TBT #262 | ‘Heróis Fora de Órbita’ brinca com seu gênero e diverte

    Heróis Fora de Órbita” é um filme que brinca com o gênero de ficção científica, subvertendo quase sempre nossas expectativas. Ao nos lançar por um mundo fictício, acompanhamos a história de um grupo de atores quase falidos que agora vivem dos resquícios do passado, como convidados de convenções de ficção científica. Enquanto a vida de alguns parece ter seguido, a de outros, nem tanto. Quando após uma convenção eles receber o pedido de socorro de um grupo de alienígenas, que acreditam que a série é e sempre foi um retrato dos feitos da lendária equipe da série de TV.

    Com um grande elenco como Sigourney Weaver, Tim Allen, Alan Rickman, Sam Rockwell, Tony Shalhoub e outros, acompanhamos os fictícios heróis assumindo os papéis de seus personagens quando alienígenas precisam de sua ajuda.

    SINOPSE

    Jason Nesmith, a estrela de um programa de TV receber um pedido de ajuda de um grupo de alienígenas. Agora, ele e seus colegas de elenco precisam defender alienígenas de um senhor da guerra maligno.

    ANÁLISE

    Heróis Fora de Órbita

    Enquanto brinca com as séries de ficção científica dos anos 60, 70 e 80, Heróis Fora de Órbita nos faz ver o quão divertida essas séries são. Ao longo de suas quase duas horas, vemos a tripulação passar de atores falidos para aspirantes à heróis em uma tentativa de impedir que o mundo seja dominada por uma raça destrutitva e terrível.

    Ao satirizar gêneros que ganharam muito espaço no passado, Heróis Fora de Órbita surpreende por sua narrativa lúcida, divertida e cativante. Mesmo sem ter arrecadado muito na bilheteria, o filme possui agora, na Netflix e na era digital a possibilidade de se tornar algo como um cult para a atual geração.

    Dirigido por Dean Parisot (As Aventuras de Dick e Jane, RED 2) vemos como ainda que singelo e curioso, este filme possui um charme único. Replicando quase sempre os efeitos visuais do passado, o longa diverte, entretém e nos faz questionar: Por que mais filmes assim não são feitos?

    Curiosidade aleatória: Sigourney Weave, quando convidada para o papel pediu que sua personagem possuísse seios falsos e que ela ficasse sempre com um decote à mostra.

    VEREDITO

    Heróis Fora de Órbita é um dos muitos filmes satíricos que falharam em sua bilheteria e quase foram esquecidos. Podendo assumir um papel de cult na era digital, o longa está disponível na Netflix e merece ser assistido. Como um entretenimento justo, ele não promete muito mas entrega quase duas horas de diversão honesta e curiosa.

    Levando seus espectadores quase sempre parece já ter sido visto em algum lugar.

    Nossa nota

    4,0 / 5,0

    Heróis Fora de Órbita pode ser assistido na Netflix.

    Confira o trailer do filme:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    TBT #266 | ‘Protegendo o inimigo’ mostra o que o gênero de espionagem tem de melhor

    Protegendo o Inimigo de 2012 é estrelado por Ryan Reynolds e Denzel Washington. O longa conta uma história de gato e rato entre espiões e a CIA.

    CRÍTICA: ‘O Menino e a Garça’ é um desabafo sobre passado, presente e futuro

    O Menino e a Garça é dirigido por Hayao Miyazaki. O longa conta a história do jovem Mahito que precisa resgatar sua mãe em um mundo fantástico.

    CRÍTICA: ‘O Mal que nos Habita’ um álbum de death metal em formato de filme de terror

    O Mal que nos Habita é o mais novo longa de horror argentino que tomou o mundo. Repleto de body horror e sequências de terror, você se surpreenderá.

    TBT #265 | ‘Kill Bill’ é um clássico atemporal de vingança

    Kill Bill Vol. 1 é estrelado por Uma Thurman no papel da Noiva, uma heroína em busca de vingança por tudo que foi tirado dela.