CRÍTICA: ‘A Criatura de Gyeongseong’ é um terror de época cheio de reviravoltas 

    O novo K Drama produzido para o serviço de streaming Netflix encerrou recentemente, completando a leva de episódios que iniciou-se em 22 de dezembro de 2023. Fechando assim, o ano do serviço e iniciando o próximo com novidades. A Criatura de Gyeongseong teve seus últimos episódios disponibilizados no ultimo dia 5 de janeiro de 2024 totalizando dez episódios, roteirizada por Kang Eun-kyung (Dr. Romantic), dirigida por Jung Dong-yoon (Hot Stove League) e já confirmado pelo serviço de streaming que haverá uma segunda temporada. 

    O elenco é formado por Park Seo-joon, Han Soo-hee e Soo Hyun nos papéis principais tendo em seu elenco de apoio Kim Hae-seok, Wi Ha-joon, Park Ji-hwan e Choi Young-joon

    SINOPSE

    Em A Criatura de Gyeongseong, dois jovens batalham contra uma criatura alimentada pela ganância humana em um dos piores períodos da história da Coréia. No drama coreano, a cidade de Gyeongseong – antigo nome de Seoul – se recupera dos fantasmas da Segunda Guerra Mundial e sofre os horrores da invasão japonesa em 1945. 

    Diante desse cenário apavorante, Jang Tae-sang (Park Seo-jun), um rico informante das forças nacionais, e Yoon Chae-ok (Han So-hee), uma especialista em encontrar pessoas desaparecidas, se unem para combater um estranho monstro que se desenvolve a partir da ganância e do egoísmo.

    ANÁLISE

    A Criatura de Gyeongseong

    Esse K Drama me surpreendeu positivamente em alguns aspectos, principalmente quando pensamos em sua construção narrativa, a perspectiva utilizada para a proposta desta primeira temporada que tem uma quantidade boa de episódios e deixando a positiva curiosidade de querer saber o que vem a seguir dado o seu desfecho. 

    A série utiliza de uma forma excelente o recorte histórico para a construção de uma trama política como o período sugere, assim como uma série de época, englobando sobre esse mesmo guarda-chuva narrativo um drama, romance além de um excelente toque de terror. 

    Nisto a atuação do elenco consegue de forma satisfatória entregar o que é necessário para que a história prenda a sua curiosidade com um roteiro que proporciona profundidade para todos os personagens em suas jornadas individuais que são emocionantes por sua relação com o sofrimento que passaram. 

    Em um contexto mais amplo a temporada se pauta muito na importância da resistência perante a opressão sendo esta obviamente simbolizada pelo grupo de rebeldes, além da criatura misteriosa gerada a partir do sofrimento causado pelos invasores japoneses. Existem criaturas monstruosas na série mesmo que muitas delas tenham a aparência mais humana e os seus atos são contados nas entrelinhas das histórias de personagens como da senhora Nawol (Kim Hae-seok), no passado de Tae Sang e Chae-ok e seu pai que estão em busca da mãe/esposa perdida. 

    Ainda nesta excelente combinação de elementos existe o espaço para uma reflexão sobre afeto entre o casal protagonista, suavizando significativamente o tom da história em alguns momentos e se torna algo muito interessante a se abordar na vindoura segunda temporada. 

    A utilização de uma perspectiva mais voltada para a ciência no que se trata dos experimentos que deram origem a sequência de acontecimentos que formaram a criatura é interessante e neste aspecto é importante ressaltar um ótimo trabalho da equipe de efeitos para tornar a monstruosidade uma ameaça crível. Assim como os efeitos práticos utilizados para outros elementos de cena, reforçando no aspecto visual o lado terror de sua proposta. 

    Ainda em aspectos técnicos a série tem excelentes cenas de ação bem inseridas ao longo dos dez episódios que tem um tempo de duração longo, como é esperado de uma produção asiática e isso torna a série uma experiência mais dinâmica e não tão sobrecarregada de diálogos. 

    VEREDITO

    A Criatura de Gyeonseong é excelente por ter uma boa diversidade de camadas narrativas, atuações e efeitos que são muito boas e com reviravoltas que surpreendem do começo ao fim de sua história. 

    Nossa nota

    5,0 / 5,0

    Confira o trailer da série:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    Séries e filmes coreanos para assistir na Netflix nos próximos meses

    A Netflix terá lançamentos para todos os gostos nos próximos meses: a maior e melhor variedade de conteúdo coreano disponível!

    CRÍTICA: ‘Lovely Runner’ é sobre o amor entre as linhas do tempo 

    Lovely Runner é a mais nova série de drama coreano lançada pelo serviço Viki Rakuten. A série é executada por Boo Sung Chul.

    As melhores séries de médicos que você precisa assistir

    Desde que a TV se tornou popular, as séries de médicos sempre foram classificadas entre os tipos de programas favoritos dos espectadores.

    The Acolyte: Conheça Tràkata, o estilo de luta usado por Qimir, o Estranho

    Tràkata é um estilo de luta muito particular. Chamado por muitos de injusto e indignos, foi o estilo de luta utilizar por Qimir, o Estranho.