CRÍTICA | Euphoria – S2E7 The Theater and Its Double

    A segunda temporada de Euphoria é transmitida semanalmente na HBO e HBO Max. O sétimo e penúltimo episódio chamado de The Theater and Its Double é dirigido e escrito pelo criador da série Sam Levinson

    SINOPSE

    Em The Theater and Its Double, a arte imita a vida enquanto todos em East Highland vêem sua complicada dinâmica refletida na tão esperada peça da Lexi (Maude Apatow).

    ANÁLISE

    O episódio começa com Lexi no velório do pai de Rue (Zendaya). Enquanto a amiga se droga, Lexi recita o poema  “Let This Darkness Be a Bell Tower”, de Rainier Maria Rilke. Então, lentamente a cena se abre e o quarto de Rue vira um cenário de teatro, percebemos que estamos em Our Life. A peça de Lexi autobiográfica sobre os últimos anos de sua vida com sua irmã e amigas. 

    Nas análises anteriores, comentei sobre Lexi ser uma observadora dos acontecimentos de Euphoria e assim, como o público, não ter muito o que fazer se não assistir. Parece que Lexi finalmente despertou de sua neutralidade e Our Life é a sua maior prova. Isso porque, Lexi percebe o quanto ficou refém de certas situações em sua vida – ofuscada por Cassie (Sydney Sweeney), deixada de lado por Rue, abandonada pelo pai – não que agora ela irá tomar as rédeas da carruagem, mas Our Life, de certa forma, é seu manifesto ou “exposed” bem elaborado. 

    Praticamente todos estão na plateia antenados aos acontecimentos adaptados por Lexi no auditório da East Highland. As cenas se misturam com a realidade, alguns momentos que já assistimos na séries, outros que são lembranças dos personagens. Dessa forma, Euphoria constrói um episódio de belas transições, enquanto capta a atmosfera caótica da plateia. 

    Rue está sóbria, seu semblante é diferente, ela expressa alegria e surpresa ao assistir o show, enquanto lança alguns olhares para Jules (Hunter Schafer), em uma cadeira mais abaixo. Jules também retribui os olhares de Rue, ainda que durante as semanas que se passaram nenhuma palavra fora trocada entre as duas. É angustiante a falta de comunicação de Rue e Jules, ainda mais em um momento em que Rue parece estar bem. 

    Porém, temos uma cena muito importante entre Rue e sua mãe. Após perceber que Gia (Storm Reid) está com problemas na escola, Leslie (Nika King) diz a Rue que não se importará mais se a filha usa drogas ou não, pois prefere salvar uma filha (Gia) a perder duas. É um ultimato para Rue que poderá ter consequências futuras, seja para sua recuperação ou sua total perdição. 

    Mas, voltamos a Our Life. Existe um momento antes do que presenciamos em Euphoria, no qual Lexi e Rue já foram melhores amigas, as circunstâncias da vida as afastaram, mas ainda existe esse carinho que é lembrado por Lexi na peça. O vício de Rue afetou também Lexi, assim como a popularidade de Cassie e sua relação com Maddy. 

    Ao longo da peça, Lexi traz acontecimentos bastante significativos, como os dias em que Maddy dormia na casa das irmãs, pois seus pais brigavam demais, e Cassie gentilmente cedia um espaço em sua cama para acolher a amiga. Essa cena intercala com a realidade, quando Cassie se tranca no banheiro após Maddy descobrir sua traição com Nate. Para Maddy (Alexa Demie), o problema não era o rapaz, mas sua amizade com Cassie. 

    CRÍTICA | Euphoria - S2E7 The Theater and Its Double

    Assim, vemos Lexi desenvolver seu show. Além do drama, há um certo teor cômico na peça. Para Lexi, ela não está sendo maldosa, mas a expressão de insatisfação de Cassie e Nate (Jacob Elordi) são inegáveis. Para Cassie, pode parecer algo de completo mal gosto, afinal, é sobre sua vida também. Ela sai por um momento do auditório e para na frente do espelho do banheiro, tentando engolir o choro, enquanto finge um sorriso. Que atuação maravilhosa de Sydney Sweeney

    Já para Nate, as coisas ficam realmente tensas, quando Ethan (Austin Abrams) faz uma versão sua na academia com outros rapazes ao som de Holding Out For A Hero de Bonnie Tyler. A cena toda é um número musical, na qual, a conotação homossexual é gigante. Para Nate, é o suficiente, ele sai porta a fora com Cassie atrás tentando pedir desculpas pela irmã. Mas não é o bastante, Nate pede para Cassie ir embora de sua casa. 

    Durante o episódio inteiro, enquanto assistimos a peça de Lexi, também vemos que Lexi e Fezco (Angus Cloud) estão cada vez mais próximos. Ele promete que estará na primeira fila quando as cortinas se abrirem, mas enquanto se arruma em sua casa, algo dá errado. Não sabemos o que exatamente, mas Fezco não chegou a ir na peça, Mouse (Meeko Gattuso) está tramando algo e Faye (Chloe Cherry) é a única que pode alertá-lo.

    Outros acontecimentos que ganham algumas passagem são: Jules quebrando o DVD com o vídeo dela e de Cal (Eric Dane);  Maddy ganhando o vestido de Samantha (Minka Kelly) e conseguindo mais confiança após o episódio com Nate e Cassie. Em especial, a cena em que Nate sonha que está com Cassie, depois Jules e por último seu pai é extremamente perturbadora. Mas dá indícios do quão atordoado Nate está, além disso, será que ele sente algo por Jules? 

    Muitas coisas aconteceram nesse episódio (até cenas repetidas) para dar base a peça de Lexi que é um show à parte. A plateia vibra, Lexi está feliz com o resultado, até mesmo Maddy e Kat (Barbie Ferreira) não se importam de ser sobre elas. Mas, Cassie, obviamente, está irada e resta aguardar o último episódio de Euphoria para o fechar das cortinas. 

    VEREDITO

    Em termos técnicos, The Theater and Its Double é um dos melhores episódios da temporada. A transição entre realidade e a peça de Lexi são incríveis e o roteiro é divertido e sarcástico. Assim como ter as reações dos personagens na plateia torna tudo mais interessante. É um ótimo penúltimo episódio, mas que deixa tudo para a conclusão final da segunda temporada de Euphoria.

    Nossa nota

    4,5 / 5,0

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    Avatar: O Último Mestre do Ar | 17 curiosidades sobre a série sensação do momento na Netflix

    Após alguns dias após sua estreia, Avatar: O Último Mestre do Ar está na lista das Top 10 produções mais assistidas da Netflix em 92 países.

    Outer Banks: Tudo para saber sobre a 4ª temporada

    Os Pogues estão retornando para mais ação e aventura com uma quarta temporada de Outer Banks em 2024. Saiba tudo sobre o novo ano da série!

    Sr. e Sra. Smith: tudo que se sabe sobre a série que estreou em fevereiro no Prime Video

    Sr. e Sra. Smith é baseada no filme de mesmo nome, estrelado por Angelina Jolie e Brad Pitt. Saiba tudo sobre a nova produção!

    CRÍTICA: ‘Flores no Deserto’ é sobre superação e muitos outros temas 

    Flores no Deserto é um K-drama produzido pela AStory e está disponível no catálogo do serviço de streaming da Netflix. Veja o que achamos!