Início FILMES Crítica TBT #142 | O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel (2001,...

TBT #142 | O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel (2001, Peter Jackson)

TBT #142 | O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel (2001, Peter Jackson)

O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel (The Lord of the Rings: The Fellowship of the Ring) é um épico de fantasia dirigido por Peter Jackson, que foi baseado no primeiro volume do romances homônimo de J. R. R. Tolkien, publicado em 1954.

O elenco conta com Elijah Wood, Ian McKellen, Liv Tyler, Viggo Mortensen, Sean Astin, Cate Blanchett, John Rhys-Davies, Billy Boyd, Dominic Monaghan, Orlando Bloom, Christopher Lee, Hugo Weaving, Sean Bean, Ian Holm e Andy Serkis.

A produção é a primeira parte da trilogia O Senhor dos Anéis, que foi seguida pelas continuações As Duas Torres (2002) e O Retorno do Rei (2003).

SINOPSE

O futuro da civilização está no destino do Um Anel, que está perdido há séculos. Forças poderosas são implacáveis ​​em sua busca. Mas o destino o colocou nas mãos de um jovem hobbit chamado Frodo Bolseiro (Elijah Wood), que herda o Anel e se torna uma lenda. Uma tarefa assustadora está à frente para Frodo quando ele se tornar o Portador do Anel – destruir o Um Anel nas fogueiras do Monte da Perdição, onde foi forjado. Ao seu lado para o cumprimento desta jornada ele poderá contar com outros hobbits, um elfo, um anão, dois humanos e um mago, totalizando 9 pessoas que formarão a Sociedade do Anel.

ANÁLISE

O primeiro título da trilogia O Senhor dos Anéis teve um orçamento de US$ 93 milhões e obteve uma arrecadação mundial de US$ 897 milhões.

Com 13 indicações ao Oscar, A Sociedade do Anel venceu em 5 categorias, sendo elas:

  • Melhor Cinematografia;
  • Melhor Maquiagem;
  • Melhor Partitura Original;
  • Melhor Canção Original e
  • Melhores Efeitos Visuais.

Além de indicações ao Globo de Ouro, SAG, BAFTA entre outros.

VEREDITO

Poucos são os filmes baseados em obras literárias que são tão bons quanto suas obras originais, como Jogador Nº1, por exemplo e claro, a brilhante trilogia O Senhor dos Anéis.

A produção de Peter Jackson apesar de longa – 178min – é uma obra de arte feita de fã para fã. Aqui o diretor neozelandês, que escreveu o roteiro com Fran Walsh e Philippa Boyens, trabalha com tensão dramática, efeitos especiais impecáveis e cenários grandiosos para nos sustentar por quase 3h de filme.

Para um TBT nada melhor que rever a este incrível épico de fantasia, se possível em sua versão estendida.

Nossa nota

5,0 / 5,0

Assista ao trailer legendado:

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorCara Gente Branca: Veja os principais acontecimentos da série até agora
Próximo artigoCRÍTICA – Lost in Random (2021, Thunderful)
Um carioca apaixonado por livros, cinema, games e que ama falar de nerdice.