Início FILMES Crítica Noites Sombrias #24 | Um Lugar Silencioso – Parte 2 (2021, John...

Noites Sombrias #24 | Um Lugar Silencioso – Parte 2 (2021, John Krasinski)

Um Lugar Silencioso

Um Lugar Silencioso – Parte 2 é a sequência do surpreendente longa de 2018 e tem em sua direção John Krasinski (The Office) e é estrelado por Emily Blunt (O Diabo Veste Prada).

SINOPSE

Evelyn (Emily Blunt) e sua família buscam um novo lugar para sobreviver, uma vez que seu antigo esconderijo está destruído.

Eles encontram Emmett (Cillian Murphy), um antigo amigo de Lee (John Krasinski) que lhes dá abrigo, mas não confia em mais ninguém. Será que eles vão conseguir sobreviver?

ANÁLISE

Um Lugar Silencioso – Parte 2 foi um filme muito aguardado no Brasil, ainda mais que ele sofreu com muitas alterações de data por conta da pandemia.

A nova trama é muito parecida com a do seu antecessor, contudo, traz também elementos novos como uma road trip e um melhor desenvolvimento da ameaça.

O primeiro ato é enervante e nos insere muito bem no início da invasão. As cenas de ação são incríveis, misturando elementos práticos com digitais de forma exemplar. A tensão é bem elaborada aqui e ficamos na ponta da poltrona em diversos momentos.

Por mais que haja o novo fator de defesa por parte dos protagonistas, uma vez que agora eles conseguem enfrentar as criaturas de igual para igual já que possuem uma fraqueza, ficamos com uma sensação de perigo constate, ora pela ameaça dos monstros, ora pela dos humanos.

As atuações são boas, mas nada de muito destaque por parte do excelente elenco de Um Lugar Silencioso – Parte 2.

VEREDITO

Um Lugar Silencioso

Com uma trama muito similar ao primeiro, mas com bons novos elementos e personagens, Um Lugar Silencioso – Parte 2 é uma parada obrigatória para quem gosta de um bom filme.

Com uma direção extremamente competente e um roteiro bem trabalhado, resta agora esperar o próximo capítulo dessa nova franquia de sucesso.

Nossa nota

4,5 / 5,0

Confira o trailer do longa:

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorMajor Grom contra o Dr. Peste: Saiba tudo sobre o filme da Netflix
Próximo artigoCRÍTICA – Mestres do Universo: Salvando Eternia (Parte 1, 2021, Netflix)
Relações-públicas, gremista, nerd, escorpiano e palestrinha. Parece futebolista, pois só vive descendo a lenha. DC é melhor que Marvel, todavia, amamos as duas.