Início SÉRIE Crítica CRÍTICA – Aluga-se Um Paraíso (1ª temporada, 2021, Netflix)

CRÍTICA – Aluga-se Um Paraíso (1ª temporada, 2021, Netflix)

CRÍTICA - Aluga-se Um Paraíso (1ª temporada, 2021, Netflix)

Após um ano em que muitos de nós tivemos que reduzir as viagens devido à pandemia, o mundo está se abrindo novamente, temos o momento perfeito para assistir à nova série da Netflix: Aluga-se Um Paraíso (The World’s Most Amazing Vacation Rentals).

O programa segue os apresentadores: o corretor imobiliário Luis D. Ortiz (do famoso Million Dollar Listing New York), a brasileira especialista em turismo Jo Franco e a designer americana Megan Batoon em oito episódios, cada um com três propriedades diferentes para aluguel, escolhidas a dedo por cada apresentador para todos os orçamentos e estilos de viagem.

SINOPSE

Atentos a todas as carteiras e estilos, três especialistas guiam-nos pelo mundo das viagens em Aluga-se Um Paraíso. Desde acessíveis casas nas árvores até ilhas privadas exclusivas, passando por iglus inesquecíveis e escapadinhas gourmet, esta nova série mostra propriedades incríveis no mundo inteiro e as experiências únicas que oferecem.

ANÁLISE

A série nos levou a locais super interessantes e únicos com muito a ser explorado mas deixou a desejar quanto às dicas e truques extremamente necessários para imergir o reality ao seu propósito. As filmagens começaram na superlotada Bali na pré-pandêmica em janeiro de 2020, mas foram retomadas no verão passado.

Acredito que se a produção desse ênfase em apresentar informações baseadas nas experiências profissionais dos influencers, teríamos um roteiro mais especificado, intelectual e com novidades abundante em cada episódio.

A apresentadora Jo como especialista em viagens pouco nos contou sobre as experiências e culturas locais, bem como a atriz e designer Megan que não nos apresentou qualquer informação relacionada a sua área de atuação e experiência no mundo do design, mesmo em locais ricos em arquitetura e decorações criativas. Já o apresentador Luis foi o que mais nos deixou informações com base em sua experiência como corretor. Com certeza seria de grande valor suas opiniões se tivéssemos episódios melhor desenvolvidos.

A intenção da série foi excelente mas poderia ter sido melhor executada. Faltou um pouco mais de gastronomia, conhecimento dos arredores como pontos turísticos e observações pertinentes já que é um super gatilho de escape nos dias atuais. Em compensação os apresentadores são bem entrosados e dava para ver nitidamente que se divertiam mesmo sem conhecer o cronograma das estadias.

Embora a luz no fim do túnel possa estar sobre nós quando se trata de viagens, já podemos nos inspirar com a série e fazer nossa listinha de lugares que gostaríamos de conhecer!

De uma casa na árvore em Atlanta, à uma fazenda de alpaca, à uma cabana no Havaí com uma cachoeira particular, à um apartamento em forma de cobra na Cidade do México, a série mostra para o público como podemos navegar por suas opções e de certa forma estar mais próximos do turismo dentro da realidade da quarentena.

VEREDITO

Aluga-se Um Paraíso é um ótimo entretenimento para os mochileiros amantes de viagens e apreciadores da natureza, design, arquitetura e aventura!

Todas as locações apresentadas no programa estão disponíveis para locação, aproveitem!

Nossa nota

4,0 / 5,0

Assista ao trailer original de Aluga-se Um Paraíso:

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorVariantes do Loki: Conheça as versões do Deus Trapaçeiro
Próximo artigoCRÍTICA – Do Que os Homens Gostam (2019, Adam Shankman)
Carioca, estudante de Design de Interiores, fã de séries, filmes e principalmente de Como Treinar o Seu Dragão <3