Início QUADRINHOS Crítica CRÍTICA | The Black Monday Murders – Vol. 1: Dinheiro, Poder e...

CRÍTICA | The Black Monday Murders – Vol. 1: Dinheiro, Poder e Magia (2019, Devir)

CRÍTICA | The Black Monday Murders - Vol. 1: Dinheiro, Poder e Magia (2019, Devir)

The Black Monday Murders é uma HQ escrita por Jonathan Hickman e conta com arte de Tomm Cooker. Publicada originalmente em 2016 pela Image Comics, esse volume é publicado aqui no Brasil pela Editora Devir, reunindo as edições #1 à #4.

ANÁLISE

Em The Black Monday Murders é ocultismo clássico onde as várias escolas de magia são, na verdade, cartéis bancários clandestinos que controlam toda a sociedade.

Um mundo secreto onde vampiros oligarcas russos, papas negros, aristocratas americanos encantados e assassinos do fundo monetário internacional trabalham juntos para manter todos nós em nosso devido lugar.

Agora um dos líderes desse grupo de banqueiros do ocultismo é encontrado brutalmente assassinado e resta ao detetive Theodore Dumas investigar o que levou a esse crime perturbador.

Com isso, ao longo de sua investigação o detetive Dumas vai estar entrando em mundo sombrio e repleto de simbolismo e bruxaria.

Nessa HQ, Hickman apresenta uma trama repleta de personagens bem escritos e que aparenta uma mistura de O Lobo de Wall Street, True Detective e Hereditário.

No entanto, apesar dessa salada mista de referências ser ótima, o leitor pode ficar confuso ao longo da leitura. Pois parece que o autor sempre faz questão de deixar o leitor perdido em qualquer trabalho dele e acaba explicando alguns pontos através de flashbacks e flashforward.

Por outro lado, apesar da trama ser confusa, a arte de Tomm Cooker é espetacular. O artista tem um traço preciso, noir e sombrio. O que deixa a obra mais densa e impressionante.

VEREDITO

The Black Monday Murders – Vol. 1: Dinheiro, Poder e Magia é uma HQ bastante pretensiosa o que certamente pode acabar não agradando aos leitores que procuram apenas uma trama de investigação sobrenatural com soluções rápidas e sem muita enrolação.

Por outro lado, certamente vai agradar aos fãs de longa data de Jonathan Hickman.

Nossa nota

3,5 / 5,0

Edtora: Devir

Autores: Jonathan Hickman e Tomm Cooker

Págins: 240



Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorThe Crown e o impacto da Princesa Diana
Próximo artigoHomem-Aranha: Conheça Peter Parker, o Amigão da Vizinhança
Eu sou apenas um rapaz latino-americano que curte quadrinhos, games, livros e cinema.