os 7 de Chicago (2020, Aaron Sorkin)

    O Enfermeiro da Noite (2022)

    Adaptado do livro de crimes reais de Charles Graeber de 2013, The Good Nurse: A True Story of Medicine, Madness, and Murder, este filme é um thriller perturbador sobre o serial killer Charles Cullen e a mulher que ajudou a derrubá-lo. Jessica Chastain estrela como Amy Loughren, uma mãe solteira e enfermeira que começa a suspeitar que Cullen (Eddie Redmayne), um novo colega de quem ela se tornou amiga, é cúmplice na morte repentina de vários pacientes. Para saber ainda mais sobre essa história, você pode conferir o documentário sobre a investigação policial sobre Charles Cullen.

    A Sociedade da Neve (2023)

    Adaptado do livro homônimo de Pablo Vierci de 2008, o filme em espanhol de JA Bayona conta a história angustiante da seleção uruguaia de rugby que, em 1972, ficou presa nas montanhas dos Andes após um acidente de avião. À medida que os homens começam a morrer rapidamente devido às duras condições, os sobreviventes brincam com a ideia impossível de recorrer ao canibalismo para se manterem vivos. O que A Sociedade da Neve faz tão bem é focar nas relações entre os sobreviventes, encontrando o equilíbrio entre as condições traiçoeiras e a bondade que demonstram uns aos outros.


    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    TBT #285 | ‘Vizinhos’ é comédia em que absurdos não param de escalar

    Os anos 2010 renderam incríveis comédias. O filme Vizinhos é a prova disso. O longa é estrelado por Seth Rogen, Rose Byrne e Zac Efron.

    TBT #284 | “Festival Sangrento” tenta emplacar horror, mas falha

    Festival Sangrento é uma curiosa crítica que acaba por abraçar o que ela parece criticar com tanto afinco. O filme falha como um horror, mas pode divertir.

    O que é o Festival de Cannes? Saiba mais sobre o evento anual de cinema e confira 4 recomendações de filmes

    Criado em 1946, o Festival de Cannes é um dos eventos de cinema mais prestigiados do mundo e acontece na cidade de Cannes, na França.

    TBT #283 | ‘Par Perfeito’ surpreende por diversão e espionagem

    Par Perfeito é uma ótima comédia. Lançado em 2010, somos lançados na história do casal Jen e Spencer, cujas vidas mudam em 24 horas.