CRÍTICA – A Concierge Pokémon (1ª Temporada, 2023, Netflix)

    Quando foi anunciada, A Concierge Pokémon – a primeira animação stop-motion ambientada no mundo Pokémon – gerou um certo burburinho. Ao longo dos 4 episódios da animação somos levados por um mundo já conhecido, mas por curiosas dinâmicas estabelecidas desde o primeiro momento em que Haru, nossa protagonista, chega ao Resort Pokémon.

    Além de fofíssimas interações, somos levados por curiosas e belas sequências da animação, em que na maioria das vezes, muitos dos fãs da franquia nem chegaram a imaginar, como um Duskull com medo do escuro, um Houndour com medo de tudo e um Oricorio com medo de dançar.

    SINOPSE

    Conheça o Pokémon Resort, o refúgio perfeito para os Pokémon relaxarem e se divertirem. Qual será o hóspede que vai ganhar o coração da nova concierge Haru?

    ANÁLISE

    A Concierge Pokémon

    Ao longo dos 4 episódios, com até 15 minutos de duração, acompanhamos a vida da tensa Haru mudar quando passa a viver como a Concierge do Pokémon Resort. O local, é o lugar perfeito para Pokémon com problemas de socialização, e outros problemas relacionados a seus desenvolvimentos. Quando Haru larga sua vida ansiosa no continente e passa a pensar no bem-estar dos Pokémon, se conecta com seus sentimentos e passa a ter uma visão completamente diferente do mundo.

    A primeira temporada entrega algumas das mais fofas interações entre Pokémon e humanos. Sendo assim, vemos o quão belo é o mundo que adentramos. Vemos que assim como cada ser humano, cada Pokémon tem sua própria personalidade e seus detalhes referentes à como este mundo, tudo isso enquanto nos lança por aventuras ligadas ao bem-estar e saúde dos Pokémon.

    A Concierge Pokémon

    Como uma brilhante analogia ao mundo real, é possível ver como assim como o mundo humano, o mundo Pokémon é repleto de desafios. E o ideal, é que optemos por transpassar todas as dificuldades e essa é uma das mais belas mensagens da série animada.

    Ver a diferente modelagem em cada um dos diferentes tipos de Pokémon, é encantador. Enquanto a série animada se distancia do que foi visto no longa live-action Detetive Pikachu, os animadores mostram o mundo de maneiras únicas. Seja pela modelagem de pelagem, penugens, peles lisas ou até mesmo escamas, os Pokémon de A Concierge Pokémon encantam apenas por existir.

    VEREDITO

    Em uma viagem de autodescobrimento e crescimento não apenas próprio, mas também de um maior entendimento de mundo, Haru muda e passa levar a vida de maneira mais leve. Tudo isso, quando entende que o mundo é muito maior e muito mais do que planilhas, chateações cotidianas e tropeços pessoais.

    Por meio de uma aventura concisa, o desenvolvimento da história dos Pokémon que vemos em tela e de Haru, acompanhamos a riqueza de detalhe e como a Pokémon Company é capaz de fazer tudo de maneira brilhante.

    E para ser sincero, me deixa também com um gostinho de ver a história em um game spin-off. Se distanciando tanto da franquia tradicional de Pokémon, como de Detective Pikachu – um dos flops da Nintendo de 2023 na minha opinião.

    Haru, Psyduck e todos os visitantes do Resort Pokémon brilham durante todo seu tempo de tela. O tempo todo.

    A primeira temporada de A Concierge Pokémon está disponível na Netflix.

    Nossa nota

    5,0 / 5,0

    Confira o trailer da série:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    Outer Banks: Tudo para saber sobre a 4ª temporada

    Os Pogues estão retornando para mais ação e aventura com uma quarta temporada de Outer Banks em 2024. Saiba tudo sobre o novo ano da série!

    Sr. e Sra. Smith: tudo que se sabe sobre a série que estreou em fevereiro no Prime Video

    Sr. e Sra. Smith é baseada no filme de mesmo nome, estrelado por Angelina Jolie e Brad Pitt. Saiba tudo sobre a nova produção!

    CRÍTICA: ‘Flores no Deserto’ é sobre superação e muitos outros temas 

    Flores no Deserto é um K-drama produzido pela AStory e está disponível no catálogo do serviço de streaming da Netflix. Veja o que achamos!

    CRÍTICA: ‘Vale o Escrito – A Guerra do Jogo do Bicho’ do carnaval aos assassinatos

    Vale o Escrito - A Guerra do jogo do Bicho é a série documental que conta a história do jogo bicho, e sua popularização.