CRÍTICA – Bounty Battle (2020, Dark Screen Games)

    Bounty Battle é um jogo de luta desenvolvido pela Dark Screen Games e publicado pela Merge Games e lançado para Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One e PC.

    ANÁLISE

    Bounty Battle é um jogo de luta indie em 2D que reúne diversos heróis de jogos indie para lutarem um contra os outros. O jogo apresenta mais de 20 personagens e entre eles temos franquias que já são consagrados no mundo dos games como Guacamelee!, Dead Cells, Darkest Dungeon, Blasphemous e muitas outras.

    O jogo tem o mesmo estilo de jogos como Super Smash Bros. UltimateMarvel vs. Capcom e a proposta é de pôr diversos personagens de franquias diferente para “sair no braço”. O que torna a jogatina extremamente divertida ao ver esses personagens tão icônicos lutando entre si.

    Os personagens do jogo têm sua barra de vida. Se estiver quase morrendo, um pequeno alerta vai piscar. Quanto mais perto estiver da morte, mais seu personagem vai ficar “falhando”.

    • Barra de energia: Se não tiver energia para realizar uma ação, um pequeno aviso vai piscar em cima da cabeça do personagem;
    • Pontos de Prêmio: Derrote seu adversário para ganhar mais Pontos de Prêmio. Eles podem ser usados para desbloquear lacaios, que lutarão ao seu lado, e ataques poderosos, se tiverem sido desbloqueados;
    • Pontuação de Vitória: Dependendo do modo de jogo, você pode conseguir uma sequência de vitórias para provar que não é uma sequência de boa sorte;
    • Sequência de Combo: Faça combos em sequência para ganhar mais Pontos de Prêmio, mas se abusar de uma ação poderá perder pontos;
    • Ataque Supremo: Cada herói tem um ataque supremo diferente;
    • Ataque Especial: Cada herói tem um ataque especial exclusivo;

    Além disso, o game tem ótimos gráficos em 2D e cada arena apresenta um ambiente temático de cada herói. Um destaque para sua trilha sonora que é bastante frenética e dá aquela nostalgia de estar jogando em um fliperama.

    Certamente quem cresceu durante os anos 90 e 2000 sabe muito bem do que estou falando.

    Em relação a gameplay, Bounty Battle tem respostas rápidas e fluídas. Contundo, minha jogabilidade no Nintendo Switch não foi tão agradável, pois o hibrido da Nintendo não é adequado para jogos de luta. Devido seus joy con serem frágeis.

    Acredito que no Playstation 4, Xbox One e PC essa jogabilidade seja bem melhor.

    VEREDITO

    Por fim, Bounty Battle vai agradar gregos e troianos, por mais que os jogos de luta não estejam tão em alta como foram no passado vale a pena dar uma chance para esse jogo que é tão divertido.

    Nossa nota

    Assista ao trailer animado do game:

    E você, já jogou Bounty Battle? Deixe seus comentários e sua avaliação!

    Nota do público
    Obrigado pelo seu voto



    Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

    Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

    Artigos relacionados

    CRÍTICA – Neon White (2022, Annapurna Interactive)

    Neon White é um incrível speedrunner FPS com elementos de plataforma desenvolvido pela Annapurna Interactive em parceria com o Angel Matrix.

    CRÍTICA – Quantum Break (2016, Remedy Entertainment)

    Quantum Break é um game de 2016, exclusivo Xbox e PC. O game é produzido pela Remedy Entertainment e estrelado por Shawn Ashmore.

    Pokémon GO: Confira a programação da Hora do Holofote em julho/2022

    Entre 18h e 19h nas terças, a Hora do Holofote (Spotlight Hour) destaca um Pokémon e oferece bônus especiais. Veja como será em julho de 2022

    CRÍTICA – Fire Emblem Warriors: Three Hopes (2022, Nintendo)

    Fire Emblem Warriors: Three Hopes é um jogo de JRPG e hack'n'slash lançado em 24 de junho de 2022 para Nintendo Switch. Leia nosso review.