Início SÉRIE Crítica CRÍTICA – Love, Death and Robots (2ª temporada, 2021, Netflix)

CRÍTICA – Love, Death and Robots (2ª temporada, 2021, Netflix)

CRÍTICA - Love, Death and Robots (2ª temporada, 2021, Netflix)

David Fincher e Tim Miller uniram seus esforços mais uma vez e junto com a Netflix tivemos nesta sexta-feira (14) o lançamento da 2ª temporada da antologia de animação só para adultos: Love, Death and Robots.

Se você curte maratonas de séries, então irá tirar de letra, já que os 8 episódios desta nova temporada possuem entre 7 e 18 minutos.

S2E1 – ATENDIMENTO AO CLIENTE

Duração: 12min

Sinopse: Se seu Aspirabô estiver tentando matar você, pressione 3.

Análise: Em um cenário onde as facilidades tecnológicas dominam nosso cotidiano, o primeiro episódio mostra de forma bem humorada e com uma anatomia caricata como seria quando essa tecnologia se volta contra nós e sua vida depende do SAC.

S2E2 – GELO

Duração: 13min

Sinopse: Longe de casa, dois irmãos se unem aos habitantes locais geneticamente modificados em uma corrida mortal.

Análise: Aqui o visual prende muito mais o espectador do que a história em si, mas como já é de praxe em Love, Death and Robots, nenhum episódio é de todo ruim e o que pode não ter me agradado, muito provavelmente agradará alguém.

S2E3 – ESQUADRÃO DE EXTERMÍNIO

Duração: 18min

Sinopse: Um policial encarregado de combater a superpopulação vive atormentado pelas consequências do seu trabalho.

Análise: Em um futuro distópico onde poucos vivem nos luxuosos arranha-céus acima das nuvens com vidas de centenas de anos graças a um soro de rejuvenecimento, muitos vivem uma realidade de miséria e se arriscam infringindo a lei ao darem a luz a novos humanos. Eliminar crianças por mais que seja um trabalho, em algum momento deixará marcas.

S2E4 – SNOW NO DESERTO

Duração: 18min

Sinopse: Todos os caçadores de recompensas da galáxia estão de olho em Snow.

Análise: O quarto episódio finalmente nos apresenta o poder gráfico marcante que vimos na primeira temporada de Love, Death and Robots, onde o visual impressiona e confunde, fazendo com que nosso cérebro ignore o fato de ser uma animação.

Com um roteiro bem amarrado e uma fotografia impecável, os 18min de Snow no Deserto voam e ficamos com um gostinho de quero mais como aconteceu em S1E1 – A Vantagem de Sonnie.

S2E5 – A GRAMA ALTA

Duração: 11min

Sinopse: Durante uma parada inesperada do trem em que viaja, um homem se impressiona ao ver luzes fantasmagóricas no meio de um campo.

Análise: Com aspecto amadeirado, os primeiros minutos do episódio causa certa estranheza, mas o suspense prende e conquista a cada passo adentrando a grama alta; mesmo sabendo que algo dará errado para o nosso curioso tripulante do trem seguimos nervosos indo do suspense ao terror.

S2E6 – PELA CASA

Duração: 7min

Sinopse: Na véspera de Natal, duas crianças descem as escadas na ponta dos pés para tentar flagrar o Papai Noel. Uma fábula às avessas, só para adultos.

Análise: O breve episódio é divertido e surpreende com um Papai Noel completamente diferente de qualquer coisa que você possa imaginar. Uma coisa é certa, os dois irmãos nunca mais verão o Natal da mesma forma.

S2E7 – GAIOLA DE SOBREVIVÊNCIA

Duração: 13min

Sinopse: Após uma aterrissagem forçada em um planeta rochoso, um piloto (Michael B. Jordan) sai em busca de abrigo e encontra uma ameaça.

Análise: Poderíamos dizer que se tem Michael B. Jordan é sucesso, mas com Quarteto Fantástico (2015) e o recente lançamento da Amazon Prime VideoSem Remorso (2021), não dá pra fazer essa afirmação, mas o penúltimo episódio da série de curtas é impecável.

S2E8 – O GIGANTE AFOGADO

Duração: 13min

Sinopse: O corpo de um jovem gigante é trazido pelo mar e fascina os moradores locais.

Análise: Como uma “versão de Guliver que deu errado”, a season finalle da 2ª temporada de Love, Death and Robots nos presenteia com um curta cheio de esmero: qualidade gráfica, roteiro e principalmente reflexões. Será que fossemos menores, teríamos um olhar mais crítico sobre nosso papel para com o planeta e o próximo?

VEREDITO

A aguardada 2ª temporada chegou e seu único defeito é ter apenas 8 episódios. Ok, vou incluir mais um: Não ter continuações de alguns episódios em específico. Alguns dos curtas (principalmente da 1ª temporada) mereciam muito uma continuação.

Nossa nota

4,5 / 5,0

Assista ao trailer:

Love, Death and Robots já está disponível na Netflix.

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorCastlevania: 5 easter eggs da animação que talvez você não tenha notado
Próximo artigoPokémon GO: Como evoluir Eevee para todas as 8 evoluções
Um carioca apaixonado por livros, cinema, games e que ama falar de nerdice.