CRÍTICA – Mila no Multiverso (1ª temporada, 2023, Disney+)

    Mila no Multiverso é uma série de aventura e ficção-científica infantojuvenil do Disney+. A série nacional é uma das primeiras produções a serem lançadas na plataforma. Mila no Multiverso é estrelada por Malu Mader, Laura Luz, Rafaela Mandelli e grande elenco. A série chega ao streaming no dia 25 de janeiro.

    A série faz parte do selo Disney+ Original Productions e conta a história de Mila (Laura Luz), uma jovem que após descobrir a existência do multiverso, tem sua realidade alterada para sempre.

    SINOPSE

    Mila no Multiverso conta a história da jovem Mila, que em seu 16º aniversário descobre um dispositivo que pode levá-la para visitar universos paralelos à procura de sua mãe, Elis (Malu Mader).

    ANÁLISE

    Mila no Multiverso

    Ao longo de seus 8 episódios, a primeira temporada de Mila no Multiverso nos apresenta incríveis surpresas. Enquanto testemunhamos os acontecimentos daqueles mundos pelos olhos de Mila, vemos como o Multiverso pode ser vasto e perigoso – mas que a série acaba optando por limitar o nosso alcance e seu orçamento à basicamente três distintos universos.

    Enquanto somos lançados à história em um universo bem parecido com o nosso, Mila leva a vida de uma garota de 16 anos comum, uma estudante que quer se divertir. Mas no dia de seu aniversário, tudo muda. Os Operadores – seres multiversais com motivos escusos – se revelam para ela e sua mãe Elis, mudando suas vidas para sempre.

    Enquanto passa seus dias trancada no laboratório, Elis parece deixar sua relação com sua filha Mila minguar, as fazendo de certa forma se distanciar, e isso parece mudar no dia em que os Operadores chegam. Enquanto aborda temas como a monoparentalidade, vemos a relação das duas personagens crescer, e enquanto somos lançados ao mundo da série, testemunhamos todas as belezas e as particularidades daquelas realidades.

    Em uma delas, a São Paulo que conhecemos é completamente tóxica, já outra, a humanidade parece ter evoluído ao ponto de viver na pura e mais simples sinergia com a natureza, sendo assim, avançadíssimos tecnologicamente.

    Alguns detalhes da série nos fazem levantar alguns alertas. Mas outras, nos fazem só relaxar e testemunhar o desenrolar da série.

    Por se tratar de um elenco muito jovem, é interessante ver como a própria Laura Luz e o elenco de apoio pode fazer em tela. Ainda que outros não tenham muita expressão, a série não parece perder força quando a comparamos com as séries do mesmo nicho.

    VEREDITO

    Por se tratar de uma trama adolescente, ao assistir enquanto um adulto, a trama e os percalços que Mila e seus amigos passam parecem desinteressantes. Mas quando entendemos o subtexto de união, de respeito e de família, tudo se faz mais palatável.

    Enquanto apresenta uma inovação no que diz respeito ao já saturado tópico de “multiverso” – muito diferente de Loki, que criou inúmeras realidades e possibilidades – Mila, precisa se guiar na vastidão de possibilidades e realidades já existentes, a fim de encontrar sua mãe.

    Nossa nota

    4,0 / 5,0

    Confira o trailer da série:

    Mila no Multiverso estreia no Disney+ no dia 25 de janeiro.

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    Sr. e Sra. Smith: tudo que se sabe sobre a série que estreou em fevereiro no Prime Video

    Sr. e Sra. Smith é baseada no filme de mesmo nome, estrelado por Angelina Jolie e Brad Pitt. Saiba tudo sobre a nova produção!

    CRÍTICA: ‘Flores no Deserto’ é sobre superação e muitos outros temas 

    Flores no Deserto é um K-drama produzido pela AStory e está disponível no catálogo do serviço de streaming da Netflix. Veja o que achamos!

    CRÍTICA: ‘Vale o Escrito – A Guerra do Jogo do Bicho’ do carnaval aos assassinatos

    Vale o Escrito - A Guerra do jogo do Bicho é a série documental que conta a história do jogo bicho, e sua popularização.

    CRÍTICA: ‘Sr. e Sra. Smith’ mostra que o casamento é uma missão em dupla

    A primeira temporada de Sr. e Sra. Smith já está disponível no catálogo do Prime Video! Veja o que achamos da releitura do filme de 2005.