CRÍTICA | O Livro de Boba Fett – S1E5 Chapter 5

    Como citado anteriormente por esse que vos escreve na nossa tag semanal, O Livro de Boba Fett é uma das séries de menor efeito do Disney+ até hoje. Independente do universo que está ambientado. Seja no de Star Wars, ou as séries do UCM, O Livro de Boba Fett não nos faz sentir a urgência necessária para mover a trama para frente. O episódio 5 intitulado apenas de “Chapter 5” nos leva não por uma viagem ao passado, como nos 4 primeiros episódios da série – em meio a um universo conhecido, mas traz de volta personagens que marcaram desde sua primeira aparição.

    Chapter 5, nos faz tremer desde seus primeiros minutos, não por uma súbita urgência da trama, mas por trazer de volta um dos mais belos exemplos da revitalização de uma nova fase que o universo criado originalmente por George Lucas merece.

    ESSE TEXTO POSSUI SPOILERS DE ENREDO DE THE MANDALORIAN E O LIVRO DE BOBA FETT.

    SINOPSE

    Um aliado inesperado aparece.

    ANÁLISE

    Chapter 5

    Tendo sido responsável por dois dos episódios mais marcantes de The Mandalorian, Bryce Dallas Howard retorna ao Universo Star Wars para a direção do 5º episódio de O Livro de Boba Fett. Aparentemente, por conhecer melhor o universo no qual está ambientada do que os outros diretores, Howard parece dançar por entre as mais diversas tramas que rodeiam não apenas Mos Espa, mas também os acontecimentos que sucedem os acontecimentos de The Mandalorian.

    Ao testemunharmos o fim de algumas das tramas que eram o mote de algum dos arcos não finalizados de The Mandalorian, vemos a busca e o reencontro de Din Djarin com os últimos mandalorianos finalmente acontecer. Após um breve confronto, o personagem é lançado em direção à resolução de sua história.

    O brilhantismo de Howard na direção não está apenas em trazer de volta um persogem, mas também no cuidado em que ela dá em um episódio a urgência que faltou ao longo de quatro episódios.

    Ao nos lançar em direção à um episódio que é a epítome de Star Wars, Bryce Dallas Howard faz Chapter 5 ser um divisor de águas, para o protagonismo de Boba Fett que têm sido colocado em segundo plano desde o primeiro episódio.

    VEREDITO

    Enquanto prepara as peças no tabuleiro a favor do novo daymio, Chapter 5 insere na trama o que era necessário a fim de nos dar um senso da direção que a série tem intenção de seguir, e coloca ao lado de Boba Fett um dos mais poderosos e pertinentes aliados para lutar contra o controle do Sindicato Pyke e seus aliados.

    Nossa nota

    4,5 /5,0

    Confira o trailer da série:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    CRÍTICA – Love, Death and Robots (3ª temporada, 2022, Netflix)

    Criaturas aterrorizantes, surpresas bizarras e humor ácido. Finalmente a terceira temporada de Love, Death and Robots está entre nós!

    CRÍTICA – Night Sky (1ª temporada, 2022, Prime Video)

    Night Sky é a nova série do Prime Video que traz em seu elenco principal os atores J.K. Simmons e Sissy Spacek. Confira nosso review!

    CRÍTICA – Vampiro no Jardim (1ª temporada, 2022, Netflix)

    A 1ª temporada de Vampiro no Jardim chegou ao catálogo da Neflix no dia 16 de maio. Veja o que achamos do anime!

    CRÍTICA – O Poder e a Lei (1ª temporada, 2022, Netflix)

    O Poder e a Lei é uma série baseada na saga literária de Michael Connelly sobre Michael "Mickey" Haller, um advogado de defesa. Uma...