CRÍTICA – Cavaleiro da Lua (Minissérie, 2022, Disney+)

    Cavaleiro da Lua é a sexta série da parceria Disney+ e Marvel e conta com Oscar Isaac (Duna) como seu protagonista.

    SINOPSE DE CAVALEIRO DA LUA

    Steven Grant (Oscar Isaac) é um homem pacato que vende brindes em um museu londrino. Ele sofre com distúrbios do sono e se prende em sua cama para não perambular por aí, contudo, ele descobre que na verdade tem dupla personalidade, com seu outro alter ego, Marc Spector, causando muitos problemas como o anti-herói Cavaleiro da Lua, um vigilante que possui os poderes concedidos pelo deus egípcio Konshu.

    ANÁLISE

    Cavaleiro da Lua: você não precisa conhecer o MCU para assistir ao seriado

    Cavaleiro da Lua de cara não tem o padrão Marvel de fazer cinema ou, nesse caso, televisão, pois conta com uma trama intrincada sobre saúde mental e uma temática mais séria do que o usual. Mesmo que conte com o humor clássico da gigante do entretenimento, há aqui uma violência maior do que vemos, ao mesmo tempo em que há uma mistura de gêneros como aventura, suspense e terror em sua concepção.

    Se por um lado essa disrupção muda o formato, pelo outro, temos uma narrativa bastante enrolada e confusa nas mãos de Jeremy Slater, uma vez que as escolhas narrativas são bem questionáveis e o ritmo da série é muito irregular.

    Os dois primeiros episódios apresentam bastante informação e conseguem criar uma atmosfera intensa, mas que falha muito na ação, principalmente com um CGI que deixa muito a desejar se tratando da alta qualidade do que a Marvel oferece. Os episódios quatro e cinco são uma aula de como fazer uma excelente construção de personagem, uma vez Marc e Steven são dois lados da mesma moeda, se complementando em alguns momentos e em outros, sendo algozes. Já a sua season finale é anticlimática, deixando um gosto amargo na nossa boca.

    Aliás, o trabalho de Isaac é invejável e se Cavaleiro da Lua funciona é por conta de sua atuação irretocável. O protagonista muda de figura tão organicamente e de forma tão rápida que é extremamente natural. O restante do elenco manda muito bem, com destaque para a atriz May Calamawy que manda muito bem como Layla, o par romântico de Marc e uma coadjuvante que possui carisma que torcemos para que retorne para futuros contratos com o MCU.

    VEREDITO

    Cavaleiro da Lua

    Se fossemos definir Cavaleiro da Lua em uma palavra ela seria a seguinte: irregular. Por mais que existam muitos pontos positivos, os problemas da série são bem visíveis, o que diminui, e muito, a experiência de quem assistiu. Contudo, gostaria de assistir mais sobre o personagem, pois há um bom caminho a ser trilhado.

    Nossa nota

    3,7/5,0

    Confira o trailer do seriado da Disney/Marvel:

    Acompanhe as lives do Feededigno na Twitch

    Estamos na Twitch transmitindo gameplays semanais de jogos para os principais consoles e PC. Por lá, você confere conteúdos sobre lançamentos, jogos populares e games clássicos todas as semanas.

    Curte os conteúdos e lives do Feededigno? Então considere ser um sub na nossa Twitch sem pagar nada por isso. Clique aqui e saiba como.

    Artigos relacionados

    CRÍTICA – Love, Death and Robots (3ª temporada, 2022, Netflix)

    Criaturas aterrorizantes, surpresas bizarras e humor ácido. Finalmente a terceira temporada de Love, Death and Robots está entre nós!

    CRÍTICA – Night Sky (1ª temporada, 2022, Prime Video)

    Night Sky é a nova série do Prime Video que traz em seu elenco principal os atores J.K. Simmons e Sissy Spacek. Confira nosso review!

    CRÍTICA – Vampiro no Jardim (1ª temporada, 2022, Netflix)

    A 1ª temporada de Vampiro no Jardim chegou ao catálogo da Neflix no dia 16 de maio. Veja o que achamos do anime!

    CRÍTICA – O Poder e a Lei (1ª temporada, 2022, Netflix)

    O Poder e a Lei é uma série baseada na saga literária de Michael Connelly sobre Michael "Mickey" Haller, um advogado de defesa. Uma...