Início GAMES Crítica CRÍTICA – Dandara: Trials of Fear (2020, Raw Fury)

CRÍTICA – Dandara: Trials of Fear (2020, Raw Fury)

48
0
Dandara

Em um mundo extremamente diferente do nosso, o Sal é usado como moeda, e é algo que transcende todo e qualquer sentimento, assim como as ações daqueles que lutam pelo bem, ou pelo mal, podem ser sentidas à distância. Uma guerreira recém-chegada a um mundo em declínio, pode mudar o destino daquele desolado mundo, de pessoas reprimidas e escondidas que lutam por sua sobrevivência. Dandara: Trials of fear é uma atualização gratuita do game Dandara, lançado em 2018.

Desenvolvido por um estúdio mineiro, o Long Hat House, Dandara, um ícone da história brasileira por lutar pela libertação e igualdade, é colocada como personagem principal de uma luta que já dura algum tempo e pode ser o que mudará o jogo para os oprimidos.

JOGABILIDADE

Dandara

Ambientado nos Reinos Ocultos, o game se mostra como um metroidvânia extremamente divertido e recompensador, nos remetendo à divertida jogabilidade de games como Hollow Knight e Dead Cells.

Ao enfrentar as ameaças do exército Eldariano, somos recompensados com o Sal, e poderes que proporcionam a progressão, e a possibilidade de melhoria para o enfrentamento de inimigos cada vez mais resistentes e complexos.

Um dos fatores mais interessantes do game, foi a movimentação da personagem, que também o que atraiu a atenção do mercado quando o game foi lançado em 2018. A movimentação de Dandara, se difere dos games do gênero, sendo um dos fatores mais influentes do game, a mecânica e jogabilidade.

Ao contrário de games do gênero metroidvânia, em que a movimentação é linear e livre, Dandara pode se mover saltando de parede a parede, e não livremente. O que torna a movimentação errática e uma das mecânicas mais interessantes do game, que se aliado aos ataques, são as melhores táticas para evitar sofrer dano, e retornar ao checkpoint.

AMBIENTAÇÃO

Dandara

A ambientação de Dandara e a pixel art do game o fazem ser uma obra de arte a parte. Assim como sua história envolvente, suas referências à cultura brasileira vão além das presentes nos outros games produzidos no Brasil, trazendo referências à artistas brasileiros, indo desde Tarsila do Amaral com seu Abaporu, até mesmo com o Clube da Esquina de Milton Nascimento, Beto Guedes e Lô Borges.

Vale apontar aqui, que a personagem central do jogo, Dandara foi inspirada na guerreira negra, Dandara dos Palmares, que lutava contra o sistema escravagista ao lado de seu marido, Zumbi dos Palmares.

Muito do que se sabe sobre a vida de Dandara, foi apagado por aqueles contra quem ela lutou, abalando para sempre a história da personagem histórica.

VEREDITO

Dandara

Dandara: Trials of Fear mostra o potencial da indústria brasileira, seja narrativo ou de desenvolvimento. O game nos coloca em lugares de contemplação não apenas com elementos narrativos, ao nos fazer recuperar almas de pessoas que morreram no meio do caminho, ou mesmo graficamente falando, quando nos deparamos com enormes salas.

Dandara nos leva em uma jornada de descobrimento, nos surpreendendo a cada curva que a história toma e também em relação a jogabilidade. Com desafios cada vez mais consistentes, o game nos leva por lugares que nos levam à reflexão, nos fazendo sorrir e até mesmo chorar.

Com a progressão, vemos que a aventura de Dandara em relação a todos os desafios em uma aventura em que ela não escolheu, a fazem crescer e ver que precisamos lutar por aqueles que não podem fazê-lo.

Todas as referências no game nos levam a um lugar familiar e nos mostram que ainda que estejamos em um mundo hostil, teremos um lugar de conforto em acampamentos, ou um porto seguro com bandeiras a serem hasteadas.

Dandara

O menu suspenso do mapa, pode parecer falho ao deixar espaço para que sejamos atacados enquanto olhamos, por isso, recomendamos que o faça enquanto estiverem seguros. E na primeira chance, gaste seu Sal com melhoras em acampamentos, pois se você morrer em determinado local, você precisará regressar até ele a fim de reclamá-lo.

Dandara: Trials of Fear está disponível para Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One, Microsoft Windows, Linux, SteamOS, Mac OS Classic e iOS.

Nossa nota

4,0 / 5,0

Confira o trailer do game:

Você já teve a chance de jogar Dandara: Trials of Fear? Dê sua nota para o game abaixo e conta pra gente nos comentários o que achou!

Nota do público
Obrigado pelo seu voto



Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.