Início FILMES Artigo Noites Sombrias #17 | Relembre os monstros de Invocação do Mal

Noites Sombrias #17 | Relembre os monstros de Invocação do Mal

Uma das franquias de terror mais famosa de todos os tempos está de volta. Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio estreou nessa quinta-feira (3) com 66% de aprovação da crítica no Rotten Tomatoes e muitas expectativas por parte dos fãs. Desta vez, James Wan, o diretor dos dois primeiros filmes, colabora como produtor e roteirista do filme.

A frente de Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio está o diretor Michael Chaves (A Maldição da Chorona). Além disso, Patrick Wilson e Vera Farmiga retornam como o casal Ed e Lorraine Warren para o terceiro filme. A história abordará o primeiro caso demoníaco a ser julgado na corte americana e algumas assombrações que estiverem ao longo da franquia podem aparecer também.  

Por isso, relembre as principais assombrações do universo “Invocaverso” para não perder nenhuma referência de Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio:

Annabelle 

A boneca Annabelle foi um dos primeiros seres a habitar as histórias do Invocaverso. Sua primeira aparição na franquia foi em Invocação do Mal de 2013 com sua breve história ainda no começo do longa. Mais tarde, Annabelle ganhou sua própria trilogia, sendo o primeiro filme lançado em 2014 e os seguintes, em 2017 e 2019. 

A história real de Annabelle é cercada de mistérios, sabe-se que a boneca era um objeto de colecionador dado de presente para a estudante de enfermagem Donna. No entanto, a garota começou a perceber comportamentos estranhos vindo da boneca, como mudança de lugar. Logo, um padre atestou que se tratava de um espírito de uma menina e Donna deixou que ficasse na boneca.

Porém, as situações aterrorizantes continuaram e Annabelle chegou a estrangular um amigo de Donna. Então, o casal Warren entrou em ação e descobriu que o espírito se tratava de um demônio que queria possuir um corpo humano. A boneca foi levada para o Museu de Ocultismo do casal, onde permanece trancada em uma caixa de vidro até os dias de hoje. 

Bathsheba Sherman

Invocação do Mal

A bruxa Bathsheba Sherman é a assombração que o casal Warren precisa enfrentar no primeiro longa. Ao se mudar para uma nova casa, a família Perron passa a ser assombrada pela bruxa que morreu no local.

Sua história real data de 1812, acredita-se que Bathsheba tenha sido uma bruxa que sacrificou o próprio filho em adoração ao Diabo. O corpo do bebê foi encontrado com uma agulha espetada no crânio, sem outras provas, o caso foi arquivado. Ela ainda teve 3 filhos, os quais não sobreviveram até os quatro anos.

As histórias divergem, há rumores de que Bathsheba tenha se enforcado na fazenda, onde vivia com o marido. Outras histórias dizem que ela envelheceu e foi deformando com tempo ficando com a pele parecida com uma rocha. Existem ainda relatos que a mulher não passava de uma dona de casa comum que viveu com a família até falecer e ser enterrada no cemitério histórico de Harrisville, estado de Rhode Island, Estados Unidos. 

Valak

Invocação do Mal

A freira demoníaca apareceu pela primeira vez em Invocação do Mal 2: A Evocação de 2016. Porém, em 2018 seu próprio filme chamado A Freira abordou sua história na ficção. Em Invocação do Mal, Valak é usada para contestar a fé de Lorraine Warren e através de um espírito chamado Bill Wilkins, o ser também aterroriza a família Hodgson.

A história real de Valak foi relatada pela primeira vez no século XVII. A entidade é o 62º demônio d´A Chave Menor de Salomão, um grimório dividido em cinco partes escrito pelo Rei Salomão. O livro de magia negra conta como Salomão teria “domado” 72 demônios durante seu reinado e ainda mostra instruções como convocá-los. 

A descrição de Valak diz que a entidade de manifesta como uma criança com asas de anjo montada em um dragão de duas cabeças. Muito diferente do que é visto nos filmes, já que para a ideia da freira, James Wan teria consultado Lorraine que relatou uma presença que assombrava sua casa e parecia uma figura encapuzada. 

Bill Wilkins

Ainda sobre Invocação do Mal 2, o caso da família Hodson de Enfield em Londres ficou bastante famoso atraindo olhares da mídia e do casal Warren que visitou o local na época. Em agosto de 1977, uma mãe solteira e seus quatro filhos começaram a presenciar coisas estranhas na casa. 

Mais do que objetos se movendo, as crianças levitavam e uma das meninas começou a falar por horas com uma voz rouca e masculina. O espírito que assombrava a família se tratava de Bill Wilkins, um homem de 71 que morreu de hemorragia na casa. 

A história chegou a ser corroborada por seu filho, Terry, que confirmou os fatos. Porém, apesar de alguns acontecimentos realmente assustadores, algumas situações foram forjadas pelas meninas. 

O Homem Torto 

Invocação do Mal

Outra entidade que fez sua estreia em Invocação do Mal 2. O Homem Torto apareceu por alguns minutos no longa, mas foi o suficiente para que o personagem fizesse sucesso e garantisse seu filme solo no universo (sem data prevista). 

Logo, sua história original deriva de uma antiga canção de ninar britânica. A história surgiu ainda no século XVI devido a uma música cantada em tom de deboche por soldados oponentes ao general Sir Alexander Leslie, o Conde de Leven. Contudo, a canção se popularizou durante os séculos se tornando até mesmo uma lenda urbana. 

Em 1969, um homem Ryan se mudou para um estranho apartamento com o seu filho. No meio da noite, Ryan acorda aos gritos com seu filho dizendo que um homem torto queria lhe matar. Pai e filho ficaram alguns dias fora de casa, porém, precisaram voltar. Um tempo depois, Ryan notou o desaparecimento de seu filho, o encontrando no sótão da casa cantando a música do Homem Torto.

Chorona 

Ainda que lançado como um filme independente, A Maldição da Chorona de 2019 também faz parte do Invocaverso. No longa, Tony Amendola reprisa seu papel de Annabelle como Padre Pérez e ajuda a família Garcia que está sendo atormentada pela Chorona. 

A história do longa se baseia numa lenda folclórica mexicana do século XVI chamada  “La Llorona“.  Após uma mulher ser traída pelo marido, ela se cega pelo ódio, matando seus dois filhos afogados e em seguida tirando sua própria vida. Condenada, sua alma vaga pelo mundo chorando eternamente e buscando por crianças para substituir seus filhos e assim os matar.

De fato, o Invocaverso está cheio de assombrações aterrorizantes e curiosas. Será que o terceiro filme de Invocação do Mal irá trazer outras entidades? Enquanto não sabemos, conte para nós, qual a sua história favorita? 

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorPokémon GO: Especialista dá dicas para chegar ao rank máximo no PVP
Próximo artigoCRÍTICA – Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio (2021, Michael Chaves)
Jornalista em formação e apaixonada pela sétima arte. Representatividade e movimentos sociais através do cinema é fundamental. Apreciadora de livros, animes e joguinhos de ps4 nas horas vagas. The final girl.