Início FILMES Crítica TBT #109 | Rambo: Programado para Matar (1982, Ted Kotcheff)

TBT #109 | Rambo: Programado para Matar (1982, Ted Kotcheff)

rambo

Rambo: Programado Para Matar é um filme dirigido por Ted Kotcheff e estrelado por Sylvester Stallone.

SINOPSE

John Rambo (Sylvester Stallone) é um veterano do Vietnã e tem que viver novamente em sociedade após os temores da guerra. Ao chegar em uma cidade pacata, entretanto, acaba travando uma batalha particular com a polícia da cidade. Será que ele consegue viver com os civis novamente?

ANÁLISE

rambo

Rambo: Programado Para Matar traz uma discussão bastante interessante, uma vez que a pergunta a ser respondida é a seguinte: como tratamos nossos heróis?

Um tema muito recorrente na sociedade estadunidense até hoje é a reinserção de soldados numa vida normal, pois ao vivenciar horrores em campo de batalha, eles acabam mentalmente destruídos, mesmo sobrevivendo.

O contexto é bem complexo, visto que serve também para ex-presidiários que ficam com uma mancha em suas vidas para sempre. Como tratar essas pessoas? Rambo: Programado Para Matar responde isso de forma simples e objetiva.

A falta de empatia e cuidado com estes cidadãos reintegrados, que não recebem oportunidades de emprego, tampouco conseguem viver, por exemplo, é algo que é apresentado de maneira cirúrgica no diálogo entre Rambo e o Coronel Trautman (Richard Crenna), mostrando que mesmo sendo um soldado condecorado, o protagonista é só mais um quando volta para casa. Para um ex-combatente não existe um pós-guerra.

DIREÇÃO E ATUAÇÕES

Mortal Kombat: Nova DLC terá Rambo como personagem jogável [RUMOR]

O roteiro e direção são competentes, pois trabalham muito o aspecto do lobo solitário perturbado. Como a ideia era ser apenas um filme, por exemplo, Rambo: Programado Para Matar é redondinho, trazendo muito bem todos os problemas psicológicos do personagem. A direção trabalha muito bem com efeitos práticos e uma trama interessante, pois não tenta fazer nada mirabolante demais.

Sobre as atuações, todos estão bem, não há nenhuma de grande destaque, mas o elenco funciona na proposta do longa.

VEREDITO

Rambo: Programado Para Matar é uma excelente obra, pois discute uma premissa que é plausível e que ainda é contemporânea, mesmo depois de quase 40 anos.

Com um roteiro forte e uma direção competente, o longa funciona e até hoje é um dos maiores clássicos do gênero de ação, pois coloca em xeque algo que a sociedade não queria enxergar.

Nossa nota

4,5 / 5,0

Confira o trailer legendado:

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorThe First Lady: Série sobre Michele Obama tem elenco confirmado
Próximo artigoWandaVision: Todos os easter eggs da Marvel na série até agora
Relações-públicas, gremista, nerd, escorpiano e palestrinha. Parece futebolista, pois só vive descendo a lenha. DC é melhor que Marvel, todavia, amamos as duas.