Vikings: Valhalla | Conheça os principais personagens da série spin-off

    Spin-off da série Vikings, do canal canadense HistoryVikings: Valhalla é uma produção original da Netflix. Ambientada 100 anos depois da série original, a nova produção se passa no século XI e coloca em destaque as aventuras vividas por três importantes figuras da cultura nórdica: Leif Eriksson, Freydis Eriksdotter e o príncipe Harald Sigurdsson.

    PUBLICAÇÕES RELACIONADAS:

    Vikings: Conheça os principais personagens

    CRÍTICA – Vikings: Valhalla (1ª temporada, 2022, Netflix)

    Vikings: Valhalla se concentra no fim da Era Viking, quando o Cristianismo toma conta da Escandinávia e Harald, um viking cristão, sobrevive a um massacre liderado pelo Rei Æthelred; ele então inicia um romance com uma mulher profundamente anticristã chamada Freydis Eriksdotter em paralelo a uma guerra entre escandinavos cristãos e os que se apegam ao passado.

    Assista ao primeiro teaser legendado:

    Conheça os principais personagens já confirmados:

    LEIF ERIKSSON (Sam Corlett)

    Leif Eriksson, também conhecido como Leif, o Sortudo, foi um explorador nórdico da Groenlândia e acredita-se que ele tenha sido o primeiro europeu a pisar na América do Norte continental, aproximadamente meio milênio antes de Cristóvão Colombo. De acordo com as sagas dos islandeses, ele estabeleceu um assentamento nórdico em Vinland, que geralmente é interpretada como sendo a costa da América do Norte. 

    Há especulações em curso de que o assentamento feito por Leif e sua tripulação corresponde aos restos de um assentamento nórdico encontrado em Newfoundland, no Canadá, chamado L’Anse aux Meadows e que foi ocupado há 1.000 anos (estimativas de datação por carbono 990-1050 d.C.).

    Um outro ponto que deve ser destacado é o fato de que Vikings estabeleceu que Ubbe Lothbrok foi o primeiro viking a chegar à América do Norte, quando, na realidade, é amplamente aceito que Leif Eriksson foi o primeiro a realizar tal feito. Vikings: Valhalla, então terá que resolver essa questão, inevitavelmente formando um elo entre as duas séries.

    FREYDIS ERIKSDOTTER (Frida Gustavsson)

    Freydis Eiriksdotter foi uma mulher nórdica que se diz ser filha de Erik, o Vermelho, que figurou com destaque na exploração nórdica como um dos primeiros colonos de Vinland (área costeira da América do Norte), que seu irmão, Leif Erikson, é creditado nas primeiras histórias da região com a descoberta. 

    As únicas fontes medievais e primárias que mencionam Freydis são as duas sagas de Vinland:

    • Saga dos Groenlandeses e
    • Saga de Erik, o Vermelho

    As duas sagas oferecem relatos diferentes, embora Freydis Eiriksdotter seja retratada em ambas como uma mulher masculina e de força de vontade que desafiaria as probabilidades de sua sociedade.

    HARALD SIGURDSSON (Leo Suter)

    Harald Sigurdsson, também conhecido como Harald da Noruega, recebeu o epíteto Hardrada (traduzido aproximadamente como “conselho severo” ou “governante rígido”) nas sagas, foi rei da Noruega (como Harald III) de 1046 a 1066. Além disso, ele reivindicou sem sucesso o trono dinamarquês até 1064 e o trono inglês em 1066.

    Antes de se tornar rei, Harald passou cerca de quinze anos no exílio como mercenário e comandante militar na Rússia de Kiev e da Guarda Varangiana no Império Bizantino.

    REI CANUTE (Bradley Freegard)

    Como príncipe dinamarquês, Cnut (também conhecido como Canuto, o Grande) conquistou o trono da Inglaterra após séculos de atividade viking no noroeste da Europa. Sua ascensão posterior ao trono dinamarquês uniu as coroas da Inglaterra e da Dinamarca. Cnut procurou manter essa base de poder unindo dinamarqueses e ingleses sob laços culturais de riqueza e costumes, bem como por pura brutalidade. 

    Após uma década de conflito com adversários na Escandinávia, Cnut reivindicou a coroa da Noruega.

    Cnut foi rei da Inglaterra de 1016 até 1035, rei da Dinamarca de 1018 até 1035 e rei da Noruega de 1028 até 1035. Os três reinos unidos sob o domínio de Cnut são referidos em conjunto como o Império do Mar do Norte.

    OLAF HAROLDSON (Jóhannes Jóhannesson)

    Olaf II Haraldsson, mais tarde conhecido como Santo Olavo (e tradicionalmente como São Olavo), foi rei da Noruega de 1015 até 1028. 

    Quando adolescente, Olaf foi para o Báltico, depois para a Dinamarca e depois para a Inglaterra. A poesia escáldica sugere que ele liderou um ataque marítimo bem-sucedido que derrubou a ponte de Londres, embora fontes anglo-saxãs não confirmem isso; que pode ter sido em 1014, restaurando Londres e o trono inglês para Æthelred e removendo Cnut.

    Diz-se que Olaf Haraldsson ganhou batalhas, mas foi incapaz de ajudar os filhos de Æthelred a expulsar Cnut, após a morte do Rei da Inglaterra. Depois disso, ele voltou suas atenções para a Noruega e viu isso como seu chamado para unir a Noruega em um reino, como Harald Fairhair conseguiu fazer em grande parte.

    Olaf aniquilou os pequenos reis do Sul, subjugou a aristocracia, afirmou sua suserania nas Ilhas Orkney e conduziu um ataque bem-sucedido à Dinamarca, mas o sucesso de Olaf Haraldsson durou pouco. Em 1026 ele perdeu a Batalha de Helgeå e em 1029 os nobres noruegueses, fervendo de descontentamento, apoiaram a invasão do Rei Cnut, o Grande.

    JARL HAAKON (Caroline Henderson)

    Haakon governa Kattegat com mão firme. Embora pagã, ela conseguiu manter Kattegat uma cidade aberta a todas as religiões em um momento desafiador. Ela é uma mentora poderosa para Freydis Eriksdotter, que é atraída por sua sabedoria.

    A personagem de Caroline Henderson em Vikings: Valhalla é baseada no governante vassalo do Rei Cnut, Haakon Ericsson. Hakakon foi jarl de Lade e governador da Noruega. Ele governou como vassalo dinamarquês de 1012 até 1015. Após a vitória de Olaf Haraldsson sobre Sveinn Haakonsson na Batalha de Nesjar, Haakon fugiu para a Inglaterra, onde foi recebido pelo Rei Cnut e feito conde de Worcester. 

    Haakon também é registrado como sendo o governante do Sudreyar, atualmente conhecido como o Reino das Ilhas, de 1016 até 1030. Em 1028, ele retornou como governante vassalo de Cnut, o Grande, na Noruega.

    EMMA DA NORMANDIA (Laura Berlin)

    Ainda não há imagens promocionais da personagem de Laura Berlin.

    Emma da Normandia é uma das mulheres mais ricas da Europa; apesar de ser da corte normanda, possui sangue viking. Emma foi Rainha da Inglaterra e depois da Dinamarca. Apelidada de “A Rosa da Normandia” por sua boa aparência, ela era um dos 11 filhos de Ricardo I, Duque da Normandia, e sua segunda esposa, Gunnora de Crepon.

    EARL GODWIN (David Oakes)

    Ainda não há imagens promocionais da personagem de David Oakes.

    Earl Godwin é o primeiro Conde de Wessex. Ele serve como o principal conselheiro do Rei da Inglaterra.

    O personagem de David Oakes é baseado em Godwin de Wessex. Ele se tornou um dos mais poderosos condes da Inglaterra sob o Rei Cnut, o Grande, e seus sucessores. O Rei Cnut fez dele o primeiro conde de Wessex. 

    Godwin casou-se com Gytha Thorkelsdóttir e tiveram muitos filhos, incluindo Harold Godwinson, que se tornou Rei da Inglaterra e Edith de Wessex, que se casou com o Rei Eduardo, o Confessor.


    Vikings: Valhalla estreia em 25 de fevereiro de 2022 na Netflix.

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    CRÍTICA – Love, Death and Robots (3ª temporada, 2022, Netflix)

    Criaturas aterrorizantes, surpresas bizarras e humor ácido. Finalmente a terceira temporada de Love, Death and Robots está entre nós!

    Top Gun: Maverick | Quem é o elenco do novo filme?

    Mais de 30 se passaram do clássico Top Gun, agora Tom Cruise está de volta em Top Gun: Maverick! Conheça o elenco.

    CRÍTICA – Night Sky (1ª temporada, 2022, Prime Video)

    Night Sky é a nova série do Prime Video que traz em seu elenco principal os atores J.K. Simmons e Sissy Spacek. Confira nosso review!

    CRÍTICA – Vampiro no Jardim (1ª temporada, 2022, Netflix)

    A 1ª temporada de Vampiro no Jardim chegou ao catálogo da Neflix no dia 16 de maio. Veja o que achamos do anime!