Início FILMES Artigo O Exterminador do Futuro: Conheça as diversas versões do personagem

O Exterminador do Futuro: Conheça as diversas versões do personagem

97
0
Exterminador do Futuro: Conheça as diversas versões do personagem

Nessa lista, abordaremos as mais diversas interações do Exterminador do Futuro que apareceram nos filmes e na série de TV Terminator: The Sarah Connor Chronicles. Originalmente criado por James Cameron em seu filme de ficção científica que leva o nome do personagem, de 1984. O Exterminador T-800 (vivido por Arnold Schwarzenegger no papel que o levou ao estrelato) é um dos maiores vilões da história do cinema, apesar de ser um ciborgue assassino que mudou de lado na sequência, lançada em 1991, O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final.

Após Cameron deixar a franquia no meio de 1990, os direitos da sequência passaram para diversas produtoras e cada uma delas tentou emplacar um novo filme de O Exterminador do Futuro e isso causou uma “corrida armamentista” para ver qual estúdio desenvolveria o melhor e mais legal ciborgue.

O Exterminador original foi sucedido por uma versão de metal líquido, o T-1000 vivido por Robert Patrick, mas qual toda sequência de O Exterminador do Futuro após aquele, se tornou uma mistura entre os dois protótipos, que acabavam por formar alguma variação entre o T-800/T-1000, que ganhavam um upgrade mais letal que refletia a tecnologia da Era em que o filme se ambientava. Com exceção de O Exterminador do Futuro: A Salvação de 2009, que era ambientada no guerra futura contra a Skynet e mostrou versões mais primitivas do Exterminador, culminando na criação do clássico T-800, enquanto focava em um novo herói, Marcus Wright (Sam Worthington), o primeiro Exterminador híbrido, humano/ciborgue.

Tim Miller, o diretor de O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio, que é também produzido por James Cameron em seu retorno a franquia que ele mesmo criou, conta com o último modelo, que parece ser o mais mortal dos Exterminadores, o Rev-9 (Gabriel Luna).

Apesar da franquia ter contado com diversos modelos de Exterminadores e até mesmo em games, e outras mídias ao longo dos anos, aqui estão todos os modelos de Exterminadores mostrados nos seis filmes e séries de TV.

T-800

Exterminador do Futuro
Aparições: O Exterminador do Futuro (1984), O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final (1991), Exterminador do Futuro: A Salvação (2009), Exterminador do Futuro: Gênesis (2015), O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio (2019).

O Exterminador T-800 (Modelo 101 da Cyberdyne Systems) é o robô assassino original da franquia – e continua sendo o melhor. Sua primeira aparição foi em O Exterminador do Futuro, o T-800 inicial foi enviado no tempo para matar Sarah Connor (Linda Hamilton), mas foi destruído por Sarah e Kyle Reese (Michael Bienh). Em O Exterminador do Futuro 2, o futuro John Connor reprogramou o T-800 e o enviou ao passado a fim de proteger a si mesmo enquanto ainda criança (Edward Furlon).

O modelo T-800 do Exterminador não seria visto de novo até o protótipo ser liberado pela Skynet na linha temporal alternativa de O Exterminador do Futuro: A Salvação (vivido por Roland Kickinger, que ganhou digitalmente o rosto de Arnold Schwarzenegger).

Em O Exterminador do Futuro: Gênesis, um T-800 mais velho, que ganhou o apelido de Pops, foi enviado de volta ao ano de 1970 a fim de proteger Sarah Connor – dessa vez vivida por Emilia Clarke – quando ainda era uma garota, e continuou sendo seu guardião até a fase adulta.

Finalmente, em O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio, a Sarah mais velha pede a Carl, outro T-800 enviado ao passado para matar John Connor, para ajudá-la a proteger Dani Ramos (Natalia Reyes).

O T-800 foi a maior criação da Skynet; seu primeiro organismo cibernético com autoconsciência era coberta por um tecido vivo, sob um esqueleto feito de uma liga leve, porém resistente, para que pudesse se passar por um humano, servindo como um infiltrado. O CPU do T-800 é um processador de rede neural que conta com detalhes da anatomia humana – o tornando um assassino mais eficaz.

O temido T-800 é incrivelmente forte, altamente resistente ao dano, capaz de operar veículos, eficiente com todos os tipos de armas, e “não irá parar” até completar seu objetivo.



T-1000

Exterminador do Futuro
Aparições: O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final (1991), O Exterminador do Futuro: Gênesis (2015).

O T-1000 é completamente diferente dos modelos anteriores de Exterminador, é um protótipo avançado feito a partir de uma liga poli-mimética, o metal líquido do T-1000 pode mudar e imitar qualquer humano, tornando-o um infiltrado perfeito. O T-1000 também pode se transformar em lâminas, espinhos e ganchos, mas não em armas mais complexas.

Por ser composto de metal líquido, o T-1000 é invulnerável a balas, e pode se reconstruir graças ao calor extremo após ser congelado em nitrogênio líquido. O T-1000 foi o antagonista principal em O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final, mas um T-1000 diferente também foi enviado ao passado e lutou contra Kyle Reese (Jai Courtney) em O Exterminador do Futuro: Gênesis.



T-X

Exterminador do Futuro
Aparição: O Exterminador do Futuro 3: A Rebelião das Máquinas (2003).

A altamente avançada T-X, também conhecida como a Exterminatrix vivida por Kristanna Loken é o primeiro modelo que combinava o T-800 e o T-1000, utilizando metal líquido sob um esqueleto de metal.

A T-X é mais forte, mais rápida, e mais resistente que seus predecessores e foi desenvolvida como uma unidade de combate anti-Exterminadora; a T-X era capaz de hackear e reprogramar outras máquinas assim como destruir outros Exterminadores. Além disso, a ciborgue foi a primeira Exterminadora construída com um arsenal embutido; seu braço direito podia se transformar em um canhão de plasma, um lança-chamas, e um lança-granadas, sem falar de outras capacidades ofensivas.

A T-X também podia analisar DNA. Como um ciborgue de infiltração, era equipado com uma gama básica de emoções humanas, e um entendimento dos perfis psicológicos dos humanos; assim, a Exterminatrix foi a primeira modelo que podia ficar com raiva ou frustrada e emitir ruídos parecidos com sons humanos.



T-101 (Série T-850)

Exterminador do Futuro
Aparição: O Exterminador do Futuro 3: A Rebelião das Máquinas (2003).

O T-850 (referido como o T-101 em Exterminador 3) foi programado por Kate Brewster (Claire Danes) em 2032 e foi enviado no tempo para proteger sua versão mais jovem e seu futuro marido, John Connor (Nick Stahl).

Na verdade, esse T-850 em particular matou John em 2032 antes de Kate reprogramá-lo e o enviar de volta ao passado. Fisicamente idêntico ao T-800, o T-850 tem alguns upgrades notáveis: um deles é a sua sub-rotina que é um entendimento da psicologia humana e também é capaz de sobrescrever sua programação inicial e operar independente enquanto ainda completa sua missão principal.

O T-850 usa uma célula de combustível de hidrogênio para destruir a T-X e a si mesmo, mostrando sua habilidade de sobrescrever seu protocolo de não causar dano a si mesmo.



T-1

Exterminador do Futuro
Aparição: O Exterminador do Futuro 3: A Rebelião das Máquinas (2003).

O protótipo original do Exterminador, o T-1 é uma máquina de matar relativamente primitiva, construída na Cyber Research Systems. Seguindo os passos, o tanque T-1 era uma tentativa da CRS de recriar o trabalho de Miles Bennett Dyson (Joe Morton).

Um sistema ofensivo totalmente autônomo, o T-1 foi construído para combate em campos abertos. Apesar da falha do T-1 contra o T-850 em O Exterminador do Futuro 3, a série T-1 continuou sendo construída pela Skynet no futuro e também se tornou o protótipo do Tanque H-K (Hunter-Killer).



Cameron Phillips (T-900)

Exterminador do Futuro
Aparição: Terminator: The Sarah Connor Chronicles (2008).

A T-900, também conhecida como Cameron Phillips (Summer Glau) é um upgrade do Exterminador T-800. Construído para infiltração, a T-900 tem tecido orgânico vivo (modelado pela lutadora da Resistência, Allison Young) sobre um endo esqueleto de liga super-resistente, mas Cameron era diferente, pois ela exibiu uma programação para comportamentos humanos complexos, incluindo choros, fome, e sentimentos.

Apesar de não ser tão grande quanto o T-800, Cameron ainda tinha a força bruta dos Exterminadores, ela só é mais flexível (graças ao treinamento de bailaria de Glau) e ela usa taticamente seu ambiente como vantagem em relação a outros Exterminadores.



T-888

Aparição: Terminator: The Sarah Connor Chronicles (2008).

O T-888 (ou “Triplo Oito”) é a variação do T-800 e foram os assassinos primários enviador pela Skynet em Terminator: The Sarah Connor Chronicles. Apesar de similar ao clássico T-800, o endo esqueleto do T-888 eram mais resistentes ao dano, especialmente de costas.

Os T-888 possuíam lâminas que eram capazes de decapitar até mesmo humanos. Além disso, os T-888 eram mais fortes, mais rápidos, e eram capazes de correr altas velocidades e podiam até mesmo apostar corrida com carros.



Marcus Wright (Série-H)

Aparição: O Exterminador do Futuro: A Salvação (2009).

Marcus Wright era um híbrido humano/Exterminador em O Exterminador do Futuro: A Salvação. Em 2003, Wright era um prisioneiro no corredor da morte que se inscreveu no “Projeto Anjo”, que era comandado pela Dr. Serena Kogen (Helena Bonham-Carter) da Divisão de Pesquisas da Cyberdyne Systems.

Wright foi transformado em um ciborgue híbrido e ativado em 2018 sem conhecimento do que ele era. O cérebro de Marcus e coração estavam escondidos dentro de um endo esqueleto, e sua pele exterior foi cultivada a fim de cobrir seu novo esqueleto. Como um Exterminador Híbrido da série-H, Marcus possuía força e resistências ao danos aumentados, se comparado a outros Exterminadores.



T-600/T-700/Moto-Exterminador

Aparição: O Exterminador do Futuro: A Salvação (2009).

O Exterminador do Futuro: A Salvação mostrou uma gama menor de antecessores mais avançados do T-800: os T-600 eram unidades de infiltração que contavam com endo esqueletos que as vezes eram cobertos de látex sintético. Entretanto, devido ao fato de suas “peles de plástico” serem tão primitivas, a Resistência podia facilmente identificar os T-600 de longe.

O T-700 é a ponte para o T-800 e era construído para o combate, possuindo um endo esqueleto mais resistente. Os T-600 e os T-700 podiam se auto-reparar, mas eram incapazes de pensar independentemente, e dependiam dos comandos e programações da Skynet.

Além disso, O Exterminador do Futuro: A Salvação também mostrou Moto-Exterminadores, incluindo Harvesters, que eram Exterminadores motorizados programados para caçar e capturar humanos.



John Connor (T-3000), T-5000

Aparição: O Exterminador do Futuro: Gênesis (2015).

No futuro de O Exterminador do Futuro: Gênesis, no ano 2029, John Connor (Jason Clarke) é transformado pela Skynet (na forma do T-5000) no T-3000. Infectado por uma máquina, o código genético de Connor foi completamente reescrito até seu corpo se tornar apenas alguns bilhões de nano-robôs.

O T-3000 é muito mais poderoso que o T-800, e possui reflexos mais aguçados, mais habilidade em combates, e pode ficar intangível. O T-3000 retém todas as memórias humanas de John Connor e pode replicar emoções e comportamentos humanos. Entretanto, pelo fato dos nano-robôs do T-3000 se manterem juntos por um campo magnético, isso o deixa suscetível à ataques magnéticos de alta potência; o T-800 apelidado como Pops, destruiu com T-3000 com o campo magnético gerado pelo Equipamento de Deslocamento no Tempo.



REV-9

Aparição: O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio (2019).

O mais novo modelo que será apresentado em O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio, é o Rev-9, a fusão entre os modelos, T-800, T-1000 e T-X.

O Rev-9 é equipado com um endo esqueleto composto por uma liga poli-mimética, mas diferente da T-X, ele pode separar em dois componentes, que pode funcionar e atacar independentemente. Diferente do metal líquido do T-1000, a capa exterior do Rev-9 é baseada em carbono. Além disso, o Rev-9 tem uma programação avançada que o permite replicar comportamento humano, emoções que combinadas com outras habilidades, prometem fazer do ciborgue a máquina de matar mais eficaz que seus antecessores. E mais, o mais recente filme da franquia introduzirá um novo tipo de Exterminador: com tentáculos.



O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio chega aos cinemas amanhã. E aí, qual sua versão favorita dos Exterminadores?

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Comentários