Início GAMES Artigo God of War: Ragnarok | Todos os novos personagens do trailer e...

God of War: Ragnarok | Todos os novos personagens do trailer e suas contrapartes mitológicas

God of War Ragnarok

God of War: Ragnarok oficialmente foi revelado. Com um novo trailer de gameplay mostrado durante a PlayStation Showcase, foi revelado que o game é uma sequência direta do game de 2018, e continua a jornada de Kratos durante o Fimbulwinter, o longo inverno que precede os acontecimentos do Ragnarok. No trailer, diversos novos rostos aprofundarão a jornada de Kratos e Atreus, e levanta algumas importantes questões que o game provavelmente vai abordar.

O trailer nos mostra Freya, Durlin, Thor, Tyr e Angrboda. Com God of War e God of War: Ragnarok tirando imensa inspiração na Mitologia Nórdica, é justo supor que o game contará com elementos da história desses personagens que tem importante papel no Ragnarok, que sugere que eles podem ter um papel de extrema importância em God of War: Ragnarok.

THOR

God of War Ragnarok

Grande parte do público nos dias de hoje conhece o personagem Thor pelo que foi mostrado do Deus do Trovão do Universo Marvel. God of War: Ragnarok mostrou o personagem bem diferente do que temos visto de Chris Hemsworth desde seus primeiros filmes. Segundo a mitologia nórdica, Thor não é apenas o deus trovão, mas também da força, da batalha, da cura, da fertilidade e muito mais. Com o roteiro de Ragnarok focando nos eventos que dão origem ao Ragnarok, Thor provavelmente terá um papel imensamente importante na trama se a Santa Monica Studios se mantiver fiel a história do personagem na Mitologia Nórdica.

Acredita-se que Thor morrerá no Ragnarok, especialmente, por se envenenar após uma luta contra Jormungandr, a Serpente do Mundo. Apesar de Thor derrotar a Serpente do Mundo, ele sucumbe por causa de seus ferimentos.

Com uma das mais interessantes ambientações da Mitologia Nórdica – muito melhor do que foi feito no Universo Marvel -, God of War mostrou que os Jotun haviam desaparecido, quando Kratos e Atreus chegaram até o cume mais alto para lançar as cinzas de Faye, que ficava em Jotunheim. Se a profecia do Ragnarok se provar real, os Jotun serão parte de um efeito cataclísmico que trará a morte de muitos, incluindo a morte do próprio Odin.

Na linha do tempo de God of War, Odin tentou roubar todo o conhecimento dos Gigantes de Gelo do futuro em uma tentativa de impedir o Ragnarok, o que gerou uma revolta entre os Gigantes. Após Odin fugir, os Gigantes pediram a Tyr que destruísse o cristal de viagem para que ninguém entrasse em Jotunheim, e nenhum Jotun foi visto em Midgard desde então – com exceção de Laufey. É provável que os Gigantes ainda estejam por aí, e Thor é geralmente mostrado como o ser que é capaz de derrotá-los sem maiores dificuldades.

Então é provável que o mote principal do roteiro de God of War: Ragnarok trará o fim da Saga Nórdica.

DURLIN

O nome “Durlin” não aparece na mitologia Nórdica de forma alguma. Mas por vezes, vemos “Durin”. Se o personagem do trailer do mesmo que o citado acima, fique sabendo que na Mitologia, Durin foi o segundo anão a ser criado. Ele também é creditado como um dos responsáveis por forjar a espada mística Tyrfing, junto de outro anão chamado Dvalin. Apesar de não saber muito sobre esse personagem, parece que os jogadores encontrarão com ele em meio a sua jornada para resgatar Tyr, que terá grandes implicações na história de God of War: Ragnarok.

TYR

God of War Ragnarok

Grande parte do que vemos ao longo do primeiro game baseado na Mitologia Nórdica teve relação com Tyr, que muitos pensaram estar morto. Na mitologia Nórdica, Tyr é um dos filhos de Odin, e é por vezes referenciado como Deus da Guerra – apesar de muitos deuses nórdicos terem tendências a guerra. Mas traçando um paralelo com a mitologia Grega, Tyr é mais parecido com Atena do que com Ares, por ser tão inteligente, quanto corajoso.

Sua história mais conhecida é de quando ele perdeu uma das mãos a fim de prender Fenrir utilizando a corrente mágica Gleipnir. No trailer de God of War: Ragnarok, Tyr é visto com suas duas mãos, então é provável que os eventos com Fenrir ainda não tenham se desenrolado.

E God of War, Tyr é um personagem recorrente. Ele era considerado um pacifista, e como o catalizador para o fim de guerras, não como o responsável por ter dado início a elas. Ele impediu a guerra Aesir/Vanir, e trouxe paz aos Aesir, Vanir e Jotun – apesar da paz com os Jotun ser curta, pois Odin tentou roubar seu conhecimento. O conflito com os Jotun só foi encerrado por Tyr ter selado o caminho para Jotunheim definitivamente, a fim de impedir que Odin invadisse o reino dos Gigantes. Por isto, Odin selou Tyr e espalhou falsos rumores de que o havia matado, enganando a todos dos Nove Reinos.

ANGRBODA

A apresentação de Angrboda é de extrema importância para a história. Uma importância que talvez você não note se considerar a personagem pelo que é visto no trailer, como uma personagem jovem e aparentemente amigável. Angrboda é uma figura importante para o Ragnarok: originalmente, ela é uma gigante de gelo e uma das esposas de Loki, mãe de três de seus filhos: Fenrir, Jormungard e Hel. Seu nome pode se traduzido livremente para “Mulher de Luto”. Com sua apresentação e o fato de Atreus ser Loki, há grandes questões sobre o Ragnarok a ser levantadas. Uma dúvida que existe é se o jogo retratará como Atreus e Angrboda se conhecem, ou se haverá um salto no tempo para o ponto em que eles já tem os três filhos.

Fenrir, Hel e Jormungandr tem um papel importante no Ragnarok, e apesar de Jormungandr já estar presente no tempo graças a viagem no tempo, Fenrir e Hel não parecem existir no universo. Fenrir deve estar preso à Tyr até o Ragnarok, que ainda não aconteceu pelo fato de Tyr ainda ter sua mão. Quando Fenrir escapar, ele pode derrotará Odin ao comer o pai dos Deuses em uma só bocada antes de ser morto por um dos filhos de Odin. Hel controlará Helheim até seu exército de mortos invadirem Midgard.

Se God of War: Ragnarok se mantiver fiel à mitologia, haverá muito a ser explicado sobre os dois últimos filhos de Loki e Angrboda. De alguma forma isso vai ser explicado enquanto os jogadores acompanham a história de Atreus e Kratos durante sua próxima jornada aos Nove Reinos.

God of War: Ragnarok tem estreia prevista para 2022 para PS4 e PS5.

Curte o nosso trabalho?

Se sim, sabe que ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorCRÍTICA – The Voyeurs (2021, Michael Mohan)
Próximo artigoCrash Bandicoot: Curiosidades da franquia que completou 25 anos
27 anos, apaixonado por cinema, quadrinhos e games!