Início QUADRINHOS Crítica CRÍTICA – Paul Está Morto (2020, Comix Zone)

CRÍTICA – Paul Está Morto (2020, Comix Zone)

72
0
CRÍTICA - Paul Está Morto (2020, Comix Zone)

Sem sombra de dúvidas Os Beatles foram a maior banda de rock n’ roll que mundo já teve. A evolução do quarteto de Liverpool dentro e fora do cenário musical é algo que transcende até os dias de hoje e em Paul Está Morto temos muito mais que isso.

A trajetória da banda não foi feita apenas de paz e amor, pois como toda banda de rock; John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr se envolveram em diversas polêmicas e até em teorias da conspiração que cercaram uma suposta morte de Paul.

Com essa premissa, lhes trago a graphic novel Paul Está Morto escrita por Paolo Baron e desenhada por Ernesto Carbonetti; o título foi publicado pela editora Comix Zone.

 ANÁLISE

Em Paul Está Morto acompanhamos a maior teoria da conspiração que envolveu Os Beatles com uma suporta morte de Paul MacCartney em um acidente de carro em 09 de novembro de 1966 e que o mesmo teria sido substituído por um sósia.

A trama se passa ao após o lançamento do álbum Revolver e acompanhamos John, Paul, George e Ringo no início do processo de gravação no Estúdio Abbey Road com o álbum mais aclamado da banda Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band.

Contundo, certo dia Brian Epstein empresário que descobriu e lançou Os Beatles dá a triste notícia de que Paul McCartney está morto, devido a um acidente de carro. Com isso, resta a John a difícil tarefa de passar essa péssima notícia para George e Ringo.

Com roteiro de Paolo Baron, a HQ transmite de forma excelente toda a teoria da conspiração que envolveu a suposta morte de Paul McCartney. Baron trabalha de forma excepcional a personalidade de cada integrante ao longo de toda trama.

Além disso, temos a arte fotorealista e psicodélica de Ernesto Carbonetti que casa perfeitamente com tom mágico da banda. A colorização dessa HQ é tão linda que dá vontade de ter um pôster de cada página.

VEREDITO

Paul Está Morto é uma HQ fortemente recomendada para todos os fãs d’Os Beatles.

Baron e Carbonetti transpõem com paixão toda a magia da melhor banda de rock do mundo.

Em Paul Está Morto também temos a presença de outra banda bastante famosa em seu início de carreira e deixará qualquer fã de rock surpreso.

Editora: Comix Zone

Autores: Paolo Baron e Ernesto Carbonetti

Páginas: 120

Nossa nota



Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.