Um Crime em Comum: Suspense psicológico já está disponível na Netflix

    O drama social e a violência policial são o mote do suspense psicológico Um Crime em Comum, dirigido por Francisco Márquez, que já está disponível na Netflix e em cartaz nos cinemas de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Brasília.

    Uma coprodução entre Argentina, Brasil e Suíça, a trama gira em torno de Cecília (Elisa Carricajo), uma professora de Sociologia que conta com a ajuda da diarista Nebe (Mecha Martínez) para manter a rotina da casa e do filho pequeno.

    Numa noite, Cecília é acordada por batidas na porta. Assustada, ela reconhece o filho da empregada através das cortinas e, com medo, não abre a porta para o jovem. No dia seguinte, ela descobre que o garoto foi assassinado pela polícia e começa a lidar com a culpa e a própria consciência num claro exemplo de cegueira seletiva, onde se evidencia a sua desconexão com a realidade social fora da bolha em que vive.

    O diretor Francisco Márquez comentou:

    “Como intelectuais e artistas, voltamos nossos olhares para as camadas mais populares. Acreditamos que problematizar a situação é ajudar a torná-la visível. Mas o que aconteceria se essa dor tocasse a nossa campainha? Se ela nos questionasse diretamente? Se a realidade demandasse ações ao invés de palavras? E se algo nos forçasse a sair de nosso conforto e nos envolver diretamente?

    Um Crime em Comum busca refletir sobre a questão. Acreditamos na necessidade de um cinema sensível a seu tempo e realidade. Um cinema político que coloca em xeque a sociedade de classes em que vivemos, buscando criar fissuras e estabelecer novos significados para o público.”

    Com produção da Pensar com Las Manos, em parceria com Multiverso Produções e Bord Cadre, Um Crime em Comum fez sua estreia em grande estilo durante o Festival de Berlim de 2020. O longa também foi exibido na Mostra de Cinema de São Paulo e nos festivais de Londres, Mal de Plata e Havana.

    Sinopse: A professora Cecília, 37 anos, acorda de madrugada ao som de batidas na porta de sua casa. Alguém está tentando entrar à força. Ela vê que é Kevin (15), filho da faxineira que trabalha em sua casa. Ele está sangrando. Assustada, ela não abre a porta. No dia seguinte, ela descobre que o garoto foi assassinado pela polícia.

    Assista ao trailer:

    Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

    Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

    Artigos relacionados

    Superman: Possíveis vilões do novo filme do Homem de Aço

    Superman ganhará um novo filme. Apesar de quase todo o elenco do filme ter sido anunciado, os vilões ainda são mantidos em segredo.

    TBT #272 | ‘O Exterminador do Futuro’ é terror desesperador e ação absoluta

    'O Exterminador do Futuro' foi criado como um temor em relação ao futuro. E se as máquinas dizimassem a humanidade e colocasse nossa única...

    TBT #271 | ‘Dupla Explosiva’ já é clássico de ação com explosões e comédia exagerada

    Dupla Explosiva é clássico de ação repleto de absurdo e estrelas do cinema. Nele, acompanhamos Michael Bryce e Darius Kincaid.

    Duna: Parte Dois consegue a maior estreia desde Barbie, e já se consagra como um dos grandes sucessos de 2024

    Apesar de estarmos no terceiro mês do ano, Duna: Parte Dois conseguiu, em quatro dias desde a sua estreia, tornar-se a maior bilheteria de 2024.