Início GAMES Crítica CRÍTICA – Final Fantasy Crystal Chronicles Remastered Edition (2021, SQUARE ENIX)

CRÍTICA – Final Fantasy Crystal Chronicles Remastered Edition (2021, SQUARE ENIX)

Final Fantasy Crystal Chronicles Remastered Edition chegou à loja digital brasileira do Nintendo Switch em 10 de maio de 2021

Eis um jogo que exigiu paciência dos fãs. Final Fantasy Crystal Chronicles Remastered Edition finalmente chegou a Nintendo eShop brasileira em 10 de maio de 2021. O novo game da franquia é uma versão remasterizada do clássico homônimo lançado para GameCube em 2004.

Além dos quase 17 anos de espera pelo remake, os fãs brasileiros em especial tiveram que aguardar ainda mais um pouco. Isso porque o jogo foi lançado para Nintendo Switch e Playstation 4 em 27 de agosto de 2020.

Somente agora, em 2021, que o game foi disponibilizado para o console da Big N na loja digital brasileira.

SINOPSE

Final Fantasy Crystal Chronicles Remastered Edition é um RPG de ação encantador que segue um grupo de jovens, conhecido como Crystal Caravans, numa viagem épica em busca de mirra, um líquido precioso e raro necessário para purificar e preservar um cristal que protege o seu mundo de um gás letal conhecido como miasma.

ANÁLISE DE FINAL FANTASY CRYSTAL CHRONICLES REMASTERED EDITION

Não vou esconder de você que lê esta crítica: esta foi a primeira vez que joguei Final Fantasy. Pois é.

Ao longo da vida convivi com uma galera que jogou diversos clássicos dos anos 1990 e 2000, além de eu mesmo curtir franquias populares, mas por FF passei batido. Isso porque Final Fantasy nunca foi unanimidade entre meu círculo de amizades no passado.

Então, esse é o motivo pelo qual não tenho nenhuma emoção negativa com essa demora toda relacionada ao lançamento digital para o Brasil. No entanto, me coloco no lugar de quem é fã da franquia e imagino a frustração, especialmente porque o jogo do GameCube não contou com uma mecânica multiplayer muito boa, pelo que pesquisei.

Pois bem, acredito que a frustração se limite a isso, pois o jogo remasterizado vale ser jogado.

Como não tinha nenhuma experiência com a franquia, logo de cara fiquei satisfeito com os tutoriais ensinando os comandos básicos para avançar em Final Fantasy Crystal Chronicles Remastered Edition.

Foram os ensinamentos, junto com a explicação sobre o miasma, que acabaram com qualquer possibilidade de estranhamento sobre a limitação de área para agir e atacar os inimigos. Não fosse isso, eu certamente esperaria uma jogabilidade típica de jogos tipo Zelda, com muito mais liberdade para ir e vir.

Tanto a história quanto os comandos são, então, explicados de modo objetivo e fácil de entender.

Precisa do multiplayer?

O multiplayer mais uma vez é o carro-chefe de Final Fantasy Crystal Chronicles, tanto no GameCube como agora para Nintendo Switch, Playstation 4 e 5, além das versões mobile para Android e iOS.

Mas será que precisa mesmo?

No momento de criar os personagens da caravana, Final Fantasy Crystal Chronicles indica que podemos contar com até 8 personagens de 4 classes diferentes. Mas minha experiência no jogo para Nintendo Switch foi jogando sozinho e fiquei satisfeito.

Final Fantasy Crystal Chronicles Remastered Edition chegou à loja digital brasileira do Nintendo Switch em 10 de maio de 2021

Isso me leva a crer que há a responsabilidade de, agora, oferecer uma experiência multiplayer melhor do que a do passado, mas não é realmente essencial.

O interessante dessa versão remasterizada é a possibilidade de multiplayer crossplay envolvendo todas as plataformas para as quais Final Fantasy Crystal Chronicles está disponível. Mas, no meu ponto de vista, o divertimento está garantido mesmo sem jogar online com mais pessoas.

Jogabilidade: O que é bom e o que não é

Em geral, a jogabilidade de Final Fantasy Crystal Chronicles é agradável. A mobilidade do seu aventureiro é boa, assim como é fácil e divertido enfrentar os adversários enquanto alterna recursos como armas, defesa, cura e magias.

Entretanto, senti falta da possibilidade de poder mover a câmera enquanto desbravo os cenários. Por vezes você fica praticamente encoberto por uma parte mais elevada do terreno, e não contar com esse recurso atrapalha a experiência um pouco.

O que realmente precisaria ser diferente é a forma como o jogo carrega as informações. Os carregamentos são excessivos e muito demorados, especialmente nas ações na tela do mapa geral. Seria melhor esperar o jogo carregar muito mais informações ao iniciar do que constantemente ter a jogabilidade interrompida.

Qualidade gráfica

Embora seja uma versão aperfeiçoada, já no trailer se percebe que a qualidade visual de Final Fantasy Crystal Chronicles Remastered Edition não aproveita todo o potencial gráfico do Nintendo Switch. Apesar disso, eu não vejo como um problema, e acredito até que isso traga um ar nostálgico positivo para o game.

Creio também que a versão remasterizada não tenha investido pesadamente na qualidade gráfica por conta do modo multiplayer entre diferentes plataformas, inclusive smartphones. Caso contrário, seria uma discrepância muito grande entre consoles e mobile, o que possivelmente prejudicaria toda a experiência.

VEREDITO

Focado em trazer a nostalgia de volta com uma versão aperfeiçoada e alguns novos recursos, Final Fantasy Crystal Chronicles Remastered Edition é um bom divertimento que se destaca muito mais pela experiência solo do que pelo multiplayer Cross Platform, principal foco da divulgação do título.

Nossa nota

4,0 / 5,0

Final Fantasy Crystal Chronicles Remastered Edition está disponível para Nintendo Switch, Playstation 4, Android e iOS.

Assista ao trailer de Final Fantasy Crystal Chronicles Remastered Edition para Nintendo Switch:

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.