CRÍTICA: ‘Flores no Deserto’ é sobre superação e muitos outros temas 

    Esportes são uma excelente ferramenta de socialização além de trazer benefícios nos aspectos cognitivos, auto estima, redução de estresse além de ser um tema de excelentes histórias para o cinema e TV como no caso de uma das produções asiáticas mais aguardadas do final do ano passado. Flores no Deserto é um K-drama produzido pela AStory, escrito por Woo Yoo Jung e dirigido por Kim Jin Woo; tendo seus episódios exibidos seus 12 episódios semanalmente entre 23 de dezembro de 2023 e 31 de janeiro no canal de TV ENA e simultaneamente no serviço de streaming Netflix

    A produção é estrelada por Jang Dong Yoon (My Man is a Culpid), Lee Ju-Myoung (Vinte Cinco Vinte Um), Kim Bo Ra (Her Private Life) além das participações de Lee Jae Joon e Lee Joo Seung

    SINOPSE

    Kim Baek-doo (Jang Dong Yoon) é um lutador de Ssireum que pensa em se aposentar do esporte. No entanto, sua vida sofre uma reviravolta quando ele reencontra sua amiga de infância Oh Yoo-kyung (Lee Ju-Myoung), que se torna a líder da equipe de gerenciamento de seu time de Ssireum. 

    A equipe está prestes a se dissolver, mas com a ajuda de pessoas como Joo Mi-ran (Kim Bo Ra), bem como do novo técnico Kwak Jin-soo (Lee Jae Joon) e do melhor amigo de Baek-doo, Jo Seok-hee (Lee Joo Seung), eles trabalham juntos para salvar a equipe.

    ANÁLISE

    Flores no Deserto

    Flores no Deserto é um K-drama emocionante por mesclar de forma tão competente os gêneros esporte, comédia romântica, drama e policial abrindo os questionamentos em torno de cada um desses núcleos e os encerrando de uma forma muito competente.

    Dentre os aspectos técnicos, a direção e as atuações se destacam por conseguirem de forma conjunto explorar os pontos fortes do argumento como as relações afetivas, superação ou o amadurecimento e as expectativas que surgem quando se atinge a vida adulta. 

    Nesse quesito, Baek Doo muito bem interpretado por Dong Yoon é o coração dessa história pela personalidade que muitas vezes pela sua ingenuidade se coloca em situações hora engraçadas ou difíceis mas sempre tem uma perspectiva otimista em relação a resolução. Esse tipo de carisma engrandece de forma bela a história pois as reflexões mais interessantes surgem deste tipo de personagem que tem uma compreensão de mundo um pouco diferente em comparação com os outros personagens da trama. 

    É muito interessante como o roteiro estabelece a conexão pelo aspecto da superação que existe na prática do Ssireum, um esporte tradicional que achei muito interessante pelas regras e a forma de competição entre os oponentes, com os dilemas da vida adulta como carreira, relações familiares e vida amorosa com suas idas e vindas.

    Assim como Yoo-kyung que é uma personagem que reforça o tom de mistério da trama pelas suas atividades com o clube de Ssireum, levando as outras tramas que tornam a história em um contexto geral muito interessante de acompanhar. 

    A construção do relacionamento amoroso que surge ao longo da narrativa acontece de uma forma sutil em paralelo com outros acontecimentos, tornando esse tipo de romance tocante por, de certa forma, não seguir alguns clichês; mas não deixa de lado o forte aspecto emocional em torno da conexão entre os personagens.

    E mesmo com diversas reviravoltas, lutas empolgantes, momentos engraçados e tocantes, o tema da resiliência seja através do esporte ou para os problemas da vida – como flores resistindo às adversidades do deserto – reflete nas jornadas pessoais de todos os personagens tornando o K-drama uma excelente história com um encerramento de aquecer o coração. 

    VEREDITO

    Flores no Deserto é mais uma boa produção asiática que chegou para o público ocidental, com uma história com diversas camadas conectadas por um excelente tema central. 

    Nossa nota

    5,0 / 5,0

    Assista ao trailer oficial:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    CRÍTICA: ‘The Last Days of Ptolemy Grey’ é sobre fins, começos e reflexões

    'The Last Days of Ptolomy Grey' é uma joia escondida na AppleTV. Estrelada por Samuel L. Jackson, e grande elenco, o acompanhamos em uma jornada emocional e profunda.

    CRÍTICA: ‘Unicorn: Warriors Eternal’ dos épicos de fantasia aos filmes de artes marciais

    Unicorn: Warriors Eternal nos lança por uma história e por um visual deslumbrantes. Criado por Genndy Tartakovsky.

    Lançamentos Netflix: Veja o que chega em abril

    Abril já está chegando e nada melhor que ficar por dentro dos próximos lançamentos Netflix! Veja as produções da gigante do streaming.

    Magnatas do Crime: Conheça os personagens da série

    Bem-vindo a Magnatas do Crime, uma série que expõe o nefasto submundo que se esconde sob a refinada sociedade da aristocracia britânica.