REVIEW – Microfone Dinâmico K688 (2022, Fifine)

    O microfone dinâmico K688 da Fifine pode ser utilizado tanto com entrada USB, quanto XLR, propondo uma maior versatilidade de uso. Com padrão cardioide de captação, o modelo profissional da Fifine possui botão de mutar nativo e entrada de fone diretamente no aparelho, permitindo que o usuário monitore em tempo real o áudio, escutando a captação enquanto grava.

    Confira abaixo nosso review do microfone K688.

    Transparência: essa não é uma avaliação paga. A Fifine nos enviou o produto para avaliação e, portanto, essa análise é imparcial e sem qualquer vínculo comercial com a empresa.

    CARACTERÍSTICAS

    • O microfone dinâmico K688 possui a flexibilidade para equilibrar a necessidade atual e a expansão futura em sua produção de áudio, pois possui entrada tanto USB quanto XLR;
    • O padrão cardioide é bastante direcional, podendo lidar com ruídos de fundo, como discos rígidos ou ventoinhas de computador;
    • O botão de mute, controle de ganho e entrada para microfone facilitam o controle do áudio em tempo real;

    O que vem na caixa?

    • Microfone com shock mount (anti-choque)
    • Cabo USB-C para USB-A
    • Adaptador macho de 5/8″ para fêmea de 3/8″
    • Manual do usuário

    Especificações

    Sensibilidade: -58±3dB
    Relação S/N: >75dB
    Fonte de alimentação: 5±0,25V
    Padrões Polares: Cardioide

    ANÁLISE DO MICROFONE DINÂMICO K688

    O microfone K688 é uma grata surpresa. Esse é o primeiro aparelho da Fifine que eu analiso, mas a marca é muito famosa na internet, tendo modelos extremamente difundidos nas redes sociais. Os mais famosos são modelos de mesa, com luzes RGB e que vem com um rostinho amigável desenhado no pop-filter. Entretanto, o K688 é um modelo bem diferente, sendo focado em uma experiência profissional.

    O fato dele ser tanto XLR quanto USB é uma grande vantagem, visto que você pode utilizar esse microfone tanto em captação de estúdio (com mesa de áudio), quanto para gravações de podcast, streams e vídeos para internet com o K688 plugado direto no seu computador. Essa flexibilidade do modelo é extremamente bem-vinda, pois garante que você possa manter esse aparelho por bastante tempo, evoluindo sua forma de captação ao longo da jornada.

    Dessa forma, o K688 é indicado para qualquer pessoa que queira ter uma captação de áudio mais robusta e profissional. Seja com um nível iniciante ou avançado de conhecimento em áudio, o dinamismo do microfone consegue suprir ambas as necessidades, sendo um excelente custo-benefício.

    O K688 é visualmente belíssimo. Desde a caixa, que possui um cuidado especial em sua confecção, até no material que o microfone é produzido. A caixa é pequena, não ocupa espaço e é uma ótima escolha para manter o seu microfone protegido após a utilização, evitando que ele pegue poeira.

    REVIEW - Microfone Dinâmico K688 (2022, Fifine)

    O modelo também vem com uma espuma de proteção cinza que o torna ainda mais bonito no vídeo, sendo um setup que realmente agrega nos vídeos e lives. O áudio é limpo e imponente, realmente capaz de diminuir ruídos externos. Ao contrário de outros microfones, o padrão cardioide do K688 capta o som vindo da parte de cima do aparelho, então você deve configurá-lo de forma que ele fique de frente para você, com a “ponta” do microfone virada na sua direção.

    Eu testei o microfone em lives no YouTube e também testamos ele na Twitch. Em ambos os casos o resultado foi ótimo. Eu não possuo um estúdio específico para gravações. Mesmo assim, eventuais ruídos foram excluídos na ótima captação do microfone.

    Apesar de possuir entrada XLR, o modelo não acompanha cabo e nem possui um suporte próprio. Portanto, caso você pretenda adquirir esse modelo para utilizá-lo com entrada XLR, será necessário adquirir o cabo à parte. O mesmo vale para o tripé, tanto de mesa quanto braço articulado, que precisam ser adquiridos separadamente.

    Mesmo não sendo acompanhado de um tripé ou de um braço, o K688 vem com um shock mount próprio e um adaptador para braço articulado. Dessa forma, se você possui um braço de tamanho 5/8 ou um tripé com entrada 3/8, ele será compatível com ambos os modelos.

    Outros pontos positivos do K688 são o botão de mute nativo, que fica em um dos lados do microfone, e a entrada para fone de ouvido. O botão do mute é um pouco difícil de acertar, pois você precisa tocar exatamente no desenho iluminado, o que pode ser um pouco complicado dependendo da situação. Entretanto, ele funciona muito bem e é via touch, o que evita barulhos na hora de mutar a transmissão.

    A entrada de fone nativa e o botão de controle de volume também auxiliam, pois você pode monitorar o ganho em tempo real, configurando as funcionalidades diretamente no microfone.

    Eu amo modelos que possuem entrada de fone, pois muitas vezes você conecta um microfone e o computador não encontra automaticamente, ou capta o som em um volume muito aquém do esperado. Ao fazer o teste com o fone de ouvido você consegue saber se o seu áudio está ok e entregar a melhor experiência de áudio possível para a sua audiência.

    VEREDITO

    O microfone dinâmico K688 da Fifine é um modelo incrível. Além de ser visualmente lindo, o que garante o aesthetic perfeito para sua transmissão, ele também possui uma captação de áudio poderosa. A opção de utilizá-lo tanto com entrada USB, quanto XLR, é um grande benefício, pois permite que você aproveite ao máximo o microfone e amplifique suas possibilidades de captação profissional.

    Nossa nota

    5,0 / 5,0

    Acompanhe as lives do Feededigno na Twitch

    Estamos na Twitch transmitindo gameplays semanais de jogos para os principais consoles e PC. Por lá, você confere conteúdos sobre lançamentos, jogos populares e games clássicos todas as semanas.

    Curte os conteúdos e lives do Feededigno? Então considere ser um sub na nossa Twitch sem pagar nada por isso. Clique aqui e saiba como.

    Artigos relacionados

    CRÍTICA: ‘Senua’s Saga: Hellblade 2’ entrega uma sequência linda e com uma experiência poderosa

    Senua's Saga: Hellblade 2 nos entre uma das mais potentes e surpreendentes sequências. Sendo ainda mais profundo e belo que o original.

    CRÍTICA: ‘Indika’ é um jogo diabolicamente interessante

    Indika é um game indie desenvolvido pela Odd Meter e publicado pela 11 bit Studios. O game nos leva por uma história diabolicamente interessante.

    Dicas e cuidados a ter em apostas online

    Apostar online pode ser uma forma divertida e emocionante de testar sua sorte e habilidades. No entanto, é importante ter alguns cuidados.

    EU CURTO JOGO VÉIO #12 | ‘Street Fighter’ de 1987 é uma diversão que merece ser lembrada

    Street Fighter é uma das franquias de luta mais rentável. E mesmo sendo sucesso até hoje, sua origem modesta o fez brilhar.