Início SÉRIE Crítica CRÍTICA – PEN15 (2ª temporada, 2020, Paramount+)

CRÍTICA – PEN15 (2ª temporada, 2020, Paramount+)

PEN15 é uma série de comédia original do Hulu distribuída no Brasil pelo streaming Paramount+. A segunda temporada foi indicada ao Emmy 2021

Uma das séries queridinhas do momento é PEN15, comédia original do Hulu disponível no catálogo da Paramount+, estando inclusive entre as indicadas ao Emmy Awards 2021.

Lançada em 18 de setembro de 2020, a segunda temporada da produção continua a mostrar, com toque de humor, as preocupações e os dramas vividos por Anna Konkle e Maya Erskine.

SINOPSE DE PEN15 (2ª TEMPORADA)

Com as mudanças corporais normais da adolescência, as amigas Maya e Anna estão com a autoestima lá em cima. Por isso, sentem que podem se arriscar mais e ir atrás do menino que Maya tanto quer.

Porém percebem que a vida tem questões bem mais complexas do que ajudar a amiga ter o seu primeiro beijo, principalmente quando a diferença de tratamento entre meninos e meninas é gritante.

ANÁLISE

Ainda com o toque perfeito de nostalgia, PEN15 consegue passar a sensação de termos entrado em uma máquina do tempo e recordar nossas próprias expectativas e, claro, as frustrações da adolescência.

Mesmo que a série trabalhe muito com o humor do absurdo, conseguimos com facilidade reconhecer alguns sentimentos ou reações da juventude, deixando aquele gostinho amargo da vergonha.

PEN15 trabalha esses elementos com perfeição, pois não torna tudo tão dramático e foge da visão romantizada dessa fase da vida, mostrando com exatidão comportamentos bem esquisitos.

PUBLICAÇÃO RELACIONADA: CRÍTICA – PEN15 (1ª temporada, 2019, Paramount+)

Vale destacar que na segunda temporada PEN15 continuou abordando não apenas o racismo, como outros assuntos também complexos. Entre eles: problemas conjugais, machismo, os perigos dos boatos, a descoberta da sexualidade, entre outros com menos leveza do que vimos na temporada anterior.

Sem perder o sarcasmo marcante e corrigindo erros cometidos no primeiro ano, agora a série é fácil de ser consumida. Na verdade, tornou-se até viciante.

PEN15 é uma série de comédia original do Hulu distribuída no Brasil pelo streaming Paramount+. A segunda temporada foi indicada ao Emmy 2021.

Com episódios com duração entre 30 e 40 minutos, a trama ficou mais instigante, indo atrás da raiz dos impasses e mostrando a verdade por trás das nossas interpretações. PEN15 também mostra com tanta honestidade as relações entre mães e filhas, fugindo de qualquer estereótipo.

Novamente, tem que ser elogiado o jogo de câmeras e a edição, enaltecendo também um roteiro tão rico e fluido, atuações incríveis não apenas para as personagens principais, como também dos demais atores.

Tenho o dever de não apenas aplaudir PEN15 pelo conjunto da obra, mas também focar nos episódios sexto e sétimo, onde são notáveis os talentos e a sua execução, que dança com as técnicas do teatro e apresenta uma atuação simplesmente incrível.

VEREDITO

É totalmente justificado o tanto de reconhecimento e as indicações, inclusive ao Emmy 2021, que PEN15 está recebendo nos últimos meses.

A segunda temporada conseguiu corrigir todos os erros da primeira e mostrou não apenas um roteiro impecável, como uma execução primorosa, capazes de encher os nossos olhos.

Nossa nota

5,0 / 5,0

Assista ao trailer da segunda temporada de PEN15:

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorTBT #143 | Star Trek (2009, J.J. Abrams)
Próximo artigoO Hóspede Americano: Conheça a nova minissérie brasileira da HBO Max
Carioca do interior, imigrante em BH que ama desenhar e apreciadora de cerveja de buteco, que luta para não falar "uai" e não falar muito mas acaba falhando; tipo agora.