CRÍTICA – Fire Emblem Warriors: Three Hopes (2022, Nintendo)

    Fire Emblem Warriors: Three Hopes é um spin-off da franquia Fire Emblem desenvolvido pela Koei Tecmo Games lançado exclusivamente para Nintendo Switch em 24 de junho de 2022.

    Esse é o segundo spin-off da saga Fire Emblem Warriors, sendo o primeiro homônimo lançado em 2017 para Nintendo 3DS e Nintendo Switch, também fruto de uma parceria entre a Koei Tecmo e a Intelligent Systems.

    A Nintendo enviou a chave para analisarmos este novo jogo de JRPG e hack ‘n’ slash. Você pode conferir a live de primeiras impressões que fizemos na Twitch clicando aqui. Leia a seguir o nosso review sem spoilers de Fire Emblem Warriors: Three Hopes.

    SINOPSE

    Assuma o papel de Shez, enquanto conhece Edelgard, Dimitri, Claude e outros personagens de Fire Emblem: Three Houses (2019) e luta pelo futuro de Fóblan. Tenha um líder como aliado para construir e comandar um exército em batalhas estratégicas de 1 contra 1.000.

    A casa que escolher levará você a uma das três histórias emocionantes, cada uma com um final diferente. Cada personagem de Fire Emblem: Three Houses que você recrutar nessas jornadas tem um conjunto distinto de combos impressionantes e poderosos capazes de atravessar hordas de inimigos.

    Use a estratégia de Fire Emblem para obter a vantagem tática no estilo de jogo Warriors.

    Mergulhe em batalhas em tempo real enquanto você e seu exército de personagens de Fire Emblem: Three Houses enfrentam centenas de oponentes e usam elementos de Fire Emblem para maximizar sua estratégia.

    Fire Emblem Warriors: Three Hopes é um jogo de JRPG e hack'n'slash lançado em 24 de junho de 2022 para Nintendo Switch. Leia nosso review

    Dê comandos ao seu exército nas batalhas caóticas para completar missões e alcançar objetivos. Organize-se com antecedência e prepare-se para a batalha equipando armas, habilidades e classes para explorar as fraquezas dos inimigos. Atribua elementos de Fire Emblem: Three Houses, como brasões ou batalhões, a personagens para aprimorar ainda mais como você planeja a sua abordagem.

    Construa e desenvolva relacionamentos em batalha com outros personagens de Fire Emblem: Three Houses enquanto luta pelo futuro de Fóblan. Fortaleça os relacionamentos entre os personagens para obter uma vantagem tática no campo de batalha e ouvir os seus diálogos de apoio.

    Aproxime os personagens juntando-os na batalha ou passando tempo juntos no acampamento base. Desenvolva seu acampamento base e treine, equipe e prepare cada um dos membros de sua equipe antes de se jogar na batalha.

    ANÁLISE DE FIRE EMBLEM WARRIORS: THREE HOPES

    A sinopse acima é a oficial que consta no Nintendo eShop. Longa né? Pois é. Isso mostra que Fire Emblem Warriors: Three Hopes é um jogo cheio de possibilidades.

    Mesmo extensa, ela deixa de fora um recurso que eu considero muito importante: os modos de jogo. O novo game de Fire Emblem oferece o modo clássico e o modo casual.

    No modo clássico, se algum personagem da sua equipe morrer em combate a partir do capítulo 4, ele não poderá mais ser usado. Por sua vez, no modo casual não há esse elemento desafiador, de modo que os companheiros perdidos em batalha retornam ao final de cada capítulo.

    Acrescente isso às três dificuldades disponíveis (fácil, normal e difícil) e às três histórias que variam conforme a escola que você decidir se juntar e você tem um ótimo fator replay. Fire Emblem Warriors: Three Hopes é um jogo que facilmente oferece 30 horas de combates frenéticos, estratégicos e divertidos alternando entre todas as possibilidades e modos de jogo.

    Se você desejar realmente conhecer a história e usufruir todos os recursos estratégicos e de relacionamento que o jogo oferece, é seguro afirmar que o tempo de jogo dobra.

    História nada restritiva

    Por falar na história, deixa eu te contar uma coisa: eu nunca tinha jogado nada de Fire Emblem. E bem, para minha surpresa, a experiência em Fire Emblem Warriors: Three Hopes não é restritiva pelo fato de não conhecer a história das três casas de estudantes (Black Eagles, Blue Lions e Golden Deer) e outros elementos tradicionais da franquia.

    Tudo é bem contextualizado com o avançar dos capítulos. Então, é tranquilo entender o contexto das três casas e da região de Fóblan.

    Se o seu caso é que nem o meu, não se preocupe. Fire Emblem Warriors: Three Hopes pode ser um ótimo ponto de partida para conhecer tanto a franquia, quanto os gêneros JRPG e hack’n’slash.

    Acredito que o jogo tenha uma divisão entre 60% cutscenes e 40% ação, combate, vivências no acampamento, etc. Apesar do principal ponto forte ser as batalhas, não considero um problema que haja esse leve desequilíbrio no geral, pois a história é interessante.

    Gameplay agradável e viciante

    O jogo é repleto de tutoriais e avisos constantes na tela. Todos são necessários, especialmente para jogadores de primeira viagem que nem eu. No geral, eu diria que a maioria deles faz diferença para um avanço seguro mesclando estratégia e combate, pontos fortes do jogo.

    A progressão de todos os recursos oferecidos por Fire Emblem Warriors: Three Hopes, especialmente combate e estratégia, é muito agradável. Isso porque ela ocorre ao longo dos quatro primeiros capítulos, sendo que os três primeiros são prólogos iguais para todo mundo, pois ainda não é o momento de escolher qual casa Shez vai fazer parte.

    Dessa forma, mesmo havendo muitas informações para aprender ao longo da gameplay, os tutoriais acontecem de modo diluído ao longo dos capítulos, e a complexidade das batalhas acompanha o ritmo.

    Fire Emblem Warriors: Three Hopes é um jogo de JRPG e hack'n'slash lançado em 24 de junho de 2022 para Nintendo Switch. Leia nosso review

    Os combates possuem ótimas mecânicas desde o primeiro capítulo, oferecendo uma experiência agradável. Entretanto, quando você realmente começa a ser testado – a partir do capítulo 4 – e os elementos estratégicos se tornam mais presentes, aí sim que Fire Emblem Warriors: Three Hopes se torna viciante.

    A possibilidade de alternar entre combatentes também é outro ponto positivo da gameplay.

    Vale destacar que tanto na base (dock), como no modo portátil o jogo se comporta bem, sem queda de FPS nem travadas durante os combates frenéticos.

    Gráficos de Fire Emblem Warriors: Three Hopes

    Fire Emblem Warriors: Three Hopes tem méritos também na qualidade gráfica. Mesmo que esteja longe de ser um dos jogos mais lindos do Nintendo Switch, o novo jogo da Koei Tecmo encanta pelo design dos personagens tanto na gameplay, como nas legendas e cutscenes.

    Ora modelagem 3D, ora mais parecido com um desenho à mão, essa mescla de estilos gráficos em cada contexto é um ponto positivo. É legal notar a mudança de expressões dos personagens nas legendas. Às vezes é algo sutil, mas que mostra o cuidado que os desenvolvedores tiveram ao trabalhar o design de Shez e companhia.

    O único ponto negativo

    Como falei antes, o jogo é cheio de telas pipocando instruções e avisos ao longo da gameplay. Acredito que praticamente todas essas informações são úteis para o progresso no game.

    No entanto, o único ponto que deixa a desejar são os avisos de subida de nível durante os combates, pois trunca a experiência. Seria melhor deixar para apresentar todos os personagens que aumentaram de nível na tela pós-combate, ou então algum aviso discreto na tela.

    VEREDITO

    Fire Emblem Warriors: Three Hopes é um ótimo JRPG hack’n’slash capaz de trazer novos fãs para o gênero e também para a franquia. O jogo oferece uma experiência agradável e nada restritiva mesmo que você não conheça nada de Fire Emblem até aqui.

    Com certeza o novo game da Koei Tecmo, Intelligent Systems e Nintendo é uma das melhores surpresas de 2022!

    Você pode conferir gratuitamente a demo de Fire Emblem Warriors: Three Hopes, disponível no Nintendo eShop.

    Nossa nota

    4,5 / 5,0

    Assista ao trailer de Fire Emblem Warriors: Three Hopes

    Acompanhe as lives do Feededigno na Twitch

    Estamos na Twitch transmitindo gameplays semanais de jogos para os principais consoles e PC. Por lá, você confere conteúdos sobre lançamentos, jogos populares e games clássicos todas as semanas.

    Curte os conteúdos e lives do Feededigno? Então considere ser um sub na nossa Twitch sem pagar nada por isso. Clique aqui e saiba como.

    Artigos relacionados

    CRÍTICA – Two Point Campus (2022, SEGA)

    Two Point Campus é o novo simulador da SEGA com a Two Point Studios em que você constrói sua própria universidade. Leia o review!

    Especial Street Fighter: 35 anos de lutas marcantes

    2022 marca o 35º aniversário de uma das franquias mais icônicas de todos os tempos: Street Fighter. Saiba tudo sobre a franquia da Capcom!

    CRÍTICA – Cult of the Lamb (2022, Devolver Digital)

    Leia o review de Cult of the Lamb, um roguelite sarcasticamente fofo com elementos de gerenciamento de colônias lançado pela Devolver Digital.

    22 jogos indie e AAA para ficar de olho ainda em 2022

    Selecionamos 22 jogos indie e AAA (Triple A) para PC e principais consoles que prometem boas experiências ainda em 2022. Confira!