Início GAMES Crítica PRIMEIRAS IMPRESSÕES – Greak: Memories of Azur (2021, Team17)

PRIMEIRAS IMPRESSÕES – Greak: Memories of Azur (2021, Team17)

Greak: Memories of Azur é o novo jogo de Ação, Puzzle e Plataforma com traços de desenhos manuais desenvolvido pela Navegante e Team17

Greak: Memories of Azur é um novo side-scrolling desenvolvido pela Navegante Entertainment e publicado pela Team17. A versão demo do jogo atualmente está disponível gratuitamente para Nintendo Switch.

A versão completa desse game que mistura os gêneros
ação, aventura, plataforma e puzzle estará disponível para Nintendo Switch, PlayStation 5, Xbox Series X|S e PC em 17 de agosto de 2021.

SINOPSE

Greak: Memories of Azur é um side-scrolling para um jogador com animações desenhadas à mão. Assuma o papel de três irmãos — Greak, Adara e Raydel — e guie-os pelas terras de Azur. Alterne-se no controle dos três e use as habilidades únicas de cada um para fugir da invasão dos Urlags.

Greak é o nome do protagonista, o caçula entre os três irmãos. Ele é um Courine, que é um povo mágico que, no momento, está sofrendo invasões dos Urlags, uma facção inimiga.

A guerra entre esses dois povos já dura um bom tempo, forçando os Courines a fugirem de suas próprias terras. O que Greak mais deseja é reencontrar o irmão, Raydel, e a irmã, Adara, e fugir com eles de Azur usando uma Aeronave, que eles precisarão construir peça a peça.

Durante o jogo, você encontrará cada irmão em ambientações diferentes e os recrutará para avançar com você.

ANÁLISE DE GREAK: MEMORIES OF AZUR

Greak: Memories of Azur começa sem contextualização. O jogo já nos coloca em ação e vai exibindo, de modo bem criativo, poucas informações a respeito da trama, e o essencial para que possamos dar início à aventura do protagonista.

Logo sabemos que Greak está à procura de Adara. Não demora muito até chegarmos a ela, e no caminho enfrentamos inimigos que não exigem muita prática no jogo. Isso, somado ao tutorial criativo e sutil, é bem positivo.

Greak: Memories of Azur é o novo jogo de Ação, Puzzle e Plataforma com traços de desenhos manuais desenvolvido pela Navegante e Team17
Tutorial ensinando como direcionar o ataque de Adara

O que me causou estranhamento foi que o botão Y do controle no Nintendo Switch é o utilizado para atacar, mas ele não aparece no canto da tela. De qualquer forma, os tutoriais exibidos no começo da jornada suprem essa falta, mas fica a sensação estranha de não aparecer no canto inferior direito junto com os demais comandos.

A mecânica de Greak: Memories of Azur é simples – e isso é excelente. O jogo chama a atenção especialmente por causa dos gráficos de desenhos feitos à mão. Os personagens são igualmente simples, o que novamente é uma virtude.

A fluência do jogo é ótima, o que torna a experiência de comandar personagens cartunescos ainda melhor. A trilha e os efeitos sonoros também são cativantes, mais um acerto da mexicana Navegante Entertainment e da britânica Team17.

Nessa demo infelizmente o jogo não salva. Na primeira vez que joguei cheguei ao checkpoint e decidi parar, a fim de reiniciar de onde salvei e continuar a experiência.

O jogo indica que salva, mas… não salva. O feedback, portanto, poderia ser melhor, informando que não é possível salvar na demo.

Personagens de Greak: Memories of Azur

Cada personagem de Greak: Memories of Azur tem suas próprias habilidades. Isso é muito legal e importante, pois as características puzzle do jogo se devem ao fato de ser necessário alternar o controle entre Greak, Adara e Raydel.

Greak é um guerreiro que luta com uma espada. Por sua vez, Adara é uma espécie de maga que atira poderes mágicos com as mãos e é capaz de voar.

Para fechar, é importante ressaltar que na demo não é possível encontrar o irmão Raydel. Estou bem curioso para saber quais são as habilidades e como será a experiência de controlá-lo.

Greak: Memories of Azur é o novo jogo de Ação, Puzzle e Plataforma com traços de desenhos manuais desenvolvido pela Navegante e Team17

Além de exigir uma dose extra de sabedoria para tomar as decisões certas ao alternar entre personagens, a fim de superar os obstáculos, também é muito interessante a possibilidade de controlar dois (ou três) ao mesmo tempo.

Na verdade, você controla apenas um personagem, mas consegue ser acompanhado por outros dois. Isso exige uma ação sua, o que torna a experiência mais desafiadora.

Também é preciso enaltecer a inteligência dos personagens enquanto não estão sendo controlados, pois eles ajudam você a se defender, ou se defendem por conta própria.

VEREDITO

A versão demo de Greak: Memories of Azur é divertida e desafiadora. O jogo também chama atenção pelos traços de desenho à mão bastante encantadores, e certamente se une a jogos plataforma como Unto The End, que também oferece uma experiência visual diferenciada.

Mesmo com o pouco tempo de jogo e sem conhecer bem a história, a demo do game empolga e é suficiente para decidir comprar a versão completa assim que for lançada em 17 de agosto.

Nossa nota

4,0 / 5,0

Assista ao trailer de Greak: Memories of Azur

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorWhat If…?: Conheça Steve Rogers, o Homem de Ferro
Próximo artigoSexta-Feira 13: Conheça 13 curiosidades sobre a franquia
Jornalista pós-graduado em Jornalismo Digital, fã de Mr. Robot, Pokémon e com uma menção honrosa a 24 Horas, o seriado que me fez entrar no mundo de séries e filmes.