TBT #100 | Homem-Aranha (2002, Sam Raimi)

    O Homem-Aranha sempre fez parte do imaginário coletivo como um dos heróis mais pés no chão da Marvel, como aquele herói que era capaz de salvar uma cidade, ou quem sabe o mundo, mas também tinha contas para pagar no final do dia.

    Criado por Stan Lee e Steve Ditko em 1962, o personagem parece ter se adaptado aos dias atuais, e apesar de ter tido alguns infelizes arcos – como a Saga dos Clones –, o personagem se mantém mais forte que nunca, com 2 reboots, ele se estabeleceu na Marvel Studios em parceria com a Sony, e filmes que viriam a se tornar parte de um Aranhaverso em construção.

    Homem-Aranha

    Sam Raimi foi a mente por trás do Homem-Aranha de 2002, e algumas decisões criativas ainda que controversas, mudaram o personagem de Peter Parker e seu alter ego para sempre nos cinemas e nos quadrinhos.

    Peter é vivido por Tobey Maguire, que antes de dar vida ao Amigão da Vizinhança, havia atuado em O Despertar De Um Homem, Joyride e Cavalgada com o Diabo, sempre transitou muito facilmente entre os mais diversos gêneros de filmes e desde bem jovem, demonstrou um imenso talento. 

    Além da importância que o longa de Sam Raimi teve para o gênero de super-heróis, o filme tem o cuidado em contar a história de Peter Parker da maneira como deveria ser, sem pressa, e é responsável por apresentar e gravar na mente do grande público o lema do personagem:

    Com grande poderes vêm grandes responsabilidades.”

    Os arcos bem definidos do filme, as atuações, e o cuidado do roteiro, o tornam extremamente agradáveis mesmo depois de 18 anos de seu lançamento, e as atuações de Maguire e Willem Dafoe são um espetáculo a parte.

    Homem-Aranha

    O Duende Verde se mostra como o antagonista pungente e violento que é, e serve como força motriz para colocar Peter em movimento para impedir que um louco mascarado destrua sua cidade.

    O Norman Osborn de Dafoe, tem um grande peso não só no primeiro filme da trilogia. Mas o peso do personagem é tanto, que sua sombra e sua presença se estende facilmente para os outros três filmes subsequentes.

    Impactando diretamente na relação de Peter Parker com seus amigos e com o mundo em que vive, o tornando mais duro; acho que o confronto entre os dois, é o que faz Peter de fato acordar para o fato de que ele é o único que pode se colocar entre os perigos daquele mundo e os meros humanos que estão a mercê deles.

    Homem-Aranha é um ótimo filme e merece ser revisto, principalmente se você não tiver boas lembranças dele.

    Vale lembrar que o Homem-Aranha de Tobey Maguire, assim como o de Andrew Garfield estarão presentes no próximo arco do Universo Cinematográfico Marvel, enquanto eles tentam adaptar de alguma forma o arco Aranhaverso.

    Os atores que deram vida as encarnações anteriores do Teioso foram confirmados em alguns filmes, sendo o primeiro deles Doutor Estranho no Multiverso da Loucura.

    Historicamente, o filme se faz extremamente importante, tanto para o Universo Cinematográfico Marvel, quanto para as franquias que tiveram início nos anos 2000 e se espalhariam em um imenso universo compartilhado como conhecemos hoje.

    O filme está disponível no Telecine Play. Se você não tem acesso, você pode testar a plataforma por 30 dias grátis, e assim poder assistir mais de 2.000 filmes!

    Nossa nota

    5,0 / 5,0

    E você, já testou o Telecine Play? Se sim, quais filmes você já assistiu? Deixe seus comentários e lembre-se de conferir as indicações anteriores do TBT do Feededigno.

    LEIA TAMBÉM:

    Conheça Peter Parker, o Homem-Aranha



    Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

    Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

    Artigos relacionados

    CRÍTICA: ‘O Mal que nos Habita’ um álbum de death metal em formato de filme de terror

    O Mal que nos Habita é o mais novo longa de horror argentino que tomou o mundo. Repleto de body horror e sequências de terror, você se surpreenderá.

    TBT #265 | ‘Kill Bill’ é um clássico atemporal de vingança

    Kill Bill Vol. 1 é estrelado por Uma Thurman no papel da Noiva, uma heroína em busca de vingança por tudo que foi tirado dela.

    CRÍTICA: ‘Segredos de um Escândalo’ instiga, mas falha ao entregar narrativa incômoda

    Segredos de um Escândalo é o mais novo suspense estrelado por Julianne Moore e Natalie Portman. O longa adapta uma história real.

    TBT #264 | ‘Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal’ diverte, mas falha em entregar legado

    Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal é um dos muitos longas legados lançados nos anos 2000. O longa acompanha o amado Indy.