Início FILMES Artigo Sexteto Sinistro: O grupo está oficialmente inserido no UCM

Sexteto Sinistro: O grupo está oficialmente inserido no UCM

O tão aguardado trailer de Homem-Aranha: Sem Volta para Casa (Spider-Man: No Way Home) finalmente foi liberado e revelou muito sobre o que vamos encontrar na nova aventura de Peter Parker (Tom Holland), principalmente em como o herói vai acabar se envolvendo com o multiverso e muito possivelmente com o Sexteto Sinistro.

Uma das confirmações mais aguardadas de todo o Universo Cinematográfico Marvel finalmente chegou e não precisaremos esperar até dezembro para descobrir. Enquanto os fãs ainda estão aguardando ansiosamente pela chegada de Tobey Maguire e Andrew Garfield, já podemos comemorar a chegada de um nome até então não revelado. Nos minutos finais do vídeo, uma risada rouca ecoa pela tela e os fãs do primeiro Homem-Aranha (2002) logo reconheceram. Para confirmar ainda mais, as tradicionais bombas de abóbora do Duende Verde (Willem Dafoe) são vistas pouco antes de Alfred Molina surgir em tela como o lendário Doutor Octopus.

ORIGEM DO GRUPO

O Sexteto Sinistro apareceu pela primeira vez nos quadrinhos da Marvel Comics na HQ The Amazing Spider-Man Annual #1, em janeiro de 1964, em uma das histórias mais famosas do herói. Após escapar da prisão, o Doutor Octopus decidiu se vingar do herói e entrou em contato com outros cinco inimigos do Homem-Aranha.

Otto Octavius conseguiu a ajuda do Electro, Abutre, Mystério, Homem-Areia e Kraven, o Caçador, e bolaram um plano em que sequestraram Betty Brant e a Tia May, após descobrirem que elas tinham ligação com o Cabeça de Teia.

Vale reforçar que o grupo já passou por uma série de mudanças em sua escalação e até em sua formação (a equipe de vilões já chegou a ter 12 integrantes), mas a versão original liderada pelo Doutor Octopus sempre será a mais lembrada e é a favorita de muitos fãs do Teioso.

É importante lembrar que o Sexteto Sinistro já teve um filme em desenvolvimento no passado. Antes da Marvel e Sony lançarem um reboot do Amigão da Vizinhança, o diretor Drew Goddard, de O Segredo da Cabana (2011) e Maus Momentos no Hotel Royale (2018), estava escalado para escrever e comandar o projeto. Um cancelamento oficial nunca ocorreu, mas Goddard foi liberado para criar e escrever a série de TV do Demolidor e a Sony deixou de tocar no assunto.

Ainda não sabemos se os vilões serão os mesmos que conhecemos nos filmes originais ou se serão variantes dos mesmos. De qualquer forma, eles precisam ser retirados de suas linhas do tempo em algum momento antes de suas mortes. Molina teve recursos para rejuvenescer sua aparição e é provável que Dafoe tenha algo parecido.

Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa estreia no dia 16 de dezembro nos cinemas do Brasil.

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorCRÍTICA – Demais Pra Mim (2021, Alice Fillipi)
Próximo artigoTangerine: filme de Sean Baker chega com exclusividade na MUBI
Amante da sétima arte. Fascinada na relação entre cinema, história e filosofia. Devoradora de quadrinhos, aprecia um bom clássico e combate o crime em Gotham City nas horas vagas.