CRÍTICA: ‘Top Racer Collection’ é mergulhar em nostalgia e diversão

    Top Racer Collection é a brilhante coletânea de jogos desenvolvido pela QUByte Interactive, estúdio Brasileiro responsável pelo porte de games como Racoo Venture, Adore e muitos outros. Na coletânea, somos lançados aos anos 90, com as corridas de 16 bits do Super Nintendo e da franquia que ficou na época conhecida como Top Gear. Aqui, temos a oportunidade de jogar Top Racer, Top Racer 2, Top Racer 3000 e Top Racer Crossroads. Os games até então estavam em um limbo e não estavam disponíveis em nenhuma plataforma da atual geração.

    Ver o que a QUByte fez, é mergulhar nos games que ficaram marcados na infância de muitos brasileiros, visto que em terras brasileiras, o game ficou mais famoso do que fora do país. A franquia foi desenvolvida nos anos 90 pela Kemco e pela Gremlin Interactive.

    Ao ser lançado nas primeiras horas do game, fui transportado para um final de semana na casa dos meus primos. Em que apostávamos corrida e decidíamos coisas de extrema importância como qual sorvete comprar ao final do dia com uma corrida do game.

    SINOPSE

    Top Racer Collection traz de volta o clássico dos anos 90 em um pacote incrível, reunindo três jogos icônicos da renomada franquia de corrida. Com recursos on-line, acelere e experimente a mistura nostálgica de ação e jogabilidade viciante! A Top Racer Collection apresenta títulos clássicos como Top Racer, Top Racer 2 e Top Racer 3000. Além disso, a coleção contará com conteúdo novo e exclusivo.

    Lançado originalmente para sistemas mais antigos, o Top Racer conquistou os jogadores com sua jogabilidade envolvente, gráficos vibrantes e trilhas sonoras icônicas.

    ANÁLISE

    Top Racer

    Lembro de achar à época que Top Gear tinha uma dificuldade considerável e era bem difícil avançar no modo arcade. Ao retornar ao game hoje, vejo que ele continua sendo difícil. Com uma mente completamente diferente nos dias de hoje, vejo que ao contrário de divertir, as experiências em cada um dos 4 games pode frustrar, mas ouso dizer que acima de tudo, ela encanta.

    Quero deixar claro que a franquia será por vezes citada nesse texto como Top Gear ou Top Racer (a primeira forma foi como ela ficou conhecida no ocidente, já a segunda foi como ela ficou conhecida no oriente).

    Com diferentes modos, ouso dizer que talvez este, seja um dos maiores acertos da QUByte atualmente. E o estúdio BR brilha aqui! A Collection cumpre com louvor sua missão de lançar os jogadores da franquia no passado, nos cativando não apenas com a gameplay como também com a trilha sonora característico de um console, neste caso, o SNES.

    Ao longo divertidos modos de jogo como Campanha, Corrida rápida, Contra o Relógio e Copas Personalizadas, temos aqui, os games em suas versões definitivas, completamente localizadas para Português do Brasil. Seja em corridas mais pés no chão como em Top Racer 1, 2 ou em corridas mais futuristas em planetas alienígenas como em Top Racer 3000, o game nos lançará por um mundo em que divertidas corridas se desenrolam e campanhas podem ser desafiadoras, muito divertidas.

    Top Racer

    Jogar Top Racer Collection nos leva a um diferente momento da existência diferente do atual, um momento mais tranquilo, com menos responsabilidades, uma época em que desafios ou chegar em primeiro lugar no Top Gear talvez fosse só o que precisássemos fazer para tomar uma decisão importante. Ou não tão importante assim.

    Com a jogabilidade igual ou bem próxima da antiga, vemos este mundo desafiar mas garantir uma diversão honesta e nos fazer entender que talvez, nossa progressão esteja limitada apenas à nossa colocação nas corridas e dinheiro que ganhamos para melhorar nossa máquina.

    VEREDITO

    A Top Racer Collection é o retrato de uma época no universo dos games. Ganhando aqui uma coletânea, a franquia é mais do que um game originalmente foi, e garante aos jogadores o melhor de uma era. Mesmo algumas franquias tentando replicar o sucesso do game no SNES, vemos como os games brilham no que se propõem e nos garantem uma imersão em todos os games da franquia. Seja com diferentes filtros e até mesmo a simulação dos gráficos de uma tela CRT, a Collection se faz divertida, curiosa e nos transporta no tempo.

    Nossa nota

    4,5 / 5,0

    Confira o trailer do game:

    A Top Racer Collection foi lançada para o Nintendo Switch, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series X/S e PC.

    Acompanhe as lives do Feededigno na Twitch

    Estamos na Twitch transmitindo gameplays semanais de jogos para os principais consoles e PC. Por lá, você confere conteúdos sobre lançamentos, jogos populares e games clássicos todas as semanas.

    Curte os conteúdos e lives do Feededigno? Então considere ser um sub na nossa Twitch sem pagar nada por isso. Clique aqui e saiba como.

    Artigos relacionados

    CRÍTICA: ‘Senua’s Saga: Hellblade 2’ entrega uma sequência linda e com uma experiência poderosa

    Senua's Saga: Hellblade 2 nos entre uma das mais potentes e surpreendentes sequências. Sendo ainda mais profundo e belo que o original.

    CRÍTICA: ‘Indika’ é um jogo diabolicamente interessante

    Indika é um game indie desenvolvido pela Odd Meter e publicado pela 11 bit Studios. O game nos leva por uma história diabolicamente interessante.

    Dicas e cuidados a ter em apostas online

    Apostar online pode ser uma forma divertida e emocionante de testar sua sorte e habilidades. No entanto, é importante ter alguns cuidados.

    EU CURTO JOGO VÉIO #12 | ‘Street Fighter’ de 1987 é uma diversão que merece ser lembrada

    Street Fighter é uma das franquias de luta mais rentável. E mesmo sendo sucesso até hoje, sua origem modesta o fez brilhar.