Os piores filmes da DC de todos os tempos

    Quais são os piores filmes da DC de todos os tempos? Esta é uma dúvida constante na cabeça de todos os fãs da gigante dos quadrinhos, assim como dos haters que elencam diversos longas, principalmente os mais recentes. Por isso, nós do Feededigno fizemos uma lista com as nossas obras que odiamos amar. Confira!

    ESQUADRÃO SUICIDA (2016, DAVID AYER)

    Esquadrão Suicida

    Sim, começamos a lista de forma bastante polêmica, uma vez que o longa de David Ayer é considerado por muitos um bom filme.

    Entretanto, este autor aqui considerou diversas decisões desse filme uma afronta, pois cada vez que acontecia algo, a vontade de sair do cinema era tamanha que foi difícil de aguentar até o final.

    Na trama, Amanda Waller (Viola Davis) reúne os piores vilões para serem a última força da Terra contra seres superpoderosos. Entretanto, Magia (Cara Delavigne), uma das recrutas da Força Tarefa – X formada por Waller acaba achando um artefato que a torna uma ameaça para todos, fazendo com que o grupo tenha que enfrentá-la.

    Brega, incoerente e cheio de furos de roteiro, Esquadrão Suicida é sim um dos piores filmes da DC de todos os tempos.

    SUPERMAN IV: EM BUSCA DA PAZ (1994, SIDNEY J. FURIE)

    DESTRUA SUPER-HOMEM

    Falando em breguice, Superman IV: Em Busca da Paz é o ícone desse adjetivo, uma vez que da lista, essa é a obra mais tosca e engraçada.

    Na trama, o Superman está querendo desarmar os Estados Unidos, pois ele é o defensor da liberdade dos norte americanos.

    Contudo, Lex Luthor (Gene Hackman) quer acabar de vez com seu rival, bolando um plano infalível: clonar o Homem de Aço, criando o temível Homem-Nuclear (Mark Pillow).

    Com um roteiro completamente idiotizado, cenas de vergonha alheia pura, frases de efeito que até um coach motivacional duvida e poderes como o raio construtor, além da batalha “visceral” entre o Homem-Nuclear e o Superman (Christopher Reeve) fazem do quarto longa do Azulão o pior disparado do maior heróis dos quadrinhos.

    LIGA DA JUSTIÇA DA AMÉRICA (1997, FELIX ENRÍQUEZ ALCALÁ)

    Piores Filmes da DC de Todos os Tempos

    Cospobres por toda a parte!

    Imagina um dos grandes eventos da história da DC, com um supergrupo famoso dos quadrinhos e que fez um filme épico. Imaginou? Então, não se trata de Liga da Justiça da América.

    Na trama, a meteorologista Tori ganha superpoderes após sofrer um acidente no laboratório onde trabalhava. Tori (Kimberly Oja) se junta à Liga da Justiça da América como a super-heroína Gelo. Juntos eles têm de proteger a cidade de um novo vilão, o malvado Weatherman (Miguel Ferrer).

    Com um visual ridículo, atuações horrorosas e uma direção terrível, Liga da Justiça da América é um dos grandes acidentes de percurso da DC Comics.

    MULHER-GATO (2004, PITOF)

    Piores Filmes da DC de Todos os Tempos

    Um filme que conta com Sharon Stone e Halle Berry em seu elenco tem tudo para dar certo, não? ERRADO! Mulher-Gato prova que uma carreira de sucesso pode ir para o espaço por conta de uma porcaria cinematográfica.

    Uma funcionária de uma indústria de cosméticos é assassinada depois de descobrir um perigoso segredo sobre um produto antienvelhecimento. Porém, ela é salva por um gato egípcio, adquirindo poderes felinos.

    A fórmula de fracasso foi trazer um cineasta inexperiente como Pitof, que nunca mais fez nada de relevante na direção. Mulher-Gato é uma bagunça completa, com um milhão de cortes, roteiro preguiçoso e cenas extremamente constrangedoras de ação com um CGI péssimo.

    Halle Berry tenta, tenta de verdade, mas não consegue fazer nada e fica amarrada a toda incompetência da equipe técnica, ganhando um Framboesa de Ouro um ano após ganhar um Oscar. Que dureza!

    SUPERGIRL (1984, JEANNOT SZWARC)

    Por mim, Supergirl, longa de 1984, é o pior filme da DC disparado, sendo muito inferior a Mulher-Gato ou Superman IV, considerados em muitos pódios.

    Kara Zor-El (Helen Slater) é uma jovem kryptoniana que vive em uma colônia do planeta que fora destruído. Após um acidente, ela deve vir para a Terra recuperar um artefato e salvar seu povo, lutando contra forças malignas que a perseguem.

    O filme da prima do Superman é um desastre completo, pois tudo deu muito errado. As atuações são um horror, a direção é sem sentido nenhum, o roteiro é bizarro, tudo é tenebroso.

    O longa começa como uma ficção científica, vira um romance e termina como uma aventura, com cenas constrangedoras e cheias de vergonha alheia. Além disso, as personagens se resumem a uma disputa por um cara, isso mesmo! A Moça de Aço, uma das heroínas mais poderosas da DC se torna uma jovem que briga por um zelador de uma escola. É DE ENLOUQUECER!!!!

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    TBT #183 | Platoon (1986, Oliver Stone)

    Platoon, de Oliver Stone sem dúvida está na lista dos fãs de filmes de guerra. Veja nossa clássica indicação de TBT!

    CRÍTICA – Amor & Gelato (2022, Brandon Camp)

    Amor & Gelato é a nova aposta de filme de romance da Netflix. Baseado no livro homônimo de Jenna Evans, o longa é dirigido por Brandon Camp.

    Thor: Amor e Trovão | Conheça o elenco do filme

    Agora falta pouco para Thor: Amor e Trovão chegar aos cinemas! Confira neste artigo quem são os personagens e atores envolvidos na produção.

    HBO Max: Títulos para comemorar 1 ano do serviço

    A HBO Max está em festa! No dia 29 de junho, a plataforma de streaming completa um ano de seu lançamento na América Latina!