TBT #251 | Alien, o Oitavo Passageiro (1979, Ridley Scott)

    Alien, o Oitavo Passageiro sempre teve um importante papel na minha criação como um admirador de sci-fis. Dirigido por Ridley Scott (Blade Runner, Gladiador, Cruzada), o longa desde seus primeiros minutos nos lança a bordo da nave rebocadora Nostromo. Com seus 7 passageiros, a Nostromo segue sua viagem para casa após um trabalho bem sucedido. Após acordarem do sono profundo distantes de casa, a tripulação passa a estranhar.

    Mas após averiguação profunda, eles descobrem que a Mãe – a inteligência artificial da nave os despertou para atender um pedido de socorro em um sistema solar bem distante do deles. Com uma das prerrogativas da empresa é a de sempre atender um chamado de socorro, os tripulantes da Nostromo se vêem se opção a não ser fazê-lo.

    SINOPSE

    Uma nave espacial, ao retornar para Terra, recebe estranhos sinais vindos de um asteroide. Enquanto a equipe investiga o local, um dos tripulantes é atacado por um misterioso ser. O que parecia ser um ataque isolado se transforma em um terror constante, pois o tripulante atacado levou para dentro da nave o embrião de um alienígena, que não para de crescer e tem como meta matar toda a tripulação.

    ANÁLISE

    Alien

    A direção de Alien, o Oitavo Passageiro é um absurdo desde seus primeiros momentos. O que Ridley Scott faz, é nos apresentar seu filme ao seu tempo. Tanto nos diálogos, quanto nas cenas que se desenrolam sem pressa. Tal como os integrantes da tripulação da Nostromo que despertam lentamente, ainda sentido os efeitos do sono profundo, só para descobrir que algo perigoso os aguarda.

    Ao longo de suas quase 2 horas, Alien nos apresenta o Capitão Dallas (Tom Skerritt), o Primeiro Oficial Kane (John Hurt), a Navegadora Lambert (Veronica Cartwright), a Subtenente Ripley (Sigourney Weaver), o Oficial de Ciências Ash e os Engenheiros Brett e Parker e suas personalidades com calma, mostrando como todos eles funcionam fora de perigo, apenas desempenhando suas funções ordinárias.

    Ao desembarcar no distante planeta para atender o pedido de socorro, Dallas, Kane e Lambert são surpreendidos, apenas para trazer o perigo de volta para a nave.

    O perigo e a ação se desenrolam a partir deste momento e Alien se mostra como um clássico do sci-fi. Divertido, curioso e cativante, Alien, o Oitavo Passageiro é a porta de entrada para um das minhas favoritas franquias do cinema que completou em 2023, 44 anos de seu lançamento. Não por ser antigo, mas por seu primor nos efeitos visuais, narrativa e design de produção, Alien continua como um filme que merece ser assistido mesmo ao longo de todos esses anos.

    VEREDITO

    Alien, o Oitavo Passageiro é um dos filmes que marcou a carreira de Sigourney Weaver não apenas por ela ter retornado para reviver Ripley em outros longas, mas também por ser até hoje reconhecida como uma das mais importantes final girls para o cinema. Depois da icônica Laurie Strode apenas um ano depois do lançamento de Halloween. Alien diverte, nos deixa na beirada da cadeira e uma das maiores injustiças do longa vem do fato do Xenomorfo ser não o 8º passageiro, mas o 9º graças a presença do fofíssimo Jonesy.

    POST RELACIONADO | O Papel das Mulheres no Terror: Heroínas, Vilãs e Diretoras

    Nossa nota

    5,0 / 5,0

    Alien, o Oitavo Passageiro e toda a franquia Alien estão disponíveis no Star+.

    Confira o trailer do longa:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    Superman: Possíveis vilões do novo filme do Homem de Aço

    Superman ganhará um novo filme. Apesar de quase todo o elenco do filme ter sido anunciado, os vilões ainda são mantidos em segredo.

    TBT #272 | ‘O Exterminador do Futuro’ é terror desesperador e ação absoluta

    'O Exterminador do Futuro' foi criado como um temor em relação ao futuro. E se as máquinas dizimassem a humanidade e colocasse nossa única...

    TBT #271 | ‘Dupla Explosiva’ já é clássico de ação com explosões e comédia exagerada

    Dupla Explosiva é clássico de ação repleto de absurdo e estrelas do cinema. Nele, acompanhamos Michael Bryce e Darius Kincaid.

    Duna: Parte Dois consegue a maior estreia desde Barbie, e já se consagra como um dos grandes sucessos de 2024

    Apesar de estarmos no terceiro mês do ano, Duna: Parte Dois conseguiu, em quatro dias desde a sua estreia, tornar-se a maior bilheteria de 2024.