As mortes mais marcantes de Game of Thrones

    Game of Thrones foi uma das maiores séries de todos os tempos, trazendo personagens icônicos e um texto incrível que teve muitos momentos que deixavam os espectadores chocados. Confira a nossa lista das mortes mais brutais ou inusitadas de Westeros!

    UMA COROA PARA UM REI

    game of thrones

    Abrindo a lista, temos uma das mortes mais satisfatórias das Crônicas de Gelo e Fogo! Viserys Targeryen (Harry Lloyd) sempre foi um grande babaca e sua petulância e ânsia pelo poder eram uma marca bem pulsante em sua personalidade.

    Após ser agressivo com Daenerys (Emilia Clarke), ele teve um fim bem terrível, ganhando uma “coroa” de Khal Drogo (Jason Momoa), que jogou ouro derretido na cabeça de Viserys, queimando o rapaz até a morte.

    A INGENUIDADE DE NED STARK

    Ned Stark (Sean Bean) era o protagonista de GoT e todos o amavam. Seu senso de justiça e amor por sua família eram notáveis e os espectadores o tinham como um dos melhores personagens da trama.

    Entretanto, Ned não soube jogar o jogo dos tronos e acabou morto após uma péssima decisão de se entregar como um traidor. Cersei Lannister (Lena Headey) fez um acordo com ele para manter a paz, mas eles não contavam com a crueldade de Joffrey Baratheon (Jack Gleeson) que decapitou o patriarca da casa Stark na frente de todos os cidadãos de Porto Real, incluindo suas filhas Arya (Maisie Williams) e Sansa (Sophie Turner).

    MORRENDO NO TRONO

    Tywin Lannister (Charles Dance) sempre foi um crápula e muito dos problemas de seus filhos se deu por conta de sua tirania ao longo dos anos. Depois de destruir moralmente o caçula Tyrion (Peter Dinklage), ele não contava com a raiva assassina de seu filho, que enfiou uma flecha no peito de seu pai enquanto estava fazendo o número dois no vaso. Tywin conseguiu o que queria e morreu no trono!

    O DRINQUE DA MORTE

    Joffrey foi um dos vilões mais incríveis de Game of Thrones e um dos melhores da TV de todos os tempos, pois sua arrogância e jeito mimado, além da psicopatia fizeram dele um homem detestável de todas as formas. Saindo ileso de diversos momentos importantes da história, dessa vez o rei bastardo não conseguiu se safar, uma vez que não contou com a astúcia de Olenna Tyrell (Diana Rigg) que envenenou o drinque de Joffrey, deixando-o agonizando sufocado em frente a todos da sua família.

    HOLD THE DOOR!

    Agora temos um momento bem triste!

    Hodor (Kristian Nairn) sempre foi um personagem querido por todos e mesmo falando apenas uma frase em toda a sua jornada, conseguiu marcar a todos pelo seu carisma.

    Tentando salvar Bran (Isaac Hempstead-Wright) e seus aliados, o gigante se sacrifica, segurando a porta para ganhar tempo. Descobrimos nesse episódio que o responsável pelos danos cerebrais e pelo nome de Hodor foi o próprio Bran que voltou no tempo e acessou as memórias do jovem Hodor.

    MORRENDO ENGASGADO COM O PRÓPRIO SANGUE

    game of thrones

    Mindinho (Aidan Gillen) sempre foi um vilão odiável e é tipo de cara que amamos odiar e odiamos amar. Ele é ardiloso e conspirador e tenta sempre com sua influência.

    Por mais que Mindinho tenha ajudado Jon Snow (Kit Harrington) na Batalha dos Bastardos e tenha acolhido Sansa, os Stark se vingam de todas as artimanhas realizadas por ele na morte de Ned, com Arya cortando a garganta dele no salão de Winterfell. O rapaz morreu engasgado com o próprio sangue.

    TORTA DE FREY

    game of thrones

    Falando em Arya Stark, a heroína foi responsável por diversas catarses do público. O Casamento Vermelho uma catástrofe para a casa dos lobos do Norte e tudo ocorreu por conta de traições, principalmente dos Frey e dos Bolton, que acabaram trocando de lado por conta de propostas dos Lannisters.

    Depois de seu treinamento com Jaqen H’ghar (Tom Wlaschiha) e os Homens Sem Rosto, a jovem deu fim a todos os Frey, fazendo Walder (David Bradley), o patriarca da família, comer uma torta com os corpos dos próprios filhos antes de cortar a garganta do velho, assim como eles fizeram com Catelyn Stark (Michelle Fairlay). Poético!

    DRACARYS!

    Daenerys foi marcante em toda a história de GoT e é referenciada merecidamente em Casa do Dragão. Dany teve um crescimento fantástico e deixou uma legião de fãs órfãos com seu final terrivelmente ruim.

    Contudo, esta lista existe para relembrar grandes acontecimentos e um dos maiores foi sem sombra de dúvidas quando ela fez churrasco de escravagistas com Drogon. Mostrando uma grande imponência, a Targaryen explodiu tudo falando a famosa palavra Dracarys, ficando eternizada em nossos corações.

    UM SEPTÃO PELOS ARES!

    Jonathan Pryce é um grande ator, todos sabemos disso! Sua atuação como o Alto Septão foi espetacular, mesmo que esse arco tenha sido bem arrastado e frustrante em alguns momentos.

    Todavia, o final dele foi de cair o queixo, pois vimos a igreja ir pelos ares, matando todos que estavam dentro, incluindo os Tyrell, mostrando toda a força de Cersei Lannister que observou de sua sacada bebendo um excelente vinho tudo acontecendo.

    COMIDA PARA OS CACHORROS

    game of thrones

    Joffrey Baratheon foi um vilão que era odiado por todos e achávamos que seria impossível surgir alguém pior do que ele na história de Game of Thrones. Entretanto, George R. R. Martin sabe o que faz e trouxe um antagonista ainda mais sádico e sem escrúpulos com uma atuação memorável de Iwan Rheon.

    Estamos falando de Ramsey Bolton, o bastardo violento da família que matou, estuprou e decepou pessoas. Ele era tão cruel que até Kit Harrington não se conteve na cena de luta corporal e acertou um soco no rosto de Rheon. Depois de um reinado de loucura em Winterfell, Ramsey tem um final digno, sendo comido pelos próprios cachorros sendo observado por Sansa, que sofreu muito nas mãos dele.

    O CASAMENTO VERMELHO

    game of thrones

    O cenário perfeito estava instalado: Robb Stark (Richard Madden) estava com sua amada que esperava seu primeiro filho. Os nortenhos sendo um páreo duro para os Lannisters uma aliança forte pronta para ser concretizada. As coisas saem do controle quando os Frey e os Boltons começam a matar os Starks e seus aliados, matando a esposa de Robb brutalmente com facadas na barriga, além do jovem logo que é esfaqueado por Roose Bolton (Michael McElhatton), morrendo ao lado de sua amada.

    Para finalizar, Catelyn Stark vendo tudo aquilo é degolada, morrendo com uma tristeza profunda com uma traição sem precedentes.

    A ARROGÂNCIA DE OBERYN

    Por fim, mas não menos importante, o assassinato mais chocante de Game of Thrones não poderia ficar de fora! Oberyn foi um herói improvável e sedutor que deu um peso enorme para a casa Martell e introduziu muito bem o arco dos dorneses em GoT com uma atuação maravilhosa de Pedro Pascal.

    O Víbora tinha uma sede gigantesca de vingança, uma vez que sua irmã foi estuprada e morta pelo Montanha (Hafþór Júlíus Björnsson) o mais poderoso cão de guarda da casa Lannister. Em um julgamento por combate, onde os irmãos Tyrion e Cersei estavam em lados opostos, Oberyn se ofereceu como o campeão do caçula da família de Tywin.

    As coisas estavam indo bem, visto que o representante dos Martell era veloz, habilidoso e mortal em seus golpes. Desferindo estocadas letais com sua lança, ele quase conseguiu o que queria…

    Em um lapso de arrogância, ele foi pego de surpresa por Montanha, que desferiu golpes mortais e que ceifou a vida do dornês de uma forma EXTREMAMENTE VIOLENTA, quebrando seus dentes com socos e furando seus olhos com tanta força que a cabeça de Oberyn literalmente EXPLODIU! Esse momento foi chocante e até hoje causa arrepios.

    Leia também:

    Game of Thrones: 15 momentos mais sádicos

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    5 novos jogos de Nintendo Switch para toda a família explorar

    O Nintendo Switch dá as boas-vindas à primavera com seleção incrível de jogos casuais no portátil da Big N. Confira a lista!

    CRÍTICA: ‘Unicorn: Warriors Eternal’ dos épicos de fantasia aos filmes de artes marciais

    Unicorn: Warriors Eternal nos lança por uma história e por um visual deslumbrantes. Criado por Genndy Tartakovsky.

    Lançamentos Netflix: Veja o que chega em abril

    Abril já está chegando e nada melhor que ficar por dentro dos próximos lançamentos Netflix! Veja as produções da gigante do streaming.

    Magnatas do Crime: Conheça os personagens da série

    Bem-vindo a Magnatas do Crime, uma série que expõe o nefasto submundo que se esconde sob a refinada sociedade da aristocracia britânica.